Garanta Seu Ingresso

Com dois novos vencedores, Porsche GT3 Challenge vê campeonato embolar

Esteban Gini e Fábio Alves foram os grandes vencedores da quarta etapa da Porsche Challenge, disputada neste fim de semana no Velo Città (SP), que viu o campeonato embolar com apenas dois pontos separando os três primeiros colocados na tabela (Elias Azevedo, Fábio Alves e JP Mauro).

A primeira corrida viu o vencedor falar em castelhano. Logo em sua estreia na Porsche GT3 Challenge, o argentino Esteban Gini venceu partindo da pole position. Gini chegou a perder a ponta na largada para JP Mauro, mas recuperou a liderança na primeira curva para não mais perder. JP, por sua vez, buscou seguir o ritmo do argentino, mas não esperava a reação de Fábio Alves, que estava iluminado no fim. O piloto do carro #63 realizou uma belíssima ultrapassagem em JP restando um minuto para o fim e, caso a prova tivesse mais uma volta, poderia até ter passado Gini.

“Foi uma corrida difícil, mas as disputas dos carros atrás me ajudou a escapar. Mas no fim o segundo colocado chegou muito perto e foi bem difícil. Estou muito contente e impressionado, não esperava isso”, conta Esteban.

“Fui comboiando eles esperando um erro, aí o JP errou, evitamos o toque e consegui passar. Fui feliz na manobra e ele jogou limpo. Estou feliz! Estava com saudade do pódio”, destaca Fábio.

JP, por sua vez, não lamentou a derrota: pelo contrário, enalteceu o alto nível dos concorrentes e só não gostou do erro que lhe custou a segunda posição: “Cheguei a tomar a ponta na largada, mas o Gini estava por dentro e não tive como segurar. Caso tivesse sustentado a posição, o resultado seria diferente. Depois disso, cometi apenas um erro e o Fabio me passou. Ele guiou muito e está de parabéns.”

Já na classe Sport a emoção não ficou para trás: Rodrigo Mello fez uma apresentação espetacular para vencer após cair para último na confusão da largada que vitimou os pilotos Gonzalo Huerta e Cristiano Piquet, impondo uma recuperação fantástica para vencer com cerca de 20 segundos de vantagem sobre o segundo colocado da divisão de entrada, Paulo Pomelli. “Foi uma corrida muito, muito difícil. Larguei no meio do pelotão, fui espremido e caí para último, partindo pra cima com ousadia, pois nesta pista é difícil passar. No começo da corrida não imaginava esse resultado. Foi muito legal, animal!”

Na sequência, a prova que fechou a programação da quarta etapa da Porsche Challenge acabou se tornando uma das mais agitadas da temporada 2015. Acidentes, disputas, trocas de liderança, quebras, todos esses ingredientes foram essenciais para a primeira vitória de Fábio Alves no ano e quarta na carreira.

Com cautela e paciência, o piloto carioca começou em quarto lugar e foi contando com os problemas dos rivais: Elias Azevedo e JP Mauro se tocaram e tiveram de ir aos boxes com pneus furados, enquanto Cristiano Piquet quebrou quando tinha mais de quatro segundos de vantagem nas primeiras voltas. “Finalmente tive um fim de semana bom! A ira que eu trouxe de Cascavel me fez conseguir esses dois resultados muito bons para mim. Agora mais que nunca me sinto recompensado!”, disse o piloto do carro #63, que foi recebido por seus mecânicos com os gritos de “o campeão voltou!”.

Com a liderança nas mãos a partir da quinta passagem, o atual campeão mostrou por quê é o nome a ser batido neste ano e venceu com uma vantagem superior a cinco segundos para o chileno Gonzalo Huerta, o grande vencedor da Challenge Sport. “Estou bem feliz, pois não andei bem na primeira corrida, cometi pequenos erros e troquei de carro para a segunda. É o mesmo acerto, mas era outro carro. Andei bem, foi tudo perfeito, não cometi erros e fiquei feliz por ter sido muito bem tratado aqui em Mogi”, destaca Huerta.

Outros dois que andaram bem foram Ronaldo Kastropil e Marcio Mauro, que viram um acidente entre Paulo Pomelli e Daniel Corrêa separar o empolgante bolo de seis carros que disputavam as posições complementares. Enquanto Kastropil foi o quarto, Marcio Mauro acabou rodando e caindo para sétimo; já Tom Filho e Marcelo Franco completaram o pódio final da etapa.

Como resultado, Alves ficou a apenas um ponto do líder Elias Azevedo (111 a 110), com JP Mauro colado nos dois em terceiro, com 109 pontos. A próxima etapa da temporada 2015 está marcada para o dia 1 de agosto no autódromo de Goiânia.

“É muito legal ter um campeonato disputado assim”, afirmou Elias Azevedo. “Não foi meu melhor fim de semana no ano, mas é muito bom manter a ponta. Conversei com o JP Mauro depois da corrida e entendemos como toque de competição o contato entre nossos carros. O Fábio agora chegou para brigar pelo título e acredito que a disputa fique entre nós três. Não tenho dúvidas de que o título estará em boas mãos, seja com quem de nós ficar”, acrescentou o competidor do carro #21.

Na Challenge Sport, Tom Filho conseguiu abrir mais um pouco na liderança com a jornada no Velo Città. “Estou colocando meus ovinhos dentro da cesta… É importante pontuar sempre e foi o que fizemos aqui mais uma vez”, disse o dono do carro #19, que estreou um novo layout em Mogi Guaçu.

Resultado da prova 1:

1. Esteban Gini, 18 voltas em 28min01s712
2. Fábio Alves, a 0s561
3. JP Mauro, a 2s423
4. Ronaldo Kastropil, a 9s357
5. Elias Azevedo, a 9s442
6. Marcelo Franco, a 14s649
7. Rodrigo Mello (S), a 15s827
8. Eduardo SR, a 27s801
9. Paulo Pomelli (S), a 36s104
10. Daniel Corrêa (S), a 46s977
11. Marcio Mauro (S), a 48s212
12. Ramon Alcaraz (S), a 59s452
13. Marcelo Sarcinella (S), a 16 voltas
14. Gonzalo Huerta (S), a 17 voltas
15. Cristiano Piquet, a 18 voltas

Resultado da prova 2:

1. Fabio Alves, 17 voltas em 26min50s457
2. Gonzalo Huerta (S), a 3s391
3. Ronaldo Kastropil, a 4s491
4. Tom Filho (S), a 10s133
5. Marcelo Franco, a 13s898
6. Eduardo SR, a 20s201
7. Marcio Mauro (S), a 23s774
8. Ramon Alcaraz (S), a 24s821
9. Marcello Sarcinella (S), a 28s070
10. Paulo Pomelli (S), a 44s849
11. JP Mauro, a 1min06s348
12. Elias Azevedo, a 1min13s143

Classificação geral do campeonato após quatro etapas

1. Elias Azevedo, 111 pontos
2. Fabio Alves, 110
3. JP Mauro, 109
4. Cristiano Piquet, 76
5. Tom Filho, 72
6. Marcio Mauro, 65
7. Ramon Alcaraz, 57
8. Daniel Paludo, 55
9. Eduardo SR, 44
10. Daniel Corrêa, 43
11. Rodrigo Mello, 39
12. Gonzalo Huerta, 39
13. Vitor Scheid, 34
14. Marcello Sarcinella, 30
15. Ronaldo Kastropil, 30
16. Marcelo Franco, 22
17. Esteban Gini, 20
18. Kreis Jr., 14
19. Paulo Pomelli, 13
20. The Tonny, 6
21. Geraldo Piquet, 0

Classificação da classe Sport:

1. Tom Filho, 33 pontos
2. Rodrigo Mello, 24
3. Marcio Mauro, 23
4. Daniel Correa, 18
5. Ramon Alcaraz, 14
6. Gonzalo Huerta, 10
7. Vitor Scheid, 9
8. Marcelo Sarcinella, 9
9. The Tonny, 6
10. Paulo Pomelli, 3

PARCEIROS