Garanta Seu Ingresso

Campeão na Challenge, JP Mauro vence após ultrapassagem na largada enquanto Cristiano Piquet assegura o vice

A jornada de domingo coroou o campeão da Challenge com a vitória na preliminar do GP Brasil de F1. Na largada os pilotos da primeira fila JP Mauro e Fabio Alves dividem a curva e batem porta. Mas o campeão de 2014 respeita o espaço do campeão de 2015 e, no miolo, JP passa o pole.

Logo atrás, Cristiano Piquet toca Rodrigo Mello, que roda e volta em último –após a bandeirada, os comissários puniram o Porsche #8 em 20s pelo incidente.

JP , Fábio Alves, Paulo Tavares, Flávio Sampaio e Manuel Mallo eram os cinco primeiros ao término da primeira volta.
Na segunda volta Mallo e Paulo Tavares rodaram em incidentes separados. O estreante argentino é forçado a abandonar, enquanto o estreante brasileiro volta para a pista e parte para uma prova de recuperação.

Cristiano Piquet e Marcio Mauro agradeceram, promovidos respectivamente a terceiro e quarto. Com 10 minutos de prova, JP Mauro e Fábio Alves já estavam separados por 2s5 e com mais de 5s sobre o pelotão de Piquet, Marcio Mauro e Flávio Sampaio.

Se o sobrinho disparava na frente, o tio não queria deixar por menos. Atacou Cristiano na reta e exigiu boa manobra defensiva do Porsche #8 para evitar a ultrapassagem no S do Senna na volta 8.

Na volta seguinte Daniel Corrêa tracionou melhor na saída da Junção e passou Flávio Sampaio pelo quinto lugar. Mas o competidor do Porsche #65 deu o troco na freada do S do Senna, mergulhando por dentro no espaço deixado pelo maranhense.
A cinco minutos do fim novamente os holofotes ficaram com Cristiano Piquet e Marcio Mauro. A briga pelo terceiro lugar permitiu a aproximação de Flávio Sampaio e Tom Filho –que havia passado Daniel Corrêa na volta 11.

Na abertura do giro 13, a diferença entre os líderes era de menos de um segundo, mas Fábio Alves ainda não vinha perto o suficiente para atacar JP Mauro.

Já seu tio sofria assédio de Flávio Sampaio, que acabou passando no S do Senna, e depois de Tom Filho. Na volta seguinte foi a vez de Daniel Corrêa tentar no mesmo trecho, mas acabou tocando Marcio Mauro, que rodou. Tom Filho acabou prejudicado no lance, pois teve que ficar por fora e tirar o pé para evitar o acidente –isso permitiu a Paulo Tavares ganhar três posições de uma só vez.

O campeão da Challenge Sport ainda se recuperou na penúltima volta e passou Tom para receber a bandeirada em sexto no geral e primeiro na classe de entrada. Mas Daniel Corrêa também foi punido em 20s, pelo contato com Marcio Mauro, de modo que a vitória na classe de entrada e o quinto lugar no geral acabaram com o competidor do Porsche #19.

Paulo Tavares passou Flavio Sampaio no fim da reta dos boxes e protagonizou a última mudança no top5 em Interlagos, que viu a ordem na bandeirada assim: JP Mauro, Fábio Alves, Cristiano Piquet, Paulo Tavares e Flávio Sampaio.

Com as punições a Piquet e Corrêa, o resultado final ficou: JP, Fábio, Paulo Tavares, Flávio Sampaio e Tom Filho.

Declarações dos pilotos
Na largada eu consegui tomar uma trajetória boa a partir da saída do S. Acabei tocando com o Fábio mas consegui acompanhar até o fim da reta e emparelhei. Ele me deixou espaço, que consegui aproveitar para assumir a primeira posição no Laranja. A corrida foi excelente, eu vinha muito rápido e abrindo até o 16º minuto. Então encavalaram as marchas e não entrava a segunda. Do meio para o fim da corrida andei sem a segunda marcha… Então é uma honra vencer aqui no templo e, mais ainda, como o mestre, sem a segunda marcha
JP Mauro, vencedor da prova e campeão da classe Challenge

O fim da temporada foi com chave de ouro. Fiquei triste em Curitiba por mim e pelo Rodrigo na disputa do título da Challenge Sport. Somos muito amigos e não era o que a gente esperava. Vim o campeonato todo em primeiro e controlei mal os nervos na decisão. Errei e agora é ótimo ter reagido aqui. Hoje foi festa, vim descompromissado e tranquilo. Gosto muito de correr em Interlagos e ganhar na preliminar da F1 é especial. Essa prova vou dedicar para minha mulher, que tá grávida, e para o Enzo, meu filho, que hoje cedo me falou pra acelerar tudo. E veio.
Tom Filho, vencedor da prova na classe Challenge Sport

Resultado da Prova 1 – Challenge
1. JP Mauro, 16 voltas em 27min53s654
2. Fabio Alves, a 0s694
3. Paulo Tavares, a 12s685
4. Flávio Sampaio, a 14s477
5. Tom Filho, a 17s145
6. Gonzalo Huerta, a 17s659
7. Marcio Mauro, a 18s297
8. Ramon Alcaraz, a 23s697
9. Cristiano Piquet, a 30s239*
10. The Tonny, a 33s208
11. Marcello Sarcinella, a 33s571
12. Rodrigo Mello, a 34s743
13. Daniel Corrêa, a 36s062*
14. Beto Leite, a 47s320
15. Marcello Sant’Anna, a 1min04s133
16. Sun Moodley, a 1min18s506
17. Paulo Pomelli, a 1 volta*
18. Manuel Mallo, a 14 voltas

Melhor Volta:
JP Mauro – 1min43s233
* punidos em 20 segundos por atitude antidesportiva

Challenge – Classificação Final (com descartes):
1. JP Mauro, 217 pontos
2. Cristiano Piquet, 181
3. Elias Azevedo, 177
4. Fabio Alves, 174
5. Daniel Corrêa, 129
6. Gonzalo Huerta, 112
Tom Filho, 112
8. Márcio Mauro, 104
9. Ramon Alcaraz, 94
10. Rodrigo Mello, 87
11. Marcello Sarcinella, 59
12. Daniel Paludo, 55
13. Ronaldo Kastropil, 46
14. Eduardo Ramos, 44
15. The Tonny, 37
16. Vitor Scheid, 34
Paulo Pomelli, 34
18. Fernando Fortes, 30
19. Marcelo Franco, 22
20. Esteban Gini, 20
21. Paulo Tavares, 16
José França, 16
23. Paulo Totaro, 15
24. Kreis Jr., 14
Flávio Sampaio, 14
26. Sun Moodley, 13
27. Alencar Jr., 11
28. Geraldo Piquet, 10
Beto Leite, 10
30. Fabio Benedetti, 6
31. Renato Braga, 8
32. Renato Benedetto, 6
33. Marcello Sant’Anna, 1
34. Manuel Mallo, 0

PARCEIROS