Confira o que os protagonistas de sábado disseram

“Que sensação boa começar a temporada vencendo. Foi um trabalho em equipe gigante para conseguir abrir essa temporada no mesmo ritmo do ano passado. O carro teve problema de câmbio no quali, precisei do reserva para a segunda parte e consegui a pole. Voltando para o meu carro na corrida. Isso faz a diferença, poder contar com todos da equipe, todos deram o máximo para estarmos aqui. Feliz em terminar a prova como estivemos no ano passado, no lugar mais alto do pódio.”
Miguel Paludo

“Larguei muito mal, eles me passaram, então tentei recuperar o ritmo consistente. E deu certo. Fomos chegando, chegando, consegui a ultrapassagem e depois foi só manter a ponta”
Lucas Salles

“Foi uma prova difícil, uma das mais difíceis que tive na categoria. A transição da pista molhada para seca com o pneu Michelin de chuva torna difícil o cenário. Estava mais rápido no começo na disputa com o Iorio, e o Paludo abriu. No meio da corrida tive que administrar os pneus. Depois pude dar tudo para tentar buscar o Paludo e estava chegando, mas ele achou um ritmo forte também e o Iorio voltou ainda muito forte. Não deu para chegar no Paludo, mas fico contente demais em dar esse resultado para a Farben e vamos buscar a vitória amanhã”
Enzo Elias

“Eu estou muito feliz, conseguindo competir e me divertir. Não esperava chegar tão na frente assim, consegui andar muito tempo na frente e completei em segundo lugar. Estou muito contente com o resultado e com o fato de estar me divertindo acima de tudo.”
Raijan Mascarello

“Legal voltar a correr já subindo ao pódio. tivemos uma boa corrida, não conseguimos exatamente o que queríamos no quali. Ser regular e estar sempre andando na frente vai ser importante para o campeonato. Até que tinha condições de atacar o segundo, mas não consegui achar o momento certo. Estamos só começando a temporada e vamos em frente.”
Nelson Monteiro

 

“Foi um ótimo trabalho em equipe. O Nelsinho Piquet me ajudou muito acertando o carro, estava muito tempo parado, então ele foi muito importante nesse ponto, com uma ajuda dessas eu precisava compensar e andar bem. Fico feliz em conseguir essa vitória depois de quatro anos sem correr aqui.”
Cristiano Piquet

“Para quem nunca andou de nada, acho que foi bem. Teve um toque ali, que não acho que foi minha culpa, mas foi uma estreia boa. Estou treinando há seis meses para isso e veio o resultado hoje”
Lineu Pires

“Não podia ser melhor essa volta para a categoria. acima das expectativas, a corrida na chuva me ajudou muito, estou mais acostumado a andar nessas condições e deu tudo certo, sem palavras para essa corrida.”
Sylvio de Barros

“Sensacional participar da primeira competição. Foi uma experiência incrível. Estava com medo antes do começo, mas a estrutura do evento, a qualidade da equipe e toda a instrução que o pessoal nos dá são fantásticos. Estou muito feliz em ter terminado a corrida”
Gustavo Farah

“No final das contas eu adoro andar em pista molhada, em todas as provas que andei nessas circunstâncias eu fui bem, acho que a coragem de frear o mais tarde possível. O segundo lugar foi muito bom, até uma surpresa para mim. Estávamos bem com esse segundo lugar na Trophy e mais um pouco a gente ia conseguir brigar talvez por um lugar na Sport. Agora é descansar e focar na corrida de amanhã.”
Georgios Frangulis

“Estava muito rápido no quali e tinha carro para brigar na frente. A largada é sempre uma coisa única, cada corrida é diferente. Era para ter sido em fila dupla, mas começaram a acelerar na curva da vitória e ainda não tinha bandeira verde pelo que me falaram ainda não tinham agitado, até ai já estava do lado do Nelson Monteiro. Quando recebi o drive-thru, tive que começar a corrida de novo, mas não ia desistir da corrida pois tinha um bom ritmo. Estava dentro das posições de inversão e furou meu pneu. Uma pena largar lá de trás, pois tinha ritmo para estar disputando entre os quatro primeiros.”
Christian Mohr

“A estreia é sempre especial. Trazer o carro de volta inteiro é muito bom. É tudo muito novo para mim, o ritmo de corrida, entender como os outros pilotos se comportam na pista. Minha prioridade era sentir a primeira corrida e completar. Tive até uma aventura ali acelerando na grama, mas foi muito bom para a estreia, estou muito feliz.”
Caio Castro

PARCEIROS