O que eles disseram: Confira as declarações dos protagonistas de Sábado da Etapa 5

“Falei antes que a linha de dentro era boa! Foi ótimo, consegui uma boa largada depois de algumas não tão boas esse ano. Consegui pular para primeiro e manter um bom ritmo, o Pedro me ameaçava muito no setor 2 que era o melhor dele. Vamos comemorar e agradecer por essa vitória. Hora de pensar no campeonato e na corrida de amanhã.”
Alceu Feldmann

“A largada foi sensacional, arrumamos aquele acerto de carro que falamos. Corrida ótima, consegui me defender bem e manter a vitória da classe. Dedico para minha família essa vitória de hoje.”
Renan Pizii

“Feliz demais com a vitória, me classifiquei mal, esperava ir mais para a frente no grid. Consegui um bom ritmo, evoluir bem e vencer na minha classe.”
Franco Giaffone

“Fiquei muito feliz, o Daniel colocou muita pressão e tive que acelerar a prova toda. No final tinha um ponto de sujeira na pista onde eu perdi um pouco de tempo, mesmo assim consegui manter o ritmo e vencer, foi muito bom!”
Lucas Salles

“Eu fui mantendo meu ritmo, olhando só o meu traçado e tendo paciência. O carro estava muito bom e estou muito feliz, tenho sorte aqui em Curitiba.”
Ayman Darwich

“Foi bacana, eu estava andando até um pouco mais rápido do que alguns carros que estavam na frente mas tinha que controlar o Bruno que vinha logo atrás. O Bruno foi muito justo porque em alguns momentos ele tinha a possibilidade de me passar e segurou para evitar algum acidente, estou muito feliz!”
Edu Guedes

“Foi um resultado forte para o campeonato. Carregamos 50 quilos de lastro e consegui andar perto dos pilotos com carro mais leve. Na largada o Pizii me passou e gastei um pouco de borracha para passar ele. O importante do campeonato é ser consistente e pontuar novamente. Nosso ritmo de corrida é bom e conseguimos economizar bem os pneus para estar brigando até o final.”
Miguel Paludo

“Resultado final não veio, mas feliz pelo desempenho após o toque na largada que desalinhou o carro. Sétimo lugar não era o que eu queria para hoje, mas são pontos importantes para o campeonato.”
Marçal Müller

“Pro campeonato não está ruim, descontei pontos para o Marçal e o Miguel. Tomei um toque forte na largada que complicou um pouco o ritmo, talvez pudesse ter sido melhor ainda o resultado hoje.”
Werner Neugebauer

“Fizemos uma boa largada, foi uma prova complexa, um toque na roda dianteira direita desalinhou meu carro. Aqui em Curitiba é muito difícil de passar, fiquei em uma briga boa com o Marçal, negociamos boas passagens e me coloquei em uma boa posição para pontuar amanhã.”
Enzo Elias

“Foi bom dado a classificação que não foi o que eu esperava. Recuperamos bem depois de uma boa largada e bom ritmo, cheguei no Renan no fim, mas ele é um cara muito duro de se ultrapassar. Com a inversão de grid saio da primeira posição e isso me coloca em uma boa condição de vitória.”
Fran Lara

“Foi uma corrida muito legal, aproveitamos bem o tempo de pista para tirar a sensação ruim das outras etapas. Fiquei um pouco na largada, mas consegui recuperar boas posições e subir ao pódio. Foco em amanhã para conseguir outra boa posição no campeonato.”
Georgios Frangulis

“Foi uma corrida difícil porque a calibragem do pneu acabou passando um pouco e por isso da metade para o fim da prova foi mais difícil manter a performance. Mas o resultado foi bom, apesar de não ter acontecido ultrapassagens foi uma briga de tempos muito parecida.”
Daniel Correa

“Foi uma boa corrida com a segunda colocação, eu tive a chance de ultrapassar o Edu Guedes mas tinha uma bandeira amarela justamente no ponto em que eu coloquei de lado e tive que recuar para não ser punido. Mas foi bom o segundo lugar, principalmente para o campeonato.”
Bruno Campos

“Eu larguei muito bem, de quinto pulei para terceiro, consegui fugir do enrosco no “S”de baixa e manter a posição. O Ayman estava rápido, acho que com menos peso também, na entrada da reta ele conseguiu pegar meu vácuo e acabou me passando. Eu estou feliz com o quarto lugar porque é importante marcar pontos para o campeonato, mas está faltando uma vitória e eu estou perseguindo isso.”
Nelson Monteiro

“Foi uma prova bem difícil, trabalhada, o restritor muda os pontos de referência, muda o estilo de pilotar. No começo eu apanhei um pouquinho mas no decorrer da prova consegui me adaptar, mas a prova foi muito boa, limpa e isso que importa!”
Ricardo Fontanari

PARCEIROS