Garanta Seu Ingresso

Porsche Cup: Ricardo Rosset e Ricardo Baptista vencem no Velo Città, Rosset amplia liderança no campeonato

Ricardo Rosset e Ricardo Baptista se isolaram nos dois primeiros lugares do campeonato da Porsche Cup ao vencerem as provas 13 e 14 da temporada, realizadas neste sábado no Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). Líder e vice-líder chegarão separados por apenas 15 pontos à penúltima etapa da temporada, que será realizada no dia 24 de novembro em Interlagos, como preliminar do GP do Brasil de Fórmula 1.

Baptista, pole position no treino classificatório que definiu o grid da prova 13, aproveitou bem a vantagem da posição de largada e liderou a prova de ponta a ponta, sem sofrer ameaças. Ele partiu na frente e deixou para trás a disputa pelo segundo lugar entre Marcel Visconde, Ricardo Rosset, Constantino Júnior e Luiz Clemente Lunardi. Constantino ultrapassou Rosset na quinta volta e, na tentativa de ultrapassar Marcel, acabou tocando no adversário. Marcel rodou e caiu para sexto, logo atrás de Pedro Queirolo. Com os três primeiros lugares definidos, a atração da prova passou a ser a luta pelo quarto lugar. A três voltas do final, Queirolo e Marcel ultrapassaram Lunardi, que tinha uma pane no câmbio, e na reta final Marcel conseguiu ganhar a posição pela diferença de 13 milésimos de segundo.

Depois da corrida, a direção de prova anunciou uma punição a Constantino, acrescentando 20 segundos a seu tempo de prova por considerá-lo culpado pelo toque com Marcel. Com isso, Constantino caiu para terceiro, atrás de Rosset – que levou uma advertência por ter encostado em Marcel nas primeiras voltas da corrida.

Gui Affonso, oitavo colocado, ganhou o direito de largar na pole position na prova 14, realizada horas mais tarde. Ele manteve a liderança após a largada, mas logo depois foi superado por Lunardi. Rosset, sétimo no grid, pulou para terceiro após a largada e logo em seguida ultrapassou Affonso, assumindo o segundo lugar. Passou a perseguir Lunardi e enfrentou um problema inusitado: a vigia traseira, feita em plástico rígido, soltou-se e caiu em plena reta. O incidente não afetou o rendimento do carro: Rosset ultrapassou Lunardi após cinco voltas e rumou para a vitória. Queirolo e Marcel repetiram a disputa da primeira corrida, desta vez lutando pelo terceiro lugar. E mais uma vez Marcel levou a melhor, beneficiando-se da rodada de Queirolo na penúltima volta. Ricardo Baptista terminou em quarto, resultado excelente considerando que não conseguiu ganhar posições na largada (ele saiu em oitavo) e ainda se atrasou ao sair da pista. Queirolo terminou em quinto e Affonso em sexto.

Na classe Master, Clemente Lunardi ficou com a vitória nas duas corridas. Maurizio Billi, mesmo enfrentando problemas, permanece na liderança do campeonato, agora com apenas seis pontos de vantagem sobre Guilherme Figueirôa.

Declarações dos vencedores
Ricardo Baptista, vencedor da prova 13: “Estava muito quente na pista e dentro do carro. Era importante abrir distância no começo da corrida para poder poupar equipamento no final. Consegui isso e a disputa pelo segundo lugar me ajudou a abrir distância. Esta pista é muito técnica e uma das maiores dificuldades é controlar o desgaste do equipamento. Minha tática foi poupar material. E deu certo”.

Ricardo Rosset, vencedor da prova 14: “Foi um final de semana muito bom em termos de campeonato. Foi possível ter um alívio e abrir um pouco mais em relação ao Ricardo Baptista. O campeonato será disputado ponto a ponto até o final. Nesta segunda prova, era fundamental largar bem e consegui. Tinha o Lunardi a minha frente e havia estilhaços no chão. Tentei passá-lo na reta e não deu. Arrisquei furar um pneu para ultrapassá-lo e deu certo”.

Porsche Cup – prova 13
1) 27-Ricardo Baptista, 17 voltas em 28:16.870, média de 123,708 km/h
2) 88-Ricardo Rosset, a 4.400
3) 0-Constantino Junior, a 24.026 (punido em 20 s)
4) 15-Marcel Visconde, a 28.363
5) 13-Pedro Queirolo, a 28.376
6) 7-Clemente Lunardi (M), a 29.336
7) 9-Guilherme Figueiroa (M), a 30.089
8) 4-Gui Affonso (M), a 31.790
9) 89-Daniel Paludo, a 35.305
10) 52-Roberto Posses (M), a 39.382
11) 10-Adalberto Baptista, a 40.074
12) 34-Maurizio Billi (M), a 40.702
13) 36-Charles Reed (M), a 50.949
14) 11-Omilton Visconde (M), a 1:02.686
15) 63-Sergio Ribas (M), a 5 voltas
Melhor Volta: Ricardo Baptista, 1:38.772, média de 125,015 km/h

Porsche Cup – prova 14
1) 88-Ricardo Rosset, 17 voltas em 28:17.700, média de 123,647 km/h
2) 7-Clemente Lunardi (M), a 2.188
3) 15-Marcel Visconde, a 13.985
4) 27-Ricardo Baptista, a 17.242
5) 13-Pedro Queirolo, a 18.339
6) 4-Gui Affonso (M), a 26.550
7) 10-Adalberto Baptista, a 39.715
8) 9-Guilherme Figueiroa (M), a 45.793
9) 52-Roberto Posses (M), a 49.320
10) 11-Omilton Visconde (M), a 59.657
11) 34-Maurizio Billi (M), a 1 volta
12) 36-Charles Reed (M), a 1 volta
13) 89-Daniel Paludo, a 15 voltas
14) 0-Constantino Junior, a 15 voltas
15) 63-Sérgio Ribas, a 17 voltas
Melhor Volta: Ricardo Rosset, 1:38.734, média de 125,063 km/h

Classificação da Porsche Cup após 14 provas
1) Ricardo Rosset, 210 pontos; 2) Ricardo Baptista, 197; 3) Constantino Júnior, 148; 4) Pedro Queirolo, 142; 5) Marcel Visconde, 142; 6) Maurizio Billi, 126; 7) Daniel Paludo, 109; 8) Clemente Lunardi, 102; 9) Tom Valle, 96; 10) Guilherme Figueirôa, 95; 11) Adalberto Baptista, 87; 12) Roberto Posses, 79; 13) Fábio Viscardi, 76; 14) Sylvio de Barros, 66; 15) Sérgio Ribas, 62; 16) Marcelo Franco, 56; 17) Gui Affonso, 56; 18) Charles Reed, 32; 19) Omilton Visconde Júnior, 24; 20) Carlos Falletti, 8; 21) Alan Turres, 8; 22) Vanuê Faria, 6; 23) Cléber Faria, 6; 24) Valter Rossete, 3.

PARCEIROS