Porsche GT3 Cup: Márcio Mauro conquista sua primeira vitória na categoria

No molhado, Nelson Marcondes vence pela 5ª vez na temporada sprint

A abertura da penúltima rodada tripla do campeonato de Sprint da Porsche Cup foi um dia de muitas emoções inéditas em Goiânia. A sexta-feira marcou a primeira vitória de Marcio Mauro, e também a primeira pole de Crisitan Mohr.

Na classificação do campeonato, Nelson Marcondes, com o segundo lugar na GT3 Cup, segue no alto da tabela de pontos. Marcondes lidera também na classe GT3 Cup Sport.

A jornada começou com muito calor na capital goiana. Tanto que nos qualis os pilotos nem sequer ficaram na pista durante os 15 minutos de cada sessão. Os pneus rapidamente perdiam sua melhor performance, de modo que ou os pilotos faziam 10 minutos em alta velocidade e recolhiam para box, ou esperavam nos pits por cinco minutos antes de tentar cravar as melhores marcas na parte final de cada quali.

Nesse cenário, na GT3 Cup as posições de honra ficaram com Lucas Salles (corrida 1) e Cristian Mohr (corrida 2).

No intervalo entre os qualis e as primeiras largadas da etapa, o calor deu trégua. Mas foi substituído por uma forte chuva.

Com pneus Michelin para piso molhado, a GT3 Cup realizou sua primeira prova com muita alternância de posições. As disputas eram intensas em todos os pelotões.

Marcio Mauro foi favorecido por uma boa largada e viu os concorrentes à sua frente escapando. Impecável, liderou praticamente todas as voltas em bandeira verde e venceu pela primeira vez. Foi sua 66ª prova com os carros de competição mais fabricados no planeta.

Logo atrás, Cesar Urnhani e Lucas Salles travaram excelente duelo pelo segundo lugar, alternando trajetórias e pontos de freadas. Mas acabaram se tocando, o que abriu espaço para Nelson Marcondes receber a bandeirada em segundo. O terceiro posto ficou com Leo Sanchez, graças a uma tocada cerebral e muito segura, evitando enroscos e mantendo o carro #15 sempre na pista. Foi seu melhor resultado em etapa de Sprint.

A programação retorna no sábado, com mais duas corridas de cada classe. Assim como na sexta, a previsão do tempo indica calor pela manhã e risco de chuva à tarde.

A primeira prova, da GT3 Cup, tem largada às 10h com Mohr na pole.

As corridas da tarde encerram a rodada tripla de Goiânia, em programação que começa às 13h45. Os canais da Porsche Cup em mídia social e seu site transmitem as provas, bem como os canais Sportv e o portal motorsport.com.

Os qualis:

GT3 Cup 1

Nelson Marcondes sustentou a pole provisória durante a primeira metade do treino, até ter sua marcada superada por Cristian Mohr. Depois Urubatan Junior foi para o alto do ranking, mas acabou batido também por Lucas Salles e Nelson Monteiro. A cinco minutos da bandeirada, Urubatan baixou sua marca e avançou para P2.

Então os ponteiros recolheram para box ainda com o cronômetro aberto para o quali. O top5 ficou com Salles, Urubatan, Monteiro, Mohr e Marcio Mauro. Pela classe Sport a pole ficou para Nelson Marcondes, em sétimo no geral.

GT3 Cup 2

Leo Sanchez surpreendeu com o melhor tempo na primeira série de voltas lançadas, à frente de Nelson Marcondes e Georgios Frangulis.

Depois de cinco minutos de treino os ponteiros passaram a se alternar. Primeiro Marcio Mauro desbancou a marca de Sanchez, depois Lucas Salles, Cristian Mohr e Urubatan Junior.

Então Salles baixou para 1:27.020. Mas Urubatan foi mais rápido logo a seguir Mohr também.

Confiante que sua marca renderia a primeira pole na categoria, o competidor do #3 recolheu para o box a cinco minutos da bandeirada. Urubatan fez o mesmo na volta seguinte.

E a ordem de largada para a primeira prova de sábado ficou com Mohr, Urubatan, Salles, Nelson Monteiro e Marcio Mauro. Nelson Marcondes, em oitavo, ficou com a pole na classe Sport.7

A corrida:

GT3 Cup – 1

A chuva começou a cair depois da classificação, antes da largada, e trouxe uma condição que os pilotos ainda não tinham enfrentado na etapa: com a pista molhada. Como a água era muita, além de determinar os pneus Michelin para pista molhada, a direção de prova decidiu iniciar a prova sob regime de safety car.

A bandeira verde veio depois de três voltas com o safety car na pista. Urubatan Jr. ultrapassou Lucas Salles antes mesmo da primeira freada. Quem também largou bem foi Chico Horta, que pulou de décimo para sexto. O arrojo de Urubatan cobrou seu preço quando os carros chegaram ao miolo: o carro #1 destracionou e saiu rodando; Lucas Salles, que vinha logo atrás, também perdeu o traçado e, com isso, a liderança. Márcio Mauro assumiu a ponta, à frente de Christian Mohr e César Urnhani.

O safety car foi acionado para o resgate do carro de Ayman Darwich, batido na curva zero, mas antes de a velocidade ser controlada por todos os carros, Marco Billi também perdeu o carro e rodou no mesmo trecho em que Urubatan havia escapado na primeira volta sob bandeira verde.

Depois de apenas uma volta com bandeira verde, a ordem indicava Mauro, Mohr, Urnhani, Salles e Nelson Marcondes, este liderando na classe Sport. A relargada veio na abertura da oitava volta, e Mauro sustentou a ponta, enquanto Mohr segurou os ataques de Urnhani, com Salles mais atrás.

A disputa pelo segundo lugar continuou intensa na volta 9, com Urnhani mergulhando por dentro na curva 1, mas Mohr se defendeu bem, e Salles se aproximou da briga, assim como Marcondes. A pressão sobre Mohr surtiu efeito, com este escapando na entrada da Junção. Com isso, Urnhani passou para segundo.

No mesmo trecho, um pouco atrás, um contato entre Eduardo Menossi e André Gaidzinski fez o carro #14 escapar da pista, mas não foi necessário o acionamento do safety car. Salles, por sua vez, continuava determinado a retomar a segunda posição, pressionando muito Urnhani, e com Marcondes meio segundo atrás, e Mohr ocupando o quinto lugar.

Na volta 11, Salles atacou por dentro da curva 1, Urnhani fez o traçado defensivo, e na fechada de porta, Lucas quase rodou. Com isso, Marcondes chegou, e a disputa passou a ser pelo terceiro lugar. Na volta seguinte, eles inverteram o posicionamento, com Salles por fora e Urnhani por dentro. Houve o contato entre os carros, e ambos foram para a área de escape. Marcondes herdou o segundo lugar, mas os dois voltaram para a pista, com Mohr em terceiro, Leo Sanchez em quarto e Nelson Monteiro em quinto.

Na volta 13, Sanchez assumiu o terceiro lugar no geral ao passar Mohr. Mais atrás, Georgios Frangulis e Monteiro tiveram uma outra disputa. Frangulis colocando por dentro, levou o “X” e conquistou o quinto lugar na sequência após contato porta com porta. A seguir porém o carro #88 perdeu posições.

Na última volta, Mauro administrava uma vantagem de 1s5 sobre Marcondes, com Sanchez isolado em terceiro e uma intensa disputa pelos últimos lugares no pódio entre Mohr, Monteiro, Salles e Marco Billi. Os carros chegaram a formar um “three wide”. Mas no fim, as posições do top5 ficaram com Mauro, Marcondes, Sanchez, Mohr e Monteiro.

Na classe Sport Marcondes venceu novamente, seguido por Sanchez, Ramon Alcaraz, Paulo Totaro e Danilo Menossi.

O que eles disseram:

“Foi uma prova muito boa. Vi que os três primeiros saíram e consegui administrar a diferença. No final o Marcondes apertou um pouco, mas deu para me manter na liderança. Agora vamos focar para conseguir um bom resultado amanhã também. Em cinco anos de Porsche foi minha primeira vitória. Depois de vários segundos lugares ela finalmente veio. Foi um momento inesquecível para mim. O grande desafio foi se manter na pista e administrar a vantagem.”
Márcio Mauro

“Desde ontem eu estava torcendo pela chuva. Não estava me adaptando bem ao traçado aqui em Goiânia. Não estava contente com o meu desempenho aqui, e essa chuva veio para me ajudar muito, até porque estamos com um bom desempenho na chuva. Estou feliz demais com esse segundo lugar na geral e vitória na categoria, principalmente pela vantagem nos concorrentes diretos. Agora vamos descansar e pensar nas próximas duas corridas de amanhã.”
Nelson Marcondes

“Foi uma prova boa. O clima deu uma mudada do quali para a corrida. Estava pensando em andar na chuva e ela veio. Consegui um bom resultado, está dando sorte correr de sexta-feira na Cup. Amanhã vamos para mais duas boas corridas e fechar essa etapa com um resultado positivo.”
Leonardo Sanchez

“A gente veio desde ontem desenvolvendo o carro. O time todo está de parabéns e fico contente porque a evolução veio a cada fez que fomos para a pista. No quali da corrida 2 o carro estava em seu melhor momento e eu acho que foi o meu melhor também nos treinos. Estou muito contente com a pole para a corrida 2.”
Cristian Mohr

Resultados:

Quali 2 – GT3 Cup
1. Cristian Mohr 1:26.730
2. Urubatan Jr +0.124
3. Lucas Salles +0.290
4. Nelson Monteiro +0.640
5. Marcio Mauro +0.766
6. Zeca Feffer +0.770
7. Cesar Urnhani +0.876
8. Nelson Marcondes* +0.881
9. Georgios Frangulis* +0.931
10. Francisco Horta +0.980
11. Marco Billi +1.068
12. Eduardo Menossi* +1.247
13. Leonardo Sanchez* +1.308
14. Ayman Darwich* +1.342
15. André Gaidzinski* +1.621
16. Ramon Alcaraz* +2.024
17. Danilo Menossi* +2.262
18. Pauto Totaro* +2.691
*Classe Sport

O campeonato:

GT3 Cup
1. Nelson Marcondes 120
2. Nelson Monteiro 112
3. Zeca Feffer 106
4. Marco Billi 100
5. Lucas Salles 99
6. Marcio Mauro 81
7. Urubatan Jr 72
8. Eduardo Menossi 68
9. Leonardo Sanchez 63
10. Paulo Totaro 57
11. Cesar Urnhani 55
12. Ayman Darwich 41
13. Ramon Alcaraz 30
14. Danilo Menossi 28
15. Francisco Horta 27
16. André Gaidzinski 26
17. Georgios Frangulis 25
18. Cristian Mohr 21
19. SangHo Kim 14
20. Guilherme Reischl 6
21. Ricardo Fontanari 1
22. Bruno Campos 0

GT3 Cup Sport
1. Nelson Marcondes 75
2. Eduardo Menossi 62
3. Paulo Totaro 52
4. Leonardo Sanchez 49
5. Ayman Darwich 36
6. André Gaidzinski 32
7. Georgios Frangulis 26
8. Danilo Menossi 25
9. Sang Ho Kim 11
10. Ramon Alcaraz 8
11. Ricardo Fontanari 6
12. Bruno Campos 2

PARCEIROS