“Corrida” fora das pistas

A bandeira quadriculada mal parou de tremular encerrando a etapa de Sprint da Porsche XP Private Cup, mas a equipe de manutenção da categoria já começou a sua própria etapa de Sprint para garantir que todos os 46 carros que foram ao asfalto do Autódromo Internacional Ayrton Senna tenham condições de estar prontos para mais uma jornada já neste fim de semana pela Endurance Series.

O trabalho começou ainda no sábado quando uma big-one na largada da Carrera Cup que levou para dentro da funilaria ao menos cinco carros. A primeira noite foi virada para devolver todos os competidores em condições de igualdade para a corrida de domingo.

Com incidentes mínimos no encerramento da etapa, nenhuma grande reconstrução de carro será necessária, mas nem por isso o trabalho da equipe será menos exigente.

“O processo é diferente de quando temos tempo para levar os carros de volta para a oficina em São Paulo. Por lá temos diferentes estações onde os carros vão passando por cada uma delas com os respectivos responsáveis pela área. Como vamos ficar em Goiânia direto, o processo muda um pouco. Cada dupla responsável pela manutenção de uma parte do carro percorre os boxes e vai fazendo a revisão de box em box.”

Marcel Gatti, um dos responsáveis pela manutenção dos carros de competição mais produzidos do planeta aqui no Brasil detalhou um pouco sobre o procedimento. Ao todo, a categoria irá fazer a manutenção de ao menos 16 carros por dia, totalizando 46 carros até quarta-feira. Uma maratona em pouco mais de três dias, considerando que o espaço entre etapas normalmente é de 1 mês.

Tendo que entregar os carros prontos até quarta-feira, a manutenção os passa para outo setor vital no processo, o de shakedown, onde os pilotos instrutores da categoria fazem testes intensos na pista para garantir que todos os carros estejam rigorosamente iguais para a corrida. Caso sintam que tem alguma necessidade de outras manutenções, o carro volta para a oficina e novamente é feito o trabalho de checagem das partes e troca do que for necessário

Um desafio a mais para a equipe é o fato de entrarmos em semana de Endurance Series, corrida de 300 quilômetros em uma Goiânia que promete não dar refresco na temperatura, o que exige ainda mais da máquina ao longo do fim de semana.

Ao todo estão envolvidos só no processo de manutenção dos 911 GT3 Cup que participam da Endurance 50 funcionários da categoria.

Luis Baldini (esq) e Marcel Gatti (dir)

“Quinta-feira já começam as atividades de pista para as duplas que vão correr a Endurance Series, então precisamos estar com todos os carros prontos até lá! Estamos em um trabalho conjunto com a equipe de shakedown. Finalizados os carros de segunda, na terça eles já vão para a pista enquanto trabalhamos em mais 16 carros e assim sucessivamente até entregarmos todos os carros perfeitos para aguentar uma etapa longa.” Disse Marcel.

A corrida contra o tempo já está a todo o vapor nos bastidores da Porsche XP Private Cup para que todos estejam com seus equipamentos em estado ideal para as emoções da Endurance Series no dia 16 em Goiânia.

PARCEIROS