Garanta Seu Ingresso

Porsche Challenge corre com três argentinos e um italiano na preliminar do GP Brasil de F1

Com três pilotos argentinos e um italiano inscrito, a prova da Porsche Challenge preliminar do GP do Brasil de Fórmula 1 de 2013 iguala o recorde de participantes estrangeiros em um evento do Porsche GT3 Cup Challenge. Gonzalo Patoqui, Jorge Gomez e o estreante Alejandro Pimentel são os representantes da Argentina, enquanto Ludovico Pezzangora defende as cores da Itália. A outra ocasião em que quatro estrangeiros alinharam em uma prova da Porsche Challenge também foi em Interlagos. Na preliminar da 6 Horas de São Paulo de 2012, etapa válida pelo WEC (Campeonato Mundial de Endurance), alinharam três italianos (Pezzangora, Renato Benedetto e Armando Di Nardo) e um norte-americano (Tracy Krohn).

Pezzangora disputa regularmente o campeonato da Challenge desde 2011, enquanto Gomez e Patoqui estrearam em setembro último, na etapa realizada no Velo Città, em Mogi Guaçu. Pimentel faz sua estreia em Interlagos. Na Argentina, ele disputa o Troféu Fiat Linea, provas de carros históricos com um Peugeot 404 e a Porsche Cup, que na Argentina é disputada com modelos de rua. “Correr de Porsche é um sonho antigo. Fazer isso em Interlagos e no mesmo final de semana da Fórmula 1 torna tudo ainda mais emocionante”, afirma o piloto nascido em Buenos Aires. “Estou gostando de tudo. A organização da categoria é um espetáculo”, elogia.

O fato de esta etapa ser preliminar da F1 foi um atrativo para outro estreante, o brasileiro Du Rocha. Paulista, ele tem em seu currículo participações nas categorias Mini Challenge (2011), Audi DTCC (onde obteve 1 vitória e 2 segundos lugares, também em 2011), realizou participações esporádicas no Campeonato Paulista de Marcas e na GT3 Brasil. Neste ano, Rocha disputa o Brasileiro de Marcas, além de ter feito uma etapa da Sprint Race em Cascavel. “Sou um entusiasta da Porsche”, resume. “Sempre que penso em participar de um campeonato de GT3 de maneira mais consistente, o primeiro nome que vem a mente é o Porsche GT3 Cup Challenge. Vamos ver se, depois de sentar no cockpit, me empolgo e volto para fazer toda a temporada no ano que vem”, finaliza.

UPDATE:
Entre os pilotos argentinos, que correram em Interlagos pela primeira vez, Gonzalo Patoqui terminou em sétimo na classe Light, com Alejandro Pimentel em nono e Jorge Gomez em décimo. Na Challenge, o estreante Du Rocha assumiu o segundo lugar na quinta volta e resistiu aos ataques de Schneider durante um bom tempo. A duas voltas da bandeirada, Rocha rodou na Junção e abandonou após prova empolgante. Já o italiano Ludovico Pezzangora chegou em 7º, mas foi punido em 20 segundos por ultrapassagem em bandeira amarela. Sua posição final foi 9º. Veja resultados completos:

1) 3-Franco Giaffone, 16 voltas em 27:48.529, média de 148,688 km/h
2) 77-Daniel Schneider, a 17.552
3) 8-Rodolfo Ometto, a 18.047
4) 51-Otávio Mesquita, a 19.744
5) 63-Fábio Alves, a 21.364
6) 31-Marcello Sant’Anna, a 25.485
7) 10-Carlos Silveira, a 40.902
8) 17-Marcelo Stallone, a 50.116
9) 16-Ludovico Pezzangora, a 1:00.309
10) 53-Rodolfo Toni (L), a 1:14.644
11) 29-Rodrigo Mello (L), a 1:18.188
12) 19-Tom Filho (L), a 1:19.538
13) 93-Guto Oni (L), a 1:32.387
14) 35-Rodrigo Souza (L), a 1:37.726
15) 90-Peter Ficker (L), a 1:38.335
16) 39-Gonzalo Patoqui (L), a 1:38.941
17) 55-Xarlis Mud (L), a 1:43.859
18) 67-Alejandro Pimentel (L), a 1 volta
19) 58-Jorge Gomez (L), a 1 volta
20) 81-Gilberto Farah, a 2 voltas (saída de pista/pneu furado)
21) 13-Du Rocha, a 3 voltas (saída de pista)

Não classificados (menos de 75% da distância percorrida pelo vencedor)
18-Carlos Ambrósio, a 13 voltas (colisão)

Não largou
88-Eduardo Azevedo, 1:59.986

(L) piloto inscrito na classe Light

Volta mais rápida: Franco Giaffone, 1:43.352, média de 150,092 km/h
Todos com Porsche 911 GT3 Cup 3.6 equipados com pneus Yokohama

PARCEIROS