O que eles disseram: Confira os depoimentos dos protagonistas do Final de Semana

“A corrida hoje foi bem difícil. O clima não ajudou, fez muito calor na pista. No começo da prova ainda estava ok, mas o final estava muito difícil. Agora vamos comemorar com meu companheiro essa vitória.”
Guilherme Salas

“A sensação é incrível! Tivemos um pequeno incidente na última prova, tínhamos liderado 70% da prova lá no Velocitta, mas trabalhamos muito bem para essa corrida. Nossa estratégia foi muito boa, foi muito bacana, tanto que veio o resultado, então agora é comemorar! Já vim de ganhar uma última etapa na semana passada, e agora mais uma. A estratégia e o trabalho em equipe deram certo, conversávamos bastante em relação à estratégia. O conjunto é que somou o resultado.”
Pedro Aguiar

“Goiânia é minha segunda casa, talvez até seja a primeira. Essa pista me traz sempre bons resultados, chegar ao autódromo com confiança faz muita diferença na corrida. Quando me convidaram para andar com o Kreis eu sabia que tínhamos a possibilidade real de vencer. E poder disputar as vitórias é algo que me motiva muito, por isso não hesitei em aceitar esse convite em dividir o carro com o Kreis. Muito contente com essa vitória de hoje.”
Raphael Reis

“Estava muito quente durante a corrida, a temperatura variou muito durante toda a duração do final de semana. A equipe trabalhou muito bem para deixar o carro perfeito para conseguirmos essa vitória. Agradeço ao Raphinha que trouxe muita qualidade para a nossa dupla.”
Kreis Jr

“Foi uma boa jornada, estamos com três pontos de frente para o final em Interlagos. Tivemos a terceira posição no Velocitta e um segundo em Goiânia. Feliz por chegar em São Paulo com chances de título.”
Alceu Feldmann

“Estou feliz com o desempenho, uma pena não ter saído com a vitória na minha reestreia na Porsche Cup. Quero agradecer ao Dener e ao Alceu pelo convite de estar aqui e poder mostrar meu trabalho na pista. Não acelerava com esse carro desde 2015, aqui em Goiânia. Na outra oportunidade fiz a pole e terminei em terceiro. Estou contente com meus stints, eles foram bons, conseguimos assumir a liderança. faltaram menos de 3s para sair daqui vencedores. Nosso começo de corrida foi conturbado, perdemos posições na largada na cautela que a prova exige. Quero concretizar minha participação definitiva na Endurance Series, sempre olhei com carinho para as corridas longas, espero estar dentro das próximas etapas e quem sabe não tenha alguma novidade para o ano que vem.”
Thiago Camilo

“A disputa com o Di Grassi foi boa. Largamos de 17º e chegamos no final disputando a terceira posição, foi muito boa a corrida. Ultrapassei o Lucas por fora na curva 1 e ele me deu o troco depois de que eu fui frear na sujeira. O terceiro lugar estava na mão e esse meu erro custou isso para a dupla. Foi uma ótima corrida como aprendizado, levando em conta também largar com o carro reserva, era para brigarmos pela vitória com o nosso carro.”
Felipe Massa

“Tivemos um toque na classificação e o carro não ficou pronto para a corrida. Largamos da 17ª posição por conta de uma penalização, com o carro reserva ainda. Tivemos um bom ritmo, fiz dois stints seguidos logo no começo e o Felipe terminou a prova. Faltando duas voltas conseguimos assumir a P3, mas o Di Grassi recuperou. Foi uma corrida legal levando em conta a posição que largamos e o carro reserva. Estamos vivos na disputa pelo título ainda.”
Lico Kaesemodel

“Foi uma corrida de recuperação. Ainda tivemos uma quebra no carro, que começou a vazar óleo do nada. Pensando no campeonato, conseguimos salvar bons pontos com esse pódio. Mas, nós queríamos e tínhamos ritmo para brigar pela vitória, nos daria uma folga boa no campeonato. Foi importante recuperar esses pontos.”
Werner Neugebauer

“Foi uma corrida difícil. Precisamos pensar bastante no campeonato, a quebra tirou nosso carro titular, que estava bem acertado para nós. Entrei no carro na hora, na correria. O carro estava nervoso, algo na traseira me incomodava e isso prejudicou um pouco o meu stint, tive que fazer 32 voltas seguidas sem parar. No final conseguimos salvar bons pontos para o campeonato.”
Ricardo Zonta

“O carro estava muito bom, agradeço ao Pedrinho que entendeu bem a largada. A estratégia era abrir o máximo possível no meu stint para o Rouman administrar. Falei para ele que queria que o pace dele fosse algo seguro para ele. No nosso nível, fizemos um bom trabalho. O Rouman tem muito a evoluir, principalmente por andar com gente com mais experiência, o que deixou o trabalho dele muito bom nessa prova.”
Nelson Piquet Jr

“Foi uma vitória fantástica, nosso objetivo era vencer na categoria aqui em Goiânia. O Nelsinho deixou a gente na liderança da geral por muito tempo, andando em um bom ritmo. Não conseguimos manter durante a prova, mas estou muito feliz com esse resultado.”
Rouman Ziemkiewicz

“Vamos decidir o campeonato em Interlagos, os 500km valem mais que as outras provas. O traçado paulista é nosso preferido também. Foi um bom resultado aqui, largamos da pole na GT3, foi uma corrida bacana largando junto dos 4.0, Bom dividir pista com tanta gente boa. Pro campeonato foi um resultado legal. Seguimos animados para decidir o campeonato em São Paulo.”
Francisco Horta

“Foi uma corrida diferente, o grid foi meio maluco. Largamos na frente de vários carros da Carrera. Sabíamos que os 4.0 iam vir para cima na largada, precisávamos ter cabeça para sobreviver. Essas ultrapassagens tinham que ser usadas ao nosso favor. O Chico fez um stint bom, arriscamos no meu que acabou ficando longo, se tivesse encurtado um pouco poderíamos ter saído com a vitória hoje.”
William Freire

“Foi muito bom o final de semana, arriscamos na estratégia comigo largando e o Zeca pegando a pista limpa. Ele fez um ótimo trabalho e virou muito bem na pista, dando 32 voltas seguidas. Perdemos a corrida nos detalhes, o safety me tirou cinco voltas para construir a vantagem. Quatro décimos em uma corrida de Endurance é muito pouco. Estamos chegando cada dia mais perto da nossa vitória.”
César Ramos

“Estamos batendo na trave nessa vitória da Endurance tem um tempo, vamos focar em Interlagos para conquistar essa vitória no encerramento da temporada.”
Zeca Feffer

“Ficamos esperando a chuva que se desenhava durante a corrida, ela acabou não vindo, mas outros pilotos também seguiram nossa estratégia, o que nos faz ter que inovar nos 500km de Interlagos. Foi uma boa corrida, o Léo fez um stint muito bom. Não tínhamos a mesma velocidade dos demais, por isso não saímos com a vitória. Para o campeonato o resultado é muito bom, vencemos na classe e continuamos sonhando com a geral.”
Átila Abreu

“Estávamos contanto com a chuva na nossa estratégia, nos preparamos para a chuva mais do que para o sol. Assim como o Átila disse fomos consistentes durante a etapa, vencemos na categoria e pontuamos bem na geral, apesar de pensarmos em posições melhores. Foi um resultado bom, limpo, sem nenhum incidente e agora vamos focar em Interlagos, pois a geral está bem aberta para Interlagos.”
Leonardo Sanchez

“Sem dúvidas mais um bom resultado para nós dois, foi a segunda vitória na categoria em duas corridas. Nos aproximamos também nas outras duas categorias, e a decisão fica para os 500km de Interlagos. Sempre um prazer dividir o cockpit com meu xará, dividimos experiências e um estimula o outro a ser melhor. Estamos brigando pelo título da Sprint também. Feliz com a vitória e contente em dividir o carro com o Nelsinho Marcondes.”
Nelson Monteiro

“Muito legal essa minha parceria com o Nelsão. Na Sprint estamos brigando ponto a ponto pelo título. Quando surgiu a ideia de fazer essa dupla, tínhamos certeza que seria uma dupla muito forte dentro da nossa categoria. Dito e feito! Tivemos alguns problemas no quali e largamos um pouco pra traz. Meu parceiro fez dois stints muito proveitosos, com ultrapassagens importantes e sacrificando seu segundo stint com o mesmo pneu. Dentro da nossa estratégia acabei ficando com os pneus melhores para os meus trechos. E largando literalmente da última posição do grid, nós conseguimos a vitória na categoria e pódio na Sport também. Os 500km ainda podem nos consagrar campeões de duas categorias.”
Nelson Marcondes

“Foi uma corrida muito boa. Infelizmente tivemos um problema na nossa primeira parada que nos causou uma perda de 50s, a bomba de combustível não conseguiu abastecer o carro rápido. Esse tempo custou muito no final da prova, a diferença pro líder foi de 27s, então teríamos a chance de disputar essa vitória com eles. Corrida é assim e agora vamos seguir forte para os 500km de Interlagos.”
Gaetano Di Mauro

“Ando muito aqui nessa pista e é sempre um prazer guiar esse Porsche. Surgiu essa vaga de última hora para dividir o carro com o Gaidzinski, as voltas que eu dei no carro foram todas no quali, e mesmo assim conseguimos uma volta boa. Fiz os dois stints intermediários, estávamos em primeiro até a última parada. Feliz em ajudar o André em conseguir seu primeiro pódio na categoria geral na Endurance Series.”
Dennis Dirani

“Foi excelente! A expectativa era enorme, ainda mais fazendo dupla com um piloto tarimbado como o Dennis Dirani. É impressionante o pé pesado dele! Contribuiu muito para subirmos de posições na corrida. E me entregou o carro numa hora em que já estávamos na frente, bem posicionados para lutar pelo pódio. Tenho que agradecer muito também aos nossos engenheiros e estrategistas. Fizemos uma corrida limpa, sem nenhum problema. Foi nota 10 e a parceria com o Dennis foi excelente. Fico contente pelo segundo lugar na classe Sport e quinto na geral”
André Gaidzinski

PARCEIROS