Perfil do Piloto: Conheça um pouco mais sobre Zeca Feffer

O ano de 2019 marcou a volta de um velho conhecido para o grid da Porsche Cup, Zeca Feffer. Depois de cerca de 6 anos afastado dos carros de competição mais produzidos do planeta, Zeca está de volta.

Apesar da pouca idade, a bagagem nas pistas é de invejar qualquer piloto. Começou lá no ano de 2008, com 14 anos, incentivado pelo pai, correndo de kart, onde disputou os campeonatos Paulista e Brasileiro, além do Paulista light da modalidade.

O ano seguinte foi de chegada nas categorias de monoposto, Zeca partiu para a Fórmula Renault Light em 2009. Em 2010 foi a vez de correr na Itália, pela Fórmula Abarth.

A estreia nos carros de competição mais produzidos do planeta aconteceu em 2011, ano da mudança dos carros de Fórmula para os carros de turismo. Em 2012 correu mais uma vez na Porsche Cup.

Por questões pessoais os motores foram silenciados ao fim de 2012 na Porsche, em 2014 o automobilismo deixou de estar no dia a dia de Zeca.

Após muito tempo afastado das pistas, em conversa com seu amigo e coach Ruben Carrapatoso, campeão mundial de Kart, ele resolveu voltar para as pistas da Porsche Cup em 2019. Na visão de Ruben: “a decisão mais acertada que Zeca tomou nos últimos 10 anos” em tom de brincadeira.

Depois de muito tempo parado, voltar as pistas foi praticamente “começar do zero” até se reacostumar com o carro, com os reflexos e tomadas de decisão e o ritmo das competições de automobilismo. 2019 foi um ano de recomeço na carreira de Zeca nas pistas.

Fã de Ayrton Senna, Zeca sonha em ter conquistas importantes na Cup, tanto nas provas de Sprint quanto no Endurance. Outro sonho dele é um dia participar da lendária prova das 24H de Le Mans, onde a Porsche é a maior vencedora da história da corrida.

Fora das Pistas, Zeca é praticante de alguns esportes como ciclismo, musculação e corrida. A bicicleta e os tênis de corrida são os hobbies preferidos do piloto quando não está trabalhando ou sentado atrás do volante do Porsche #18. Ele é apreciador de Hip Hop e House nas músicas.

Muitos anos de automobilismo trouxeram alguns momentos marcantes para ele nas pistas, um dos que mais marcou ele foi a perda da primeira posição da corrida na volta final durante a abertura da temporada 2020, em Interlagos.

Carrapatoso acredita que o futuro no automobilismo ainda reserva boas histórias e muitas vitórias para seu amigo e “aluno” Zeca Feffer.

PARCEIROS