Porsche Cup revisa calendário para entrega integral da temporada 2020

Alinhada com autoridades desportivas e administradores de autódromos sobre o impacto e previsão do fim da quarentena, categoria remarca três etapas

No automobilismo nada é mais frustrante que não completar uma corrida.

Com base nesse princípio, a organização da Porsche Cup tem dedicado todos os seus esforços para entregar a pilotos, público e patrocinadores as nove etapas da temporada 2020 tal qual foram anunciadas.

Nesse sentido, desde a decretação compulsória da quarentena, a categoria cumpre à risca as determinações das autoridades públicas e desportivas: a etapa inaugural em Interlagos foi realizada com menos de 500 pessoas e fechada ao público, foi adotado regime de home office para todo estafe administrativo e promocional, folgas foram concedidas para o time de mecânica e engenharia e incentivos oferecidos aos pilotos para participarem da Corrida das Estrelas (competindo em simuladores e respeitando as normas de distanciamento social para conter a disseminação da pandemia).

Ao longo das últimas quatro semanas, a organização manteve contato permanente com autoridades desportivas e administradores de autódromos. O objetivo é avaliar as condições de retomada das atividades de pista e a promoção das oito etapas restantes na temporada 2020.

Foi necessário reformular o calendário original em dois pontos: a etapa prevista para 18 de abril em Goiânia foi adiada e a realização da etapa internacional dupla no Estoril substituída por duas reuniões em território nacional.

O adiamento de Goiânia se deve ao período de quarentena ainda vigente, tanto no Estado de São Paulo como no de Goiás -bem como à suspensão das corridas no Brasil decretada pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) por prazo indeterminado.

A troca da etapa internacional por duas em território nacional foi imposta pela incerteza sobre a retomada de voos internacionais e pautada pela preocupação com risco de contágio em virtude do deslocamento transatlântico de todo o estafe da categoria.

O calendário reformulado pode ainda sofrer novas alterações, conforme a evolução da crise sanitária e a reação de categorias como a F1 à retomada das atividades -uma vez que, via de regra, o autódromo de Interlagos é interditado para categorias nacionais meses antes da promoção do GP Brasil.

Mas em respeito aos seus pilotos, patrocinadores e ao público, para que todos possam se planejar e acompanhar as disputas dos carros de corrida mais produzidos no planeta, a Porsche Cup anuncia as datas em que pretende realizar as oito etapas restantes em 2020. As praças serão confirmadas ainda neste mês.

O que ele disse:

“Superada a preocupação em manter todos a salvo de contaminação, nossa principal prioridade é entregar aos pilotos, patrocinadores e torcedores as nove etapas do campeonato em 2020. É uma pena sacrificar a jornada internacional, uma vez que fomos tão bem recebidos no Estoril em 2019. Mas era a melhor solução, tanto que conseguimos manter as cinco datas do segundo semestre conforme nosso calendário original. Estamos em contato permanente com a CBA e as pistas, para anunciar ainda neste mês o palco de nossa próxima etapa”
Dener Pires, promotor da Porsche Cup

Nova versão preliminar do calendário da temporada 2020:

Etapa 2 – Sprint – 22 e 23 maio
Etapa 3 – Sprint – 19 e 20 de junho
Etapa 4 – Sprint – 24 e 25 de julho
Etapa 5 – Endurance – 14 e 15 de agosto (data original)
Etapa 6 – Sprint – 18 e 19 de setembro (data original)
Etapa 7 – Endurance – 23 e 24 de outubro (data original)
Etapa 8 – Sprint – 14 e 15 de novembro (data original)
Etapa 9 – Endurance – 28 e 29 de novembro (data original)

PARCEIROS