Garanta Seu Ingresso

100% de aproveitamento no 992

A temporada da Porsche Cup Brasil trouxe a chegada dos novíssimos GT3 Cup da geração 992, uma novidade para todos os pilotos do grid e para a categoria em si, que recebeu um carro novo para entender e desenvolver o melhor setup possível para seus pilotos.

Toda novidade exige uma certa adaptação, e, com um carro que revolucionou os carros de competição mais produzidos do planeta não seria diferente. Com os pilotos ainda se encontrando com as novas possibilidades de acerto de carro, dois deles tem se destacado e subiram ao pódio nas quatro corridas que tivemos: Marçal Müller e Chris Hahn.

Atualmente líder e vice-líder do campeonato, os pilotos mostraram boa adaptação ao carro. Müller venceu a primeira prova no carro novo, completando um Grand-Chelem em Goiânia na abertura da temporada e quase completou a etapa perfeita ao subir no segundo lugar do pódio naquela ocasião. O vencedor foi Chris Hahn, que retornava à categoria depois de dois anos fora.

Segunda jornada e os carros de competição mais produzidos do planeta desembarcaram no Velocitta para mais duas corridas. Müller e Hahn novamente mostraram que estão com a mão boa no 992 e subiram nos dois pódios da etapa. Marçal foi quinto na primeira corrida e segundo na prova de domingo, já Hahn quarto no sábado e terceiro no domingo.

“O carro melhorou como um todo, não tem um aspecto que ele deixou a desejar em relação ao 991.2. O Fato do carro ser mais preciso como um todo, nas frenagens, no contorno das curvas e troca de marchas, isso facilitou muito nossa adaptação.” disse Marçal.

O piloto do #544 mostrou bom domínio de todas as melhorias que o novo modelo trouxe e se adaptou rapidamente ao 992.

Muller já mostrou que consegue se adaptar rapidamente aos desafios impostos. Na temporada de 2021, enquanto corria pela Carrera Cup nas etapas de Sprint, teve um desafio junto com Matheus Iorio na então GT3 Cup, com os 3.8. O piloto que já havia sido campeão na primeira geração do 991 se readaptou rapidamente ao carro e venceu junto com Iorio em Goiânia.

O piloto passou pela adaptação ao 992 também em Goiânia, onde se sagrou o primeiro vencedor da nova geração de carros de competição mais produzidos do planeta. Para a jornada do Velocitta, encontrou um novo desafio em relação ao carro, que foi para pista com o sistema de ABS desligado, fazendo com que os pilotos encarassem um desafio extra na segunda etapa da temporada.

PARCEIROS