Perfil do Piloto: Conheça um pouco mais sobre Urubatan Helou Júnior

Dos carros de fórmula, para os caminhões e enfim no Grid da Cup. Conheça quem é Urubatan Helou Júnior.

A velocidade corre nas veias de Urubatan Jr desde muito cedo. Mais precisamente, desde os oito anos de idade, quando começou no automobilismo. Naquela época, o sonho de ser piloto profissional e viver do automobilismo movia o jovem Urubatan enquanto ele acelerava fundo pelas pistas do Brasil.

O interesse no esporte a motor veio por conta do pai. Saudosista, Urubatan lembrou de momentos em que o pai correu: “Meu interesse pelo automobilismo começou por volta dos seis ou sete anos. Meu pai foi piloto também, mas ele começou tarde, por isso correu com pilotos bem mais jovens que ele. Alguns nomes inclusive despontaram no automobilismo nacional e internacional, Christian Fittipaldi, Rubinho Barrichello…”.

O sonho de ser piloto profissional perdurou até os 20 anos, quando ele percebeu que aquele caminho não seria possível, e decidiu por trabalhar. 20 anos mais tarde, veio o reencontro com as pistas e com um automobilismo mais moderno, competitivo e profissional. Muito diferente do que aquele que ele viveu na infância.

A história de Urubatan nas pistas já passou pelos mais diversos traçados e categorias. Já pilotou em campeonatos de Fórmula, como também já teve algumas experiências com os caminhões da antiga Fórmula Truck.

Hoje, conciliando a vida de empresário com a de piloto, a Porsche Cup foi para ele o casamento perfeito: “A estrutura do Dener é perfeita para mim nesse momento. Posso ser o Urubatan empresário durante a semana e o Urubatan piloto durante o período das etapas. Consigo conciliar as duas vidas sem abrir mão de nada”.

A volta às pistas foi a realização de alguns sonhos dele. Voltar ao automobilismo, guiar um carro realmente projetado para corridas e o sonho de guiar um Porsche.

Além das pistas de corrida, Urubatan tem outras duas paixões que se destacam. A primeira delas é pelas maratonas. O piloto já completou diversas vezes os 42 quilômetros nos mais diversos países. Agora, seu objetivo é completar o circuito principal das maratonas internacionais. Urubatan já cruzou a linha de chegada das maratonas de Chicago, Nova York e Berlim. Para completar seu sonho e fechar as “majors” lhe restam Londres, Boston e Tóquio.

Ainda nas provas longas, mas dessa vez no esporte a motor, o piloto do Carro #1 da GT3 Cup sonha também em competir nas 24h de Le Mans, uma das provas mais tradicionais do automobilismo, onde a Porsche é a montadora mais vitoriosa da história.

Outro hobby do piloto é a gastronomia, mais especificamente o churrasco. Hoje, Urubatan é sócio em dois restaurantes do ramo e se orgulha de ser considerado pelas pessoas próximas como um bom churrasqueiro.

E se você pensa que o #1 estampado em seu carro tem alguma superstição, está enganado! A escolha do número foi casual e, segundo o mesmo, caso os resultados não viessem, pelo menos as fotos sairiam boas.

Quando perguntado sobre seu principal ídolo no esporte, Urubatan não precisou pensar duas vezes. A resposta veio de bate-pronto: Ingo Hoffmann, um dos maiores nomes da história do automobilismo nacional.

Urubatan não esconde o desejo de continuar evoluindo dentro do grid da Porsche Cup. Correndo sua segunda temporada completa na categoria, ele espera que com o tempo de contato com o carro, seu desempenho seja ainda melhor nas corridas e temporadas que estão por vir. E podemos dizer que, se o piloto mantiver o desempenho da Etapa 1 de 2020, Urubatan trará muita dor de cabeça para seus adversários.

PARCEIROS