Carrera Cup: Müller é pole em Interlagos, com Pizzi na Sport e Frangulis na Trophy

Cenário diferente, resultado igual.
Depois de treinos no seco, o sábado começou com pista molhada. A situação era inédita na terceira etapa, mas não o nome do mais rápido da jornada: Marçal Müller.

O dia amanheceu com chuva leve e, com o frio de 15ºC não secou o asfalto de Interlagos a tempo do quali. Os carros então foram para pista com pneus Michelin para piso molhado, experimentando essa nova condição justamente na tomada de tempo, depois de passar os treinos livre e opcionais no seco.
Depois de cinco minutos de quali da Carrera Cup, Miguel Paludo cravou 1:46.067 e Enzo Elias veio 0.300 a seguir.

Com metade da sessão realizada, os dois recolheram seus carros para box. Eloi Khouri então assumiu o terceiro lugar, também na casa de 1:46 com Renan Pizii logo na sequência liderando na Sport. Em quinto no geral e liderando na Trophy, Georgios Frangulis era o primeiro na casa de 1:47.
Faltando 3:20s para o fim do Q1, a bandeira vermelha foi acionada. Werner Neugebauer e Paulo Borges tiveram contato na tomada da Junção e os carros acabaram na barreira de pneus.

O competidor do carro #8 tinha o nono tempo àquela altura, mas era incerta sua participação no Q2 uma vez que a máquina ficou danificada.
Sem tempo hábil para os pilotos registrarem uma volta rápida, a direção de prova resetou o cronômetro do treino em 5 minutos.

Rouman Ziemkiewicz, em 11º, era o primeiro fora do corte para disputa da pole, por apenas 0.047 de desvantagem em relação à marca de Frangulis.
Com a pista reaberta e o piso mais seco, os pilotos tiveram a última chance de buscar uma posição no top10. Pedro Aguiar foi o único que conseguiu melhorar seu tempo, avançando para segundo lugar, mas sem alteração no elenco que disputaria a pole-position.

Entre o Q1 e o Q2, a direção de prova informou a exclusão de Neugebauer do quali por atitude antidesportiva contra Borges. Assim o tempo do #8 foi eliminado e consequentemente Ziemkiewicz alçado ao top10 e à fase decisiva do quali.

O primeiro a estabelecer um tempo competitivo no Q2 foi Marçal Müller, líder do campeonato e mais rápido no treino livre de sexta. Alceu Feldmann veio logo a seguir, à frente de Ziemkiewicz e Eloi Khouri.
Depois de escapar em sua primeira tentativa na freada do S do Senna, Paludo cravou boa volta na passagem seguinte e subiu para o segundo lugar a 2:30 do fim do treino.

No fim do treino, já com o sol ensaiando aparecer em Interlagos e o trilho do traçado ideal bem marcado no asfalto, Paludo registrou o melhor trecho 1, mas não conseguiu manter o desempenho em toda volta e precisou se contentar com o segundo lugar no grid, atrás de Marçal Müller. Feldmann, Aguiar e Khouri, nesta ordem, completaram o top5 da sessão –mas o piloto do #20 trazia de Curitiba punição de dez posições no grid.

Em sexto, Pizzi cravou a pole na Sport e Frangulis, em décimo, é o pole da Trophy. A largada da Carrera Cup acontece às 13h20.

O que eles disseram:
“A gente estava em uma condição de pista inédita neste fim de semana. No Q1 tive alguma dificuldade de adaptação e fui apenas oitavo, mas arriscamos voltar para box e ficar guardando pneu para o Q2. Daí na fase decisiva tinha uma boa condição de pneu e como ontem fizemos P1 no treino livre, dá para ficar confiante pois nosso carro é bom em pista seca também. A corrida deve ser com slick e estou bem motivado”
Marçal Müller

“A gente trabalha muito e foi um bom resultado da equipe. Meu engenheiro Eduardo Bassani ajudou demais e contribuiu muito com minha evolução em um curto espaço de tempo. A condição era muito difícil. Eu gosto de chuva, mas chuva chuva. Essa realidade de pista molhada e tempo seco é o famoso ‘sabão’, e aumenta o risco para todo mundo. Então se tiver que secar, que seque de vez. Mas eu bem que gostaria de competir com chuva hoje”
Renan Pizii

“Ontem terminamos o dia rápidos e isso aumentou a confiança. Sinceramente acho que ninguém estava esperando chuva hoje, mas conseguimos fazer um Q1 muito legal, bem consistente. No Q2 eu já estava com pneus com cinco voltas a mais que o resto mas estou muito satisfeito em largar no top10 geral e em primeiro da categoria.”
Gerorgios Frangulis

PARCEIROS