Garanta Seu Ingresso

Porsche GT3 Cup: quatro pilotos lutam pelo vice-campeonato na final

Com o título definido por antecipação em favor do gaúcho Miguel Paludo, o Porsche GT3 Cup Challenge Brasil realizará as provas 15 e 16, que encerram a temporada em Interlagos, na expectativa de conhecer o nome do vice-campeão de 2009. Constantino Júnior, Ricardo Baptista, Marcel Visconde e Tom Valle são os quatro pilotos com possibilidades de terminar o ano em segundo lugar. Os pilotos entram na pista nesta quinta-feira (5 de novembro) para os primeiros treinos livres.

Com 172 pontos marcados e sem descartes a fazer, Constantino é o que tem melhores possibilidades de ser vice-campeão. Além de estar na frente na tabela, ele ainda tem vantagem em caso de empate: venceu quatro corridas no ano, número que nenhum de seus adversários poderá igualar. Baptista, terceiro colocado no campeonato, tem 165 pontos, mas descarta dez e terá que somar no mínimo 18 pontos (o equivalente a um segundo lugar) para superar Constantino. Marcel tem 155 pontos e até o momento descarta oito. Dessa maneira, precisará marcar pelo menos 26 para encerrar a temporada em segundo lugar na tabela. Para Valle, as possibilidades são mais remotas. Ele tem 134 pontos e, por ter “zerado” em duas corridas, não descarta nenhum. Mas precisa necessariamente vencer as duas provas e ainda torcer para que Constantino, Baptista e Marcel marquem um número muito pequeno de pontos.

A temporada 2009 mostrou o vigor do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil. Grids recordes de 24 carros foram registrados em quatro provas e a categoria integrou a programação dos dois eventos mais importantes do automobilismo internacional realizados no Brasil: a etapa do WTCC (Campeonato Mundial de Carros de Turismo), realizada em março no Autódromo Internacional de Curitiba, e o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, em outubro, em Interlagos. Além disso, aconteceu em agosto a estreia do Porsche Cup Light, aberto a pilotos novatos ou que estão há algum tempo sem correr. No total, cada evento tem até 38 Porsche de corrida – uma realização notável para uma categoria que começou há apenas cinco anos com um grid de 12 carros.

“Foi uma temporada de muito trabalho, em que usamos a criatividade para contornar os temores surgidos da crise econômica do final de 2008”, avalia Dener Pires, diretor do Porsche GT3 Cup. “É muito gratificante chegar ao final de um ano que se anunciava difícil com um grid maior que o do começo, e ainda por cima com uma nova categoria na pista.”

Dener acredita que o Porsche GT3 Cup tem tudo para crescer ainda mais nos próximos anos. Os modelos 911 GT3 Cup “997” da segunda geração estrearão no próximo ano no Porsche Supercup (o principal campeonato monomarca da Porsche, com corridas que acompanham o calendário europeu da F1) e chegarão ao Brasil em 2011. Com isso, os atuais “997” deverão passar para a Light, que atualmente usa os “996” que correram no Porsche GT3 Cup entre 2005 e 2007. “Mesmo em uma categoria monomarca, a evolução tecnológica não para. A categoria já mostrou sua competitividade e vai se tornar ainda mais atraente nos próximos anos”, prevê Dener.

A programação do final de semana é a seguinte:

Quinta-feira, 5 de novembro

Das 10h00 às 17h00 – sessões de treinos livres

Sexta-feira, 6 de novembro

10h40 às 11h40 – Treino livre 1, Porsche GT3 Cup
12h40 às 13h40 – Treino livre 2, Porsche GT3 Cup
14h40 às 15h25 – Treino livre 1, Porsche GT3 Cup Light
15h35 às 16h20 – Treino classificatório, Porsche GT3 Cup
17h20 às 18h05 – Treino livre 2, Porsche GT3 Cup Light

Sábado, 7 de novembro

10h30 às 11h00 – Treino classificatório, Porsche GT3 Cup Light
12h35 – Largada, Porsche GT3 Cup, prova 15 (25 minutos mais uma volta)
13h30 – Largada, Porsche GT3 Cup Light, prova 4 (25 minutos mais uma volta)
15h30 – Largada, Porsche GT3 Cup, prova 16 (25 minutos mais uma volta)

FOTO: largada da prova do Porsche GT3 Cup preliminar do GP do Brasil, em Interlagos. Crédito: Hyset/divulgação Porsche GT3 Cup.

PARCEIROS