Francisco Horta chega em Interlagos liderando a GT3 Cup na última etapa do ano, Leonardo Sanchez e Átila Abreu lideram a classe Sport e disputam a liderança da geral

Depois de duas etapas da Endurance Series, Francisco Horta e William Freire chegam a Interlagos na liderança geral da categoria com 123 pontos conquistados. A dupla que já anda junto há muitos anos aposta no entrosamento entre eles para garantir o título das corridas longas na temporada de 2020.

A dupla do carro #77 venceu a primeira etapa da temporada no Velocitta e chega em Interlagos com 12 pontos de frente para Leonardo Sanchez e Átila Abreu.

“Na verdade, a estratégia é não pensar em campeonato, é fazer uma boa corrida pra não precisar fazer conta nem nada. Interlagos é minha pista favorita e a afinação com meu parceiro William Freire é boa então estou animado. A estratégia é ir pra frente. Eu acho que traz mais emoção para quem está assistindo e pode trazer coisas boas, mas também ruins em relação a desgaste de equipamento. É um teste pros pilotos e pro carro, traz mais possibilidades para a prova.” Disse Horta.

Abreu e Sanchez são seus principais perseguidores durante a última etapa. A dupla que foi campeã na temporada 2019 corre para repetir o título e unificar as conquistas da Sport e da GT3 Cup. Para a decisão do campeonato, a dupla recebe a adição do campeão de 2019 da Carrera Cup Sprint, Marçal Muller.

“Chegamos defendendo o título, ano passado chegamos como líder depois de vencer as duas primeiras etapas. Em 2020 a história é um pouco diferente, o Chico e o William lideram e nós estamos empatados com o Zeca Feffer e César Ramos. Precisamos terminar na frente dos dois carros para garantir o título. Trazer mais um piloto nos permite uma melhor performance. Correr em três no carro parece ser uma certa vantagem. Estamos usando essa estratégia para tirar a diferença dos líderes. O Marçal é um cara que conhece o carro e anda muito rápido, a adição dele vai nos ajudar muito.”

Na classe Trophy os homônimos Nelson Marcondes e Nelson Monteiro lideram a disputa. Concorrem com eles pelo título a dupla de pai e filho, Maurizio e Marco Billi. Ano passado o carro da Eurofarma venceu em Interlagos com Gaetano di Mauro compondo o trio com eles.

Com 116 pontos em jogo para os vencedores, muita coisa ainda pode acontecer no principal palco do automobilismo nacional.

Os carros de competição mais produzidos do planeta voltam à pista neste sábado a partir das 15h30 para o quali da prova que encerra a temporada.

PARCEIROS