Em dia de redenção, Werner Neugebauer supera Paludo e reencontra vitória na Carrera Cup 4.0; Billi fecha etapa perfeita com nova conquista na GT3 Cup 4.0

Segunda prova do dia da Carrera Cup 4.0 foi marcada por disputa entre Werner Neugebauer e Miguel Paludo pela ponta, e de Marçal Müller e Vitor Baptista envolvendo o campeonato. Com quarto lugar, Marcel Coletta encosta nos líderes da pontuação. Na GT3 Cup 4.0, Maurizio Billi vence novamente e vai à preliminar do GP Brasil de F1 com chances reais de título.

Com grid invertido entre os oito primeiros colocado da prova inicial, Eloi Khouri pulou na frente do pole position Maurizio Billi, e Werner Neugebauer e Miguel Paludo foram na carona para assumirem a segunda e a terceira colocações, respectivamente. Ainda na primeira volta, Billi foi ultrapassado por Ricardo Baptista e Marcel Coletta. Após largar em 13º, Vitor Baptista passou em 14º no fim da primeira volta.

Logo no começo, Neugebauer fez a ultrapassagem sobre Khouri, o mesmo acontecendo com Paludo na abertura da terceira volta. Nos minutos seguintes Ricardo Baptista, Marcel Coletta e Alceu Feldmann também passaram por Eloi para estabelecer o top5 que permaneceria até o fim da prova. Na GT3, Billi fazia a sua corrida e liderava seguido por Sylvio de Barros.

Faltando pouco mais de dez minutos para a bandeirada, Vitor encostou em Eloi Khouri e tentou ganhar o sétimo lugar, Enquanto isso, Paludo partia definitivamente para cima de Werner, mas sem encontrar o ponto ideal para tentar uma ultrapassagem.

Mais atrás, Feldmann passou Marçal Müller na Descida do Lago para tomar-lhe o sexto lugar. A oito minutos da bandeirada, Eloi tentou passar Marçal, mas os carros se chocaram, e Khouri foi para a grama, o que deu a sétima posição a Vitor.

Paludo seguiu na pressão, e a seis minutos da bandeirada deu uma taseirada no Laranjinha, quase saindo da pista, o que fez Neugebauer dar uma respirada. Na volta seguinte, Vitor Baptista encostou em Müller para tentar o quinto lugar. No último minuto, os dois tiveram uma disputa no “S” do Senna e houve um contato, com Marçal levando a pior.

Na frente, Werner seguiu ponteando, mantendo uma diferença superior a um segundo nas últimas voltas e conquistou a vitória à frente de Paludo, Ricardo Baptista, Marcel Coletta e Alceu Feldmann. Na GT3, Billi venceu com Sylvio de Barros em segundo, com Rodrigo Mello, Rouman Ziemkievicz e Dominique Teysseyre.

PARCEIROS