Garanta Seu Ingresso

Em estreia de gala da Porsche Império Carrera Cup, Marçal Müller sai de Curitiba na liderança com etapa quase perfeita

Sobrou adrenalina na abertura do campeonato 2018 dos carros de corrida mais produzidos no mundo, com a estreia dos carros 4.0 na Porsche Império Carrera Cup e na Porsche Império GT3 Cup.

Teve vitória de ponta a ponta, largadas espetaculares, estreantes subindo no alto do pódio, veteranos brigando de igual para igual com jovens prodígios e até um espetacular acidente com múltiplas capotagens do qual o piloto saiu ileso.

As corridas foram bastante movimentadas, mostrando que o campeonato promete muito na temporada.

Quem levou a melhor na nova Carrera Cup 4.0 foi Marçal Müller. Campeão da classe Challenge em 2017, ele estreou na principal divisão e colocou seu nome na história como o primeiro vencedor da categoria. Com o segundo lugar na corrida 2, Marçal lidera o campeonato após a primeira jornada de sprint.

A segunda vitória do dia na categoria profissional com os novos carros coube a Werner Neugebauer. Ele já havia brilhado na primeira prova, assumindo a liderança na largada e sustentando a dianteira durante boa parte da corrida –até sair da pista em incidente com Lico Kaesemodel. Conseguiu voltar ao traçado, escalou o pelotão até o quinto lugar e foi ao pódio com merecimento. Na corrida 2, largou da mesma posição e assumiu a dianteira antes da primeira curva, para levar o carro #8 até o fim em primeiro.

A Carrera Cup 3.8 mostrou muitos pegas e a nova geração acelerando forte. No fim do dia prevaleceram os dois primeiros colocados na seletiva do Junior Program: o panamenho Marcus Vario (vice-campeão da seletiva nacional) levou a primeira corrida, com Vitor Baptista (vencedor do programa) erguendo o troféu na segunda. Terceiro colocado no Junior Program, Marcel Coletta também impressionou, cravando a pole da primeira corrida –que precisou abandonar ao desviar da capotagem de Edu Azevedo no início da prova.

O competidor do carro #88 disputava com Miguel Paludo e teve seu carro calçado após contato na entrada do miolo. O bólido decolou a 164 km/h segundo dados da telemetria. Edu capotou oito vezes, inclusive sobre um guard rail. Foi resgatado conforme os preceitos de segurança da categoria e transferido ao hospital de referência após passar pelo centro médico. Ele ficaria a noite de sábado internado sob observação –conforme o procedimento padrão em acidentes desta natureza–, com previsão de alta para domingo.

Na Porsche Império GT3 Cup o nome do dia foi Sylvio de Barros: largou da pole na primeira corrida, liderou de ponta a ponta para vencer, rodou na largada da corrida 2, escalou o pelotão e venceu novamente com autoridade.

Outro piloto que prevaleceu nas duas corridas de sua divisão foi Fernando Fortes, na recém-lançada subdivisão Carrera Cup 3.8 Sport. Ensopado de champanhe no pódio, o competidor do carro #32 destacou mais que seus triunfos, o fato de ter acompanhado o ritmo dos jovens competidores e o desafio maior que a temporada 2018 lhe apresenta concorrendo com os novos prodígios das pistas brasileiras.

Já a classe de entrada, a GT3 Cup 3.8, coroou dois novos vencedores: Chico Horta bateu Paulo Totaro por 0s163 para ganhar a primeira prova; na segunda, deu Marco Billi. Mas a liderança é de Totaro, graças a dois segundos lugares.

A próxima reunião da Porsche Império Carrera Cup acontece em Interlagos, no dia 14 de abril.

PARCEIROS