Perfil Piloto – Luca Seripieri: a nova geração vencedora da Porsche Cup Brasil

Jovem piloto ganhou títulos em todas as suas temporadas completas na Porsche Cup Brasil.

Luca Seripieri, apesar da pouca idade, já tem um currículo no automobilismo de fazer inveja em muitos veteranos que estão nas pistas há muito mais tempo do que o jovem piloto tem de vida. Campeão em 2019 da Endurance Series, junto com Alan Hellmeister, além de vencer títulos em todos os anos que correu a temporada completa na Porsche Cup, Luca não esconde o seu gosto e talento especialmente para as provas de longa duração.

“Gosto muito dessa ideia de estratégia que envolvem as provas de longa duração, de entender o consumo do carro, tanto de pneus, quanto de combustível. Saber bolar a hora certa de adiantar ou atrasar um pit-stop ou até mesmo qual piloto larga e qual fecha a corrida, acho isso incrível”.

Seripieri destacou também outro motivo de preferir as provas de longa duração. Segundo ele, ganhar em equipe é muito mais “gostoso” do que ganhar sozinho. “Você sai do carro e tem seu parceiro, seus engenheiros e todo o time para comemorar junto! É muito gostoso isso!”.

Desde pequeno, Seripieri sempre foi fissurado nos esportes. Desde o futebol no colégio, passando pelo kart aos finais de semana até os esportes mais radicais possíveis, como paraquedismo e bungee jump e esportes de inverno, ski e snowboard. O clima de competição e a adrenalina que envolve a prática de esportes em nível competitivo faz parte da vida dele desde muito cedo.

“Se eu passo mais de uma semana sem fazer nada relacionado a esportes ou treinos, sinto como se estivesse faltando um pedaço de mim, então essa rotina já faz parte da minha vida, tanto para me manter preparado para as pistas quanto para minha vida cotidiana”.

O automobilismo entrou na sua vida como uma brincadeira com o kart quando pequeno, mas por muito tempo acabou ficando distante de seu dia a dia, um acidente quando criança deixou um trauma que o afastou das pistas.

A volta a pilotar atrás de um carro de corrida foi em 2016, já na Porsche Cup, quando realizou algumas corridas para conhecer a categoria e tirar sua licença de piloto.

Luca também é muito ligado no mundo musical, praticante de bateria até os dias atuais, já se aventurou em aulas de piano, além de ter participado por um tempo da banda da sua escola. Segundo ele: “música aqui em casa é 24h por dia rolando”.

Quem pensa que a vida de Seripieri é só adrenalina está enganado. Uma das suas maiores paixões fora das pistas de corrida é a pesca.

Luca foi ensinado a gostar de pescar desde pequeno. “Uma parte da minha família é muito ligada a pesca! Antes mesmo de aprender a falar, já tinham me ensinado a pescar” disse Luca lembrando dos momentos de pesca que teve com seu avô, que para ele é uma das principais companhias da sua vida.

“Se eu passar de 13 a 15 horas pescando por dia, não vou nem sentir o horário passar! É uma coisa que realmente faz parte da minha vida”.

Seripieri se considera um cara super família, que gosta de estar com seus familiares sempre que possível e curtir a companhia deles quando não está envolvido com estudos e automobilismo. Além da família, sua outra grande companhia é seu cachorro que o acompanha fora das pistas.

Além da pesca, hoje Luca faz faculdade em busca de realizar seus sonhos pessoais e profissionais no futuro, poder trabalhar e conquistar sua independência.

Voltando a falar das pistas, a grande inspiração de Seripieri é seu amigo e companheiro das provas de Endurance, Alan Hellmeister. Os dois foram campeões juntos em 2019 da Endurance Series da Porsche Cup, Luca foi o grande parceiro de Alan após ele retornar às pistas depois do acidente que sofreu em 2018.

Fã confesso das corridas de longa duração, ele sonha em um dia competir e ganhar as consideradas “majors” das provas longas: 24h de Spa, as 24h de Nurburgring, Daytona, Le Mans. Mas, além dessas corridas consagradas no calendário do automobilismo, Luca sonha em um dia poder se tornar piloto de fábrica de alguma grande montadora. Porém seu primeiro passo para realizar esses sonhos é de começar a correr em categorias internacionais também.

Ansioso para acelerar de novo quando os motores voltarem a roncar, Luca mantém o contato com o automobilismo por meio dos simuladores de corrida. O piloto tem passado boa parte de suas semanas treinando no virtual para poder voltar preparado quando as atividades da Cup voltarem a acontecer.

PARCEIROS