2021, um ano de desafios intensos

Mais uma temporada da Porsche XP Private Cup começou com o desafio de realizar um evento em meio a uma pandemia. Os desafios enfrentados em 2020 voltaram em 2021 e novamente a categoria teve de se desdobrar para entregar aos pilotos, fãs e patrocinadores o calendário completo.

“Ano começa de novo bem difícil, mas que pudemos iniciar com a chegada da XP Private com o naming rights da categoria. Achamos que a pandemia havia sido superada, mas fomos surpreendidos novamente. A vantagem é que sabíamos lidar com ela, mas não deixa de ser um drama, pois represamos em 20 para desaguar em 21 e não foi possível. Novamente trabalhamos com incerteza, dificuldade de logística de peça tanto para fabricação na Alemanha quanto para entrega aqui. Etapas que se apertaram e como uma estrutura monogestão tivemos que adaptar. Efeito compressão gera muito stress, mas novamente a equipe conseguiu entregar tudo. Importante que nem em 20 nem em 21 fizemos nenhuma demissão de funcionário ou colaborador ou terceirizado. Conseguimos arrumar a casa sem deixar ninguém na mão e até conseguimos gerar mais postos de trabalho. Felizmente não tivemos nenhum caso grave de covid e isso movimentando 350 pessoas por evento no mínimo.”

Novos patrocinadores chegaram para apoiar o ano da categoria, a já citada XP Private assumiu os naming rights logo na primeira etapa do ano, ao longo do percurso a Newon entrou como patrocinadora e estave presente no auxílio médico, caso fosse necessário. Novamente não tivemos nenhum acidente grave a ponto de termos que levar o piloto ao hospital, comprovando ainda mais a segurança dos carros da Porsche. Outras grandes marcas mundiais chegaram para somar ainda mais em nossa categoria. BR Podium virou nossa fornecedora oficial de combustível, enchendo o tanque de todos os nossos carros com a gasolina premium. Já a Mobil, parceira global da Porsche esteve ainda mais presente em nossa jornada durante 2021.

Se fora das pistas a Porsche XP Private Cup foi um sucesso, dentro delas a temporada foi digna de entrar para a história da categoria. Em todos os eventos os grids estiveram com sua capacidade máxima, tanto na Sprint, nos carros da Carrera e da GT3, quando na Endurance Series. Enzo Elias, nosso piloto regular mais jovem e o campeão mais jovem na história da Porsche Cup ao redor do mundo, viajou à Europa para disputar o Junior Programm e representou nossa bandeira com muito talento.

Novamente fomos pioneiros dentro das pistas, depois de ser a primeira Porsche Cup no mundo a adotar o formato de corridas de Endurance, trouxemos para o fim de semana mais importante do ano, de Grande Prêmio de Fórmula 1, onde somos o evento suporte oficial desde 2005, a OAKBERRY All-Star Race. Corrida que presenteou a dupla ganhadora com um 718 Spyder zero e foi um sucesso.

“No campo de inovação um salto gigante, que foi a corrida All-Star. Não estava nos planos do calendário, mas vinha gestando essa ideia há 4 anos pelo menos, e realizamos no evento correto, com as pessoas corretas e na melhor hora, o que foi um sucesso também, imediatamente encampado pela OAKBERRY, nossa patrocinadora há algum tempo e parceira de primeira hora.” disse Dener Pires.

Depois de quase dois anos sem receber o público, a decisão da Endurance abriu os portões novamente para os fãs em Interlagos e junto com ele também retornou o Sportscar Together Day, que reuniu em 2021 nada menos do que 727 carros da Porsche em Interlagos.

Entregamos a temporada atual, mas já estamos pensando no próximo ano. Chegada de um novo carro, retomada da perna Internacional da Porsche Cup e mais recordes sendo quebrados com o 992 acelerando nas pistas brasileiras.

PARCEIROS