Porsche Cup atualiza protocolos contra o coronavírus para evento deste fim de semana em Interlagos

Categoria prioriza segurança dos envolvidos com a etapa ao adotar distanciamento entre as pessoas, sanitização dos carros e acesso limitado a Interlagos

Em seu retorno à temporada de 2020, no próximo fim de semana, em Interlagos, a Porsche Cup adotará os protocolos de segurança atualizados pela Prefeitura de São Paulo e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) para proteger do coronavírus os envolvidos com o evento. As atividades terão portões fechados para o público.

O credenciamento será limitado, mediante resultado negativo de exame para Covid-19, e será feito de forma virtual, com cada profissional recebendo seu login e senha numa plataforma digital que vai tirar uma foto, vinculada ao perfil do portador da credencial.

Para o acesso ao autódromo, a liberação será feita de maneira automatizada, com escaneamento facial. Além de verificar a identidade com a foto enviada digitalmente na fase anterior, o aparelho mede a temperatura corporal do profissional credenciado e só então concederá acesso ao paddock.

Será permitida a presença de apenas seis profissionais por carro nos boxes, sempre respeitando uma densidade máxima de uma pessoa a cada 10 m². Além disso, apenas 20 pessoas serão liberadas para a organização do evento e quatro profissionais para cronometragem.

Os envolvidos com o resgate de pista também serão limitados a seis profissionais em cada uma das três picapes que serão utilizadas. O número de fiscais de pista será de 30, espalhados pelos postos ao longo do circuito, e estes não terão acesso aos boxes. Já os três comissários desportivos manterão contato com os pilotos de preferência por chamadas de vídeo e rádio, ou conversas ao ar livre.

Quanto aos carros, todos serão sanitizados após os preparos pela equipe de engenharia. Uma vez sanitizado o Porsche, somente o piloto terá permissão de entrar e manusear qualquer parte interna do carro.

O estafe da categoria foi treinado a manter o máximo distanciamento social dentro dos boxes. Somente o piloto poderá tocar em seu equipamento pessoal como capacete, hans, luvas, balaclava etc.

Outras medidas como a oferta abundante de álcool gel em pontos estratégicos do autódromo, distanciamento social de pelo menos dois metros entre as pessoas e obrigatoriedade do uso de equipamentos de proteção como máscaras também foram adotadas.

Na primeira etapa da temporada, em março, a organização adotou diversos procedimentos de segurança, mas foi surpreendida na noite de sexta-feira com o veto para eventos para mais de 500 pessoas a partir do dia seguinte e, com isso, forçada a fazer contato com cada comprador de ingresso, convidados de patrocinadores e jornalistas credenciados para não irem a Interlagos no sábado.

Para o desenvolvimento dos protocolos e procedimentos, a Porsche Cup contou com a assessoria exclusiva de Dino Altmann, Diretor Médico do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, Presidente da Comissão Médica da Confederação Brasileira de Automobilismo e Vice-Presidente da Comissão Médica da FIA e Membro do Grupo de Especialistas da Faculdade de Medicina do Instituto FIA.

PARCEIROS