Garanta Seu Ingresso

Velopark tem as estreias de Vitor Scheid e Zeca Feffer

A Porsche Challenge terá as estreias de dois pilotos neste sábado no Velopark. Vítor Scheid e Zeca Feffer definiram suas participações na semana da prova. Ambos têm boa experiência no kart, sendo que Scheid faz sua estreia com automóveis e Feffer correrá com os Porsche 911 GT3 cup depois de uma temporada na Fórmula Abarth italiana.

Vitor Scheid, gaúcho de Três Pontas (24/11/1961), começou a correr de kart na década de 1980. Parou no final de 1984 e voltou à modalidade em 2001. Nos últimos dez anos, permaneceu ligado ao esporte acompanhando diversos pilotos e escolheu a Porsche Challenge para voltar às pistas. “Correr de Porsche é um sonho de infância”, explica. “Fiz alguns treinos com outros carros e achei o 911 GT3 Cup excelente de pilotar.”

Zeca Feffer será o piloto mais jovem a disputar uma prova do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil. Ele nasceu em São Paulo em 12 de junho de 1990 correrá com o mesmo carro que foi pilotado por Bernardo Parnes nas provas de abertura da Challenge, em Portugal. Zeca iniciou a carreira no kart, onde correu de 2003 a 2007, e no ano passado disputou a Fórmula Abarth italiana. Depois dos primeiros treinos com o Porsche, Feffer mostrou-se empolgado com a categoria: “O carro é muito bom de pilotar. Também achei a pista muito legal. Eu nunca havia andado aqui e gostei bastante do traçado”.

O grid de largada da Porsche Challenge será definido das 9:30 às 10:05 deste sábado. A largada da corrida acontecerá às 12:00, com transmissão ao vivo pelo Speed Channel (canal 97 da NET e 28 da Sky), com narração de Luc Monteiro.

A classificação do campeonato é a seguinte: 1) Gilberto Farah, 40; 2) Sylvio de Barros, 38; 3) Fernando Barci, 30; 4) Gui Affonso, 30; 5) Rodolfo Ometto Rolim, 28; 6) Edu Guedes, 26; 7) Amilcar Collares, 24; 8) Carlos Ambrósio, 23; 9) Sérgio Maggi, 18; 10) Johnny Freire, 17; 11) Marcelo Stallone, 16; 12) Paco Salcedo (México), 14; 13) Tommy Soubihé, 13; 14) Eduardo Azevedo, 12; 15) Carlos Silveira, 12; 16) Daniel Schneider, 9; 17) Jorge Borelli, 8; 18) Ludovico Pezzangora (Itália), 7; 19) Alan Turres, 7; 20) Armando Marracini, 6; 21) André Lara, 3; 22) Bernardo Parnes, 2; 23) Benny Lago, 1; 24) Paulo Moreno (Portugal) e Flávio Rietmann, sem pontos.

PARCEIROS