Lance a Lance: Confira nos detalhes a Prova 2 da Carrera Cup

Marçal Müller fez uma grande largada saltando de quarto para a liderança. Enzo Elias seguiu o piloto do carro #544 e assumiu logo o segundo lugar. O pole Cristiano Piquet caiu para terceiro, à frente de Pedro Boesel, Matheus Iorio e Alceu Feldmann. Werner Neugebauer vinha em sétimo, com Paludo em oitavo.

Na administração de espaço na largada Nelson Marcondes acabou espremido para a grama pelo lado direito da reta, Sylvio de Barros pela esquerda. Com o pelotão em busca de posicionamento, Eduardo Azevedo, Georgios Frangulis e Marcondes acabaram se enroscando e foram forçados a se retirar.

Na quinta volta Boesel passou Piquet, manobra repetida por Iorio no fim da reta na abertura do giro seguinte. Na mesma balada, Paludo ultrapassou Neugebauer, que, por sua vez, deu o troco duas curvas depois.

Feldmann superou Piquet no fim da reta na abertura da volta 7. Logo atrás, Paludo e Neugebauer vinham colados lutando por cada palmo de asfalto no Velocitta.

Pela classe Trophy, em 11º no geral, o líder era Sylvio de Barros. O competidor do carro #5 tinha 0.312 de vantagem sobre Renan Pizii, autor da maior escalada do início da prova, largando de último para o 12º lugar.

Na 13ª volta, Matheus Iorio partiu decidido para ataque sobre Boesel. Feldmann aproveitou para se aproximar da disputa. A seguir Paludo tentava induzir Werner a erro mudando as linhas na tomada da curva de entrada da reta principal. Mas, na prática, o pelotão manteve a ordem que apresentava desde as voltas iniciais: Marçal, Enzo, Boesel, Iorio, Feldmann, Piquet, Werner e Paludo.

No pelotão intermediário, Francisco Lara conseguiu ultrapassar Francisco Horta. Mas Eloi Khouri acabou deixando os dois para trás duas voltas depois, para assumir o 14º lugar.

Urubatan Junior, por sua vez, superou Sylvio de Barros para conquistar o 11º posto e a liderança na classe Trophy.

Müller foi o primeiro a ver a quadriculada no Velocitta, com Enzo, Boesel, Iorio e Feldmann completando o pódio. Piquet caiu para oitavo nas duas últimas voltas, mas garantiu a vitória na classe Sport. Urubatan confirmou o triunfo na Trophy com o 11º no geral.

PARCEIROS