Lance a Lance – Confira o resumo da Prova 1 da GT3 Cup

Mohr sustentou a liderança no início, enquanto Mascarello superou Salles. Nelson Monteiro aproveitou o #7 posicionado por fora e também avançou uma posição.

Na segunda volta Leo Sanchez passou Salles no fim da reta e avançou para quarto, liderando na classe Sport. Na reta oposta, Ayman Darwich passou Ramon Alcaraz. Em décimo, Bruno Campos liderava na Trophy.

Sem sucesso, Sanchez tentou ataque sobre Monteiro na reta oposta na volta 3. Mas no fim da reta principal concretizou a ultrapassagem, avançando para terceiro.

Na sexta volta, contato entre os carros de Guilherme Bottura e Paulo Borges fez o #29 abandonar na barreira de pneus e determinou a intervenção do safety car. Caio Castro vinha imediatamente atrás e mostrou reflexo para evitar o enrosco com o carro #1 voltando para o traçado abruptamente.

A corrida relargou na oitava volta, com confusão no fim da reta. Alcaraz rodou e Caio Castro resvalou no carro #50, escapando da pista também. Ambos conseguiram voltar no fim do pelotão.

Sanchez pressionava Mascarello pela vice-liderança desde a relargada. Logo a seguir Lucas Salles batalhava com Nelson Monteiro pelo quinto lugar. A disputa favoreceu a chegada de Vina Neves e de Daniel Correa –mas o carro #69 foi obrigado a pagar drive thru.

Na classe Trophy a corrida era debatida entre Edson dos Reis, em 11º, Bruno Campos e Edu Guedes imediatamente atrás.

André Gaidzinski entrou no top10 ao passar dos Reis por fora no fim da reta na volta 13. Imediatamente atrás, Edu Guedes era todo pressão sobre Bruno Campos.

Na abertura da volta 15, Salles passou Monteiro pelo quarto lugar no fim da reta. Vina Neves tentou vir junto, e o carro#87 logo teve que se preocupar mais em defender a posição do #20 que em tentar se recuperar em cima do #7.

Depois de vir tirando a vantagem de Mascarello, volta a volta, Leo Sanchez rodou no fim reta no volta 16. Ele perdeu a terceira posição, mas conseguiu retornar em quinto. Vina Neves, no processo, assumiu a ponta na classe Sport com o quarto lugar no geral.

Mais atrás, Edu Guedes superou Campos pelo 12º lugar e segundo na Trophy, mas a manobra acabou sob investigação porque ele usou parte da área de escape do S de baixa para concretizar o movimento. O competidor do carro #9 porém cedeu a posição para o #33 no fim.

Mohr foi com autoridade de ponta a ponta, para ganhar pela primeira vez no ano. Mascarello seguiu, assumindo isoladamente a liderança do campeonato. Salles fechou em terceiro, Vina Neves em quarto ganhando na Sport. Ayman Darwich completou o pódio. Pela classe Trophy, com 11º no geral, Edson dos Reis venceu pela primeira vez de Porsche.

Após o pódio, ainda ensopado de champanhe, Mohr sorteou o número 6, determinando a respectiva inversão de grid para domingo. Assim Leo Sanchez larga na pole.

PARCEIROS