Garanta Seu Ingresso

Challenge: Panamenho Marcus Vario faz prova memorável sob chuva e triunfa na preliminar do GP Brasil de F1; Cristiano Piquet é campeão

O campeonato de sprint da Porsche GT3 Cup Challenge terminou neste domingo com as preliminares do GP Brasil de F1 em Interlagos. Vitórias de Marcus Vario na classe Challenge e Eloi Khouri na Challenge Sport, enquanto Cristiano Piquet, com o quarto lugar na Challenge, ficou com a coroa da categoria. Já o chileno Gonzalo Huerta, que chegou à etapa empatado em pontos com Piquet, terminou em sétimo e ficou com o vice-campeonato.

Mas na classe Challenge quem assombrou Interlagos foi o ítalo-panamenho Marcus Vario. Ele largou em sétimo e não deu bola para a falta de visibilidade. Fez uma quarta volta memorável, iniciada em quarto lugar e terminada na ponta –passou Cristiano Piquet e Rodrigo Mello na primeira freada e assumiu a dianteira superando Otavio Mesquita por fora na subida do Café.

Após a realização da corrida da Challenge deste domingo, os comissários desportivos avaliaram diversos incidentes e impuseram uma penalização a Otavio Mesquita, alterando os resultados da classe Challenge.

Otavio levou 20s por atitude antidesportiva contra Rodrigo Mello e caiu de segundo para 11o. Com isso ficou com os mesmos 66 pontos de Eloi Khouri na classificação final, perdendo a quarta posição para o estreante nos critérios de desempate.

A última reunião do campeonato Sul-Americano da Porsche GT3 Cup Challenge acontece dentro de duas semanas, com a prova de 500 km que encerra o campeonato de endurance.

A corrida

A chuva determinou a adoção de safety-car para o início da prova. Depois de duas voltas com o carro de segurança, Otavio Mesquita assumiu a liderança passando o pole Rodrigo Mello. Cristiano Piquet era terceiro, enquanto seu concorrente direto pelo título, Gonzalo Huerta, perdia a oitava posição para Christian Hahn.

Mas o nome da prova era o panamenho Marcus Vario, que largou em sétimo e já vinha em quarto na volta 3. Na passagem seguinte ele desbancou tanto Cristiano Piquet quanto Rodrigo Mello na reta principal. Grudou em Mesquita no miolo e, na subida do Café, por fora, concretizou uma das ultrapassagens mais plásticas do fim de semana.

A manobra foi decisiva para o desfecho da corrida, já que na volta 5 o safety car foi acionado para remover o carro de Christian Hahn da área de escape do S do Senna.

A corrida relargou na volta 10, a duas do final. Em duelo pelo quinto lugar, Marcio Mauro passou reto no fim da reta, permitindo a entrada de Eloi Khouri no top5. Rodrigo Mello pressionou Mesquita até o final pela segunda posição, mas teve que se contentar com o terceiro.

Cristiano Piquet recebeu a bandeirada em quarto e ficou com o título. Khouri completou o pódio, vencendo também a prova extracampeonato na classe Sport.

Resultado

1. Marcus Vario
2. Rodrigo Mello
3. Cristiano Piquet
4. Eloi Khouri (S)
5. Daniel Paludo
6. Gonzalo Huerta
7. Luis Fernando Elias (S)
8. Marcio Mauro
9. Rouman Ziemkiewicz (S)
10. Christian Germano (S)
11. Otavio Mesquita
12. Fabian Gruccio (S)
13. Guillermo Caso (S)
14. Luca Seripieri (S)
15. Ramon Alcaraz (S)
16. Alejandro Pimentel (S)
17. Mauricio Salla (S)
18. Paulo Tavares (S)
19. Guilherme Reischl (S)
20. Christian Hahn

Campeonato (pontuação com descartes)

1 – Cristiano Piquet, 90
2 – Gonzalo Huerta, 86
3 – Daniel Paludo, 76
4 – Eloi Khouri, 66
5 – Otavio Mesquita, 66
6 – Rodrigo Mello, 50
7 – Christian Germano, 41
8 – Luiz Fernando Elias, 40
9 – Ramon Alcaraz, 34
10 – Márcio Mauro, 32
11 – Christian Hahn, 25
12 – Rouman Ziemkiewicz, 25
13 – Daniel Corrêa, 22
14 – Marcus Vario, 20
15 – Roberto Samed, 19
16 – Marçal Müller, 18
17 – Luiz Arruda, 18
18 – Maurício Salla, 18
19 – Dario Giustozzi, 16
20 – Tom Filho, 15
21 – Guilherme Reischl, 12
22 – Beto Leite, 10
23 – Rodolfo Toni, 6
24 – Juan Manuel Freddi, 4
25 – Fabián Gruccio, 4
26 – Guillermo Caso, 3
27 – Carlos Larrain, 2
28 – Luca Seripieri, 2
29 – João Lemos, 1
30 – Bob Borowicz, 1
31 – Alcides Amaral, 0
32 – Francisco Horta, 0
33 – Flavio Sampaio, 0
34 – Alejandro Pimentel, 0
35 – Paulo Tavares, 0

PARCEIROS