LANCE A LANCE CARRERA P3 – Confira o resumo da Prova 3 da Carrera Cup

Com a punição a JP Mauro e a inversão de oito posições no grid, o pole da segunda corrida foi Pedro Aguiar. Na largada, ele neutralizou o assédio de Miguel Paludo, e, com isso, o líder do campeonato caiu de segundo para quinto no fim da primeira volta. Christian Hahn vinha em segundo, à frente de Pedro Boesel e Lico Kaesemodel.

Na terceira volta o safety car foi acionado. A relargada foi dada na sétima volta, e Hahn tentou atacar Aguiar por fora, mas não conseguiu efetivar a manobra. Pedro Boesel acompanhou os dois, à frente de Kaesemodel e Paludo. Em décimo lugar, Rodolfo Toni liderava na classe Sport. Faltando oito minutos para o fim, Alceu Feldmann passou JP na tomada da curva 1 e subiu para oitavo. Logo à frente, Marçal Müller e Enzo Elias disputavam o sexto lugar.

Faltando seis minutos para a abertura da última volta, havia apenas quatro segundos separando o primeiro e o nono colocados, o que sinalizava um fim de prova bem disputado. Logo depois, Rouman Ziemkiewicz rodou na curva 3 e parou na caixa de brita, o que levou a direção de prova a acionar novamente o safety car.

A intervenção foi rápida, e a bandeira verde foi agitada a quatro minutos do fim. Na entrada do miolo, Alceu atacou Marçal, que chegou a colocar as rodas direitas na grama. Houve o contato, e os dois escaparam da pista. A menos de dois minutos da abertura da última volta, Aguiar, Hahn, Boesel, Kaesemodel, Paludo e Elias vinham colados na briga pelas seis primeiras posições. Toni seguia líder na Sport.

Na última volta, Aguiar abriu vantagem e consolidou a vitória de ponta a ponta, à frente de Hahn, Boesel, Kaesemodel e Paludo, que fecharam o pódio. Na classe Sport, Toni foi o vencedor, em oitavo no geral e, com cinco posições ganhas, foi o maior escalador na prova. Billi, Mello e Pizii completaram a prova na sequência.

PARCEIROS