LANCE A LANCE GT3 P2 – Confira o resumo da Prova 2 da GT3 Cup

Assim como fez na véspera, Urubatan Helou Junior atacou por fora na largada para passar Cristian Mohr. Nelson Monteiro veio em terceiro, mas um acidente na entrada do miolo tirou da prova César Urnhani, Leo Sanchez, Lucas Salles, Georgios Frangulis e André Gaidzinski e levou a direção de prova a mandar o safety car à pista.

No contato, Urnhani bloqueou a freada, acertou a traseira de Chico Horta, que rodou e atingiu Salles. Carros que vinham atrás como Leo Sanchez, Georgios Frangulis e Márcio Mauro acabaram envolvidos, e alguns evitaram a confusão.

Enquanto a prova era neutralizada pelo safety car para a remoção dos carros acidentados, Mauro entrou nos boxes para trocar um pneu furado e realinhar no fundo do pelotão, em 13o. Na relargada, os quatro primeiros colocados (Urubatan, Mohr, Monteiro e Marcondes) estavam próximos, mas o quinto colocado Zeca  Feffer já estava a uma distância razoável.

Depois de duas voltas em bandeira verde, Urubatan abriu dois segundos de Mohr, que era pressionado por Monteiro, enquanto este sofria o ataque de Marcondes. Na classe Sport, a liderança era de Nelson Marcondes, o quarto colocado no geral.

Faltando dez minutos para a abertura da última volta, o principal pega envolvia três carros pelo nono lugar, com Ramon Alcaraz, Marco Billi e Marcio Mauro. Os três mudavam as linhas de traçado por toda a pista. Logo depois, Marcondes tentou assumir a linha interna nas duas primeiras curvas mas Monteiro sustentou a velocidade por fora e fechou a porta para defender o terceiro lugar na curva 3. Com isso, Feffer chegou para a briga, e Mohr respirou em segundo.

Na volta 12, Ayman Darwich mergulhou por dentro de Eduardo Menossi na freada para a curva 1, mas houve contato entre ambos. Com isso, Paulo Totaro herdou o segundo lugar na classe Sport. A duas voltas do fim, Monteiro passou Mohr na saída da chicane, mas depois foi tocado pelo adversário na freada na Curva Zero e rodou, o que permitiu a Mohr, Marcondes, Feffer e Totaro ficarem do segundo ao quinto lugares, com Monteiro em sexto.

Urubatan manteve a liderança até a linha de chegada, enquanto a disputa seguia acirrada pelo último lugar no pódio, com Totaro, Monteiro e Billi. Mas Monteiro acabou atravessando o carro na freada para a chicane e perdeu mais posições. O top 5 ficou com Urubatan, Mohr, Marcondes (líder do campeonato), Feffer e Totaro (que ganhou 13 posições na prova). Na classe Sport, Marcondes, Totaro, Danilo Menossi, Eduardo Menossi e Darwich foram os cinco primeiros.

 

PARCEIROS