Vencedores do Porsche Esports Carrera Cup Brasil aceleram os carros reais da Porsche Cup pela primeira vez

Jeff Giassi, Eduardo Borgert e Luis Felipe Tavares participaram das clínicas de pilotagem e foram para a pista com o 911 GT3 Cup em Interlagos

Os três grandes destaques da segunda edição do Porsche Esports Carrera Cup, campeonato de automobilismo virtual organizado pela Porsche Cup e pela Porsche Brasil, tiveram um final de semana para não esquecerem nunca em suas vidas.

Eduardo Borgert e Luis Felipe Tavares participaram, junto com o piloto instrutor da Porsche Cup, William Freire, da clínica de pilotagem que ambos ganharam pelo desempenho no campeonato virtual.

Eduardo Borgert e Luis Felipe Tavares (Foto: Rafa Catelan)

Foi o primeiro contato da dupla com o carro que eles dominam como poucos nos simuladores. Borgert foi o primeiro dos pilotos virtuais a sentar no carro para iniciar sua clínica de pilotagem. O vice-campeão de 2020 relatou que a experiência a bordo do carro real foi algo que vai ficar para sempre em sua memória.

“Foi uma sensação inexplicável, estar dentro de um carro de corrida é algo impressionante. Existem semelhanças com o simulador, principalmente com o traçado que fazemos, mas a força G que existe no carro é algo completamente diferente, muito emocionante. Depois de algumas voltas você se acostuma com isso, não é fácil andar no limite, mas com a noção prévia eu consegui guiar muito bem, superou minhas expectativas.”

Os especialistas no mundo virtual comentaram principalmente sobre a diferença no ato de pilotar o carro. Nos simuladores, o jogo de pedal é muito mais suave que nos carros de verdade, Giassi explicou que “Os carros no simulador andam no limite antes de saírem de traseira, você consegue controlar os pedais e usar mais de um ao mesmo tempo. Já no carro de verdade, você não pode andar assim, as fases de aceleração, desaceleração e contorno de curva tem que ser cada uma em seu tempo”.

Luis Felipe Tavares foi outro que teve seu primeiro contato com os carros de competição mais produzidos do planeta. LFT como é conhecido foi o último dos estreantes a andar em Interlagos e falou sobre andar no carro real e encontrar Rodrigo Mello, que emprestou o design do carro Lego para Tavares andar nas pistas virtuais.

“Foi uma experiência muito diferente de tudo que eu já tive, existem semelhanças com o simulador, mas é uma sensação completamente diferente quando você está andando de fato. A gravidade é a principal diferença entre os dois. Espero que mais gente possa trazer os carros do real para o virtual, minha parceria com o Rodrigo foi a primeira e torço para que mais pilotos emprestem seus carros reais para competirmos no virtual.”

A passagem de Jeff Giassi por Interlagos foi um pouco diferente dos outros convidados. O bicampeão do Porsche Esports Carrera Cup e representante da Porsche Cup e da Porsche Brasil na Supercup, campeonato mundial de automobilismo virtual da marca, ganhou como prêmio a possibilidade de tripular uma equipe que correria a etapa de encerramento da temporada de 2020.

Jeff já havia feito outros testes ao longo do ano e se preparava tanto para seus compromissos virtuais quanto reais com a categoria.

No principal palco do automobilismo nacional, Giassi viveu momentos que ficarão em sua memória para sempre. O piloto se juntou a Enzo Elias e Dimas Pimenta, que substituiu André Gaidzinski a bordo do #14 que levou as cores da Farben.

Giassi mostrou para todos os presentes que pilotos virtuais podem competir de igual para igual com os especialistas nos carros reais, em seu primeiro quali, o jovem de 23 anos cravou a pole position com a volta mais rápida no grupo de pilotos que foram à pista com ele. Jeff conseguiu vantagem de 0s277 para o segundo colocado do grupo.

Pimenta, Elias e Giassi comemorando a pole (foto: Luca Bassani)

Ao final de 500 quilômetros de prova, o trio do carro #14 chegou no pódio e Giassi levou para casa, além da experiência um troféu na bagagem e memórias que não serão esquecidas tão facilmente.

“A corrida foi excepcional, estou feliz demais com a estreia. Lideramos uma boa parte dela, mas alguns imprevistos nos tiraram a chance de vitória. Fizemos a pole como equipe e caímos um pouco como equipe também. Apesar de tudo, conseguimos o pódio e me deixou muito feliz pelo resultado. Só tenho a agradecer a todos que tornaram esse sonho possível.”

Mas, as comemorações de Jeff Giassi não duraram muito tempo. O piloto volta sua preparação para a segunda temporada correndo o Porsche TAG Heuer Esports Supercup, campeonato mundial de automobilismo virtual da montadora. O único brasileiro no certame do campeonato se prepara para outra temporada sólida entre os principais competidores de automobilismo virtual do mundo.

Giassi estreia no dia 4 de janeiro pela Supercup.

PARCEIROS