Garanta Seu Ingresso

Jovens de comunidades carentes curtem Porsche GT3 Brasil em Interlagos

O autódromo de Interlagos, velho conhecido dos pilotos, foi visto por novos e deslumbrados olhos nesta sexta-feira, segundo dia de treinos do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil. Um grupo de adolescentes da unidade da Eurobike do Projeto Pescar visitou o circuito paulistano e assistiu de perto aos trabalhos de pilotos e, principalmente, mecânicos, já que eles fazem um curso gratuito de mecânica automotiva.

Com o piloto Ricardo Landi como guia, os adolescentes observaram atentamente os boxes e receberam explicações técnicas sobre, por exemplo, como se saem os pneus Yokohama no asfalto de Interlagos. Máquinas fotográficas ou telefones celulares eram objetos de suma importância para eles registrarem e mostrarem posteriormente aos amigos os mínimos detalhes do autódromo e dos quase 50 Porsche 911 GT3 Cup.

A única garota da turma, Gabriela Ferreira, de 18 anos, teve o privilégio de dar uma volta como passageira do piloto Max Wilson. “Os meninos me perguntaram se eu tinha visto a quantos quilômetros por hora estávamos, mas eu não prestei atenção nisso, porque foi muito emocionante”, afirmou. “Não tínhamos ideia de que íamos para a pista. Eu fui a escolhida. Foi maravilhoso.”

Gabriela, além disso, ganhou o capacete que usou na volta rápida e disse ter se sentido tentada a trabalhar com automobilismo. “Deu vontade. Só de estar aqui já é maravilhoso”, declarou.

O aluno Jhonny Pereira, de 17 anos, surpreendeu-se com Interlagos: “É maior do que eu esperava. Pela televisão, parece pequeno”. Assim como seus colegas, ele pôde passar alguns momentos no cockpit do carro de Henry Visconde, da categoria Cup.

O piloto Ricardo Landi dá aos alunos noções básicas sobre motores em sala de aula.
“É uma novidade para eles”, disse. “Nenhum deles conhecia Interlagos. É bom para eles verem como funcionam as corridas, o trabalho dos mecânicos, a engenharia para o acerto dos carros, os pneus. É uma chance única. Quem sabe daqui a alguns anos eles estejam no meio, ajudando a categoria.”

A orientadora pedagógica Melissa Savoy afirmou não se tratar apenas de ensinar uma profissão. “O intuito é capacitá-los em mecânica e também na questão comportamental. Mais de 140 empresas têm essa franquia com a Pescar. Cada uma escolhe um curso que tenha a ver com a área dela, e a Eurobike escolheu o de mecânica automotiva”, afirmou.

O curso é ministrado diariamente, pela manhã, dentro de uma das unidades da Eurobike. Os alunos, que têm de 16 a 19 anos, são de famílias de baixa renda que moram, em sua maioria, na zona oeste de São Paulo. Esta é a segunda turma a fazer aulas na empresa. “A maioria dos jovens [da primeira turma] já está empregada”, informou Daniela Bonifácio, articuladora do Pescar. “A própria Eurobike ficou com quatro alunos. Outras empresas grandes também absorveram os meninos.”

O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil promove em Interlagos três corridas neste sábado: duas da categoria Cup (às 11h15 e às 14h50) e uma da Challenge (às 13h30).

PARCEIROS