Garanta Seu Ingresso

Porsche GT3 Cup: sorteio dá a Maurizio Billi o clássico Porsche 356B

Quinto colocado na categoria 997 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, o piloto paulista Maurizio Billi saiu do autódromo de Interlagos extremamente feliz. No domingo, ele foi sorteado com o Porsche 356B, ano 1962, oferecido pela organização da categoria. Recebeu também o troféu Espírito Porsche Cup, dado pela Yokohama (fornecedora de pneus) por seu desempenho e evolução ao longo da temporada.

O sorteio do Porsche 356 finalizou um trabalho cujo marco inicial foi a desmontagem feita em 20 de junho, durante o quarto evento da temporada. Na ocasião, a equipe de mecânicos do Porsche GT3 Cup desmontou o veículo em apenas 11 minutos. Depois, o carro passou por um completo processo de restauração coordenado por Dener Pires, diretor do Porsche GT3 Cup, e seu irmão Douglas. A pintura vermelha e o interior preto deram lugar à cor externa Ivory Light (bege claro) e a acabamento com bancos vermelhos e tapeçaria cinza, escolhidos pelos pilotos. Toda a restauração foi feita seguindo os padrões de originalidade dos Porsche 356B de 1962. A tampa do porta-luvas e a grade do capô traseiro receberam uma plaqueta comemorativa com a inscrição “Porsche GT3 Cup Challenge Brasil − Porsche 356B − Prêmio Top 10 – 2010”.

No box 5 de Interlagos (o mesmo onde o 356 foi desmontado em junho), os mecânicos iniciaram a remontagem às 10 horas da manhã. Em quinze minutos, já estavam instalados pára-choques, tanque de combustível, lanternas, assentos traseiros, instrumentos do painel, motor e câmbio. O conjunto de rodas com pneus Yokohama A.drive (nas medidas originais 185/65 R15) foi colocado aos 23 minutos. Aos 37, o carro foi ao chão para alinhamento. Três minutos depois, foi iniciado o abastecimento. Aos 41:53.96, o trabalho foi finalizado. Logo depois, o carro saiu do box tendo Dener ao volante e o sr. Andreas Offerman, diretor de vendas da Porsche AG, no banco do passageiro. Os dois trocaram de lugar no meio da volta para que o sr. Offermann levasse o 356B de volta ao box 5, onde ficou exposto até o final das provas das categorias 997 e Light.

Encerradas as cerimônias de premiação (correspondentes às corridas do final de semana e à classificação final do campeonato), foi iniciado o sorteio. Em uma urna, foram colocados cupons com os nomes de Ricardo Rosset, Alex Barros, Sérgio Ribas, Ricardo Baptista, Marcel Visconde, Clemente Lunardi, Maurizio Billi, Tom Valle, Roberto Posses e Lucas Molo, os dez pilotos que atenderam aos requisitos para entrar no sorteio: participar de todas as seis corridas finais da temporada e terminar entre os dez primeiros colocados na pontuação acumulada nessas provas. O primeiro cupom retirado foi o do vencedor, mas seu nome foi anunciado por último: para aumentar o suspense, foram divulgados antes os nomes dos pilotos cujos cupons haviam ficado na urna. Coube ao sr. Offermann anunciar Billi como vencedor.

“Estou muito contente, tanto pelo 356 quanto pelo reconhecimento da minha temporada”, afirmava Billi, que fez sua primeira corrida em 1976, na antiga Fórmula Vê, e disputa o Porsche GT3 Cup desde 2006. Em 2010, ele terminou o campeonato em quinto lugar (era o quarto antes das duas provas finais) e destacou-se pela notável evolução: além de manter sua conhecida regularidade, tornou-se presença assídua no pódio e nas primeiras filas dos grids. “É a primeira vez que vou ter um carro clássico na garagem e este é muito especial, com uma história fantástica”, finaliza o piloto.

PARCEIROS