Danilo Gentili ganha carona de Caio Castro no Porsche #22 e cita “experiência para a vida”

Apresentador do programa “The Noite” sentiu na pele a adrenalina dos pilotos da Porsche Cup Brasil

Em meio aos preparativos para a primeira rodada tripla da Porsche Cup em 2020, um rosto conhecido do público andava nos boxes de Interlagos. Era nada menos do que Danilo Gentili, apresentador do programa “The Noite” do canal SBT.

Ele foi ao principal palco do automobilismo nacional com um propósito: acelerar junto com Caio Castro nos carros de competição mais fabricados do planeta.

Caio, que vem treinando para fazer sua estreia na Cup na temporada de 2021, deu uma carona para o apresentador ao longo dos 4.309m do autódromo de Interlagos

Fã de Nelson Piquet, Danilo Gentili descreveu a experiência como “única” e que ele levará para a vida inteira, sendo uma sensação completamente diferente das experiências anteriores que ele havia tido jogando aos jogos de vídeo game de corrida.

“Foi uma adrenalina enorme, parecia que eu estava jogando vídeo game, mas na vida real. Dentro dos simuladores de corrida não da medo nenhum, pois você tem ‘mais de uma vida’ e aqui é uma só! Ainda bem que o Caio sabia muito bem o que estava fazendo” disse o apresentador em tom de brincadeira ele ainda completou que Caio Castro só comentou sobre a segurança do 911 GT3 Cup depois deles acelerarem por algumas voltas em Interlagos.

“Só depois de sairmos do carro que o Caio me falou que o Porsche é um dos carros mais seguros do mundo, em especial esse modelo.”

O humorista comentou que sua relação com a velocidade vem desde muito pequeno. “Todo garoto sonha em ser piloto de automobilismo um dia, quando era menor eu tinha um Porsche de brinquedo e também um autorama do Nelson Piquet. Todos nós sonhamos em chegar um dia onde o Caio chegou de poder pilotar um carro desses na pista.”

Quando questionado sobre seus grandes ídolos no esporte a motor, Danilo citou dois personagens marcantes do automobilismo nacional: Nelson Piquet e Emerson Fittipaldi. Tanto o tricampeão como o bicampeão mundial de Fórmula 1 foram lembrados pelo apresentador pelo talento atrás do volante, mas também pela autenticidade que ambos apresentavam nas entrevistas. Ele também citou que Emerson foi um dos grandes responsáveis pela disseminação do automobilismo no país e também por “abrir as portas” para os pilotos nacionais desbravarem as pistas ao redor do mundo.

Ao ser questionado se sentaria atrás do volante dos carros de competição mais fabricados do planeta, Gentili brincou: “O Porsche é o carro mais seguro do mundo, mas eu não tenho toda essa segurança. Não me garanto pilotando um carro desses.”

PARCEIROS