Garanta Seu Ingresso

Novos carros da Porsche Cup C6 Bank Mastercard fazem primeiro teste coletivo em Interlagos

Carrera Cup manda 26 carros da geração 992 e é aclamado pelos pilotos

Mais um capítulo da formidável história da Porsche Cup C6 Bank Mastercard começou a ser escrito nesta sexta-feira em Interlagos.

Pela primeira vez os 26 novos carros da geração 992 foram para a pista. Os competidores da Carrera Cup tiveram o privilégio de acelerar modelos da versão mais recente dos carros de corrida mais produzidos no planeta que nunca haviam andado antes.

A jornada começou com um shakedown, em que os pilotos não puderam passar dos 200 km/h para assentar as pastilhas e discos de freio.

Mais tarde, liberados para acelerar à vontade, eles puderam desfrutar de uma máquina mais potente e com estimativa de 1,5% de ganho de performance em relação aos Porsche 911 GT3 Cup da geração 991/2.

Neste sábado eles voltam à ação, para mais um dia inteiro de testes.

Depois voltam a acelerar em Goiânia, já para os treinos livres da etapa de abertura do campeonato, marcada para o primeiro fim de semana de abril.

Além da estreia do 992 e do primeiro evento oficial da categoria sob naming rights de C6 Bank Mastercard, a atividade desta sexta-feira foi a primeira com a nova nomenclatura das categorias do maior evento de Gran Turismo da América Latina.

A divisão profissional, com os novos carros, segue sendo chamada de Carrera Cup. Já a antiga GT3 Cup, por alinhamento global em todas as categorias monomarca da Porsche, agora passa a se chamar Sprint Challenge.

O que eles disseram:

“O dia ocorreu perfeitamente como a gente esperava, é um dia de shakedown, para acharmos os probleminhas que aparecem em um carro recém-fabricado, mas todos eles andaram bem! Já temos alguns procedimentos padrões para fazer que já estavam previstos pela fábrica. O feedback dos pilotos foi muito bom, todos gostaram muito do carro e colaboraram muito com o amaciamento do equipamento. O dia de hoje foi bom para conhecer o carro sem a pressão de estar em um fim de semana de corrida, então foi produtivo para toda a equipe. Já estávamos com um modelo desde o ano passado para trabalharmos em cima, agora a equipe toda, os 150 profissionais tiveram o primeiro contato prático hoje em Interlagos. Foi um dia positivo, onde todos os carros funcionaram bem. Os pilotos gostaram muito e os mecânicos e engenheiros aprendendo cada dia mais do carro. Amanhã vai ser um dia de buscar novos limites e entender ainda mais do carro. Missão cumprida com esse primeiro dia e isso me deixou muito feliz.”
Dener Pires

“O carro é incrível, não achei que fosse sentir tanta diferença em relação a geração passada. Quando vi a ficha técnica, achei que a principal diferença seria na potência. Mas, acabei sentido outras diferenças ainda maiores que os 25 cavalos que o 992 tem de vantagem para a geração antiga. As ações de frenagem e comportamento do carro me marcaram muito. Agora temos que estudar para aprender a tirar o máximo que a máquina tem para entregar.”
Pedro Aguiar

“Eu estou ‘de cara’ com o carro, ele é incrível e foi um salto gigantesco da geração passada para o 992. Tivemos um dia muito proveitoso aqui em Interlagos, consegui me adaptar bem ao carro e bem rápido. Os favoritismos que tínhamos até o ano passado se igualaram um pouco e temos a chance de ver novos favoritos na categoria. O grande diferencial para mim foi a diferença no comportamento no contorno de curvas e na aerodinâmica do carro.”
Enzo Elias

“Foi um dia extremamente positivo, testamos muitas coisas novas nesse carro. 80% do aprendizado é rápido, mas tem 20% que vão ser mais trabalhosos e vamos precisar de mais tempo para conhecer tudo que o carro pode entregar. As regulagens de asa são bem mais extensas e precisamos testar a maioria das possibilidades nesses dois dias.”
Miguel Paludo

“O carro é muito bom, bem diferente do carro do ano passado. A principal diferença que senti foi no freio e na parte eletrônica. Foi a principal coisa para mim nesse carro. chegamos ao fim da reta perto dos 260 km/h e frear na placa de 50m. Essa evolução foi marcante. Além disso tem mais pressão aerodinâmica e o volante é bem mais direto nas ações.”
Werner Neugebauer

“Vindo do 3.8 a diferença é ainda maior para o 992. A diferença em guiada é gritante, um carro muito forte, com ABS e tudo mais. Preciso adaptar a guiada do carro novo pois é muito diferente do carro antigo.”
Lucas Salles

“A experiência é fantástica de pegar um carro zero e praticamente tirar ele da caixa é gratificante. Chegar do 3.8 e vir para um carro completamente novo é algo desafiador, um carro muito tecnológico, com muitas diferenças do modelo antigo. Estou tendo minhas dificuldades, principalmente em relação a frenagem do carro, pois esse tem ABS e o antigo não. Agora é entender essas diferenças e me adaptar o mais rápido possível.”
Nelson Monteiro

“Andar em uma pista que você conhece, com um carro completamente novo é muito diferente. Você consegue comparar as reações com o modelo antigo e ficar ainda mais impressionado com o novo. Em todas as voltas que eu dei hoje, frear nos 50m no fim da reta era gratificante toda vez.”
Eduardo Menossi

“Foi uma sensação de realização enorme colocar um carro zero como o 992 na pista. Sou apaixonado pela Porsche desde muito cedo, então passou uma boa parte da minha história na cabeça nos primeiros momentos. Depois de dar umas 20 voltas, as cobranças antigas voltam a pauta e o desempenho passa a ser o principal foco.”
Rodrigo Mello

PARCEIROS