Lance a Lance – Confira o resumo da Prova 1 da Carrera Cup

Com os carros equipados com pneus Michelin para pista molhada, mas sem chuva no início da prova, a direção de prova determinou largada sob safety-car.

A bandeira verde veio na abertura da segunda volta e Marçal Müller sustentou a liderança, seguido por Paludo, Feldmann, Eloi e Pizii.

Na quarta volta novamente foi acionado o carro de segurança, para resgate da máquina #77 da área de escape da curva do Sol. As mudanças entre os ponteiros foram as ultrapassagens de Pizii, Enzo e Fran Lara sobre Khouri.

Mais atrás, o destaque era a escalada de Werner Neugebauer. O competidor do carro #8 foi excluído da tomada de tempo e largou de 23º e último no grid. Com apenas uma volta de bandeira verde realizada, ele já aparecia em 16º.

Na abertura da quinta volta o safety-car recolheu para box, com inúmeros carros buscando trechos úmidos para resfriar os pneus Michelin para piso molhado.

Cristiano Piquet passou Georgios Frangulis pelo nono lugar e logo partiu para o ataque sobre Rouman Ziemkiewicz.

Marçal rendia mais que Paludo nas retas, mas o hexacampeão pressionava muito no trechos mais travado de Interlagos. Chegou a emparelhar duas vezes, mas sem concretizar a manobra na volta 7. Feldmann e Pizii, favorecidos pelo duelo entre os gaúchos, chegaram também para a briga na frente do pelotão.

Imediatamente atrás, Fran Lara passou Enzo Elias e assumiu o quinto lugar.

Na abertura da volta 9, Cristiano Piquet e Ziemkiewicz se tocaram duas vezes no S do Senna em batalha pelo oitavo posto. Com isso Pedro Aguiar e Werner Neugebauer atacaram o carro #19.

Piquet ficou espremido entre Aguiar e Werner e acabou rodando, ficando atravessado na pista em posição arriscada. Franco Giaffone, com muito reflexo, conseguiu evitar a batida em T.

O carro #9 era o líder na classe Trophy. Desde o início, Pizii liderava na Sport enquanto Müller seguia reinando no geral –e catapultado pela melhor volta da prova na 11ª passagem.

Na penúltima volta a diferença entre os dois primeiros era de 1.6s. As principais disputas eram pelo terceiro lugar, com Pizii pressionando Feldmann, e pelo sexto lugar, com Eloi atacando Enzo Elias. Em oitavo após formidável recuperação, Werner acompanhava de perto.

Marçal Müller venceu novamente com direito a Grand Chelem. Paludo e Feldmann fecharam o top3. O pódio foi completado pelos destaques da Sport, Pizii e Lara. Neugebauer ainda encontrou tempo para avançar ao sétimo lugar na volta final, coroando uma senhora prova de recuperação. Em 11º, Giaffone prevaleceu na Trophy.

Depois da cerimônia de pódio, Müller sorteou o número 8, determinando a respectiva inversão de grid e a pole de domingo para Eloi Khouri.

PARCEIROS