Garanta Seu Ingresso

Miguel Paludo e Chico Horta cravam as poles para as provas de sexta

Miguel Paludo e Chico Horta são os poles das primeiras das três corridas que encerram o campeonato de Sprint em 2020, nesta sexta.

Depois de treinos livres em pista seca, a chuva embaralhou o cenário no meio do quali da GT3 Cup. Horta foi o último a passar na linha de chegada com pista seca e conquistou mais uma pole no processo.

A seguir a Carrera Cup foi à pista, todos os carros com pneus Michelin para piso molhado. Alceu Feldmann liderou boa parte do treino, mas a condição da pista foi melhorando e no final Miguel Paludo prevaleceu, se posicionando em grande posição para buscar o hexacampeonato já na tarde de sexta.

Os qualis

Os carros da GT3 Cup abriram o bloco de treinos classificatórios no início da tarde. A pista estava seca, mas algumas gotas de chuva começavam a cair no pitlane quando o box foi aberto.

Depois da primeira passagem em voltas rápidas, Chico Horta cravou o melhor tempo, à frente de Nelson Marcondes (liderando na classe Sport), Christian Mohr, Nelson Monteiro e Georgios Frangulis.

Logo após cravar o melhor tempo do quali porém, Chico Horta foi vítima do piso molhado escapando na freada do S do Senna. A chuva chegou subitamente e impediu os carros de seguir no traçado com pneus slick da Michelin. Todos entraram para os pits a seguir, conforme foi acionada a bandeira vermelha para troca de pneus de todos os carros.

A pista foi reaberta com mais de 8 minutos de treino. Não havia condições de baixarem as marcas estabelecidas com pneus slick, mas pilotos como Zeca Feffer, Marcio Mauro, Ricardo Fontanari, Paulo Totaro e Marco Billi foram para a pista a fim de realizar os ajustes finos em seus carros para condição de pista molhada.

A Carrera Cup foi para pista na sequência, com todos os carros equipados de pneus Michelin para piso molhado. A chuva naquele momento havia dado trégua, mas o piso ainda estava encharcado. Apenas três pilotos foram para pista nos primeiros cinco minutos de treino, com Alceu Feldmann cravando a melhor volta, à frente de Fran Lara e do estreante Vina Neves.

A marca de Alceu permaneceu imbatível até menos de 3 minutos para a bandeirada, quando já começava a se formar um trilho mais seco no traçado ideal em Interlagos. Nesse cenário, Miguel Paludo andou 0s350 mais veloz que o carro #100 e assumiu a posição de honra. Enzo Elias ficou com o terceiro tempo, à frente de Marçal Müller e Fran Lara (o pole na classe Sport). Ainda sonhando com o título na categoria, Lico Kaesemodel parte em sétimo e Werner Neugebauer em décimo.

O que eles disseram:

“Quando estávamos entrando para a pista começou a pingar. Na volta de aquecimento que é bem devagar foi tudo ok, na primeira volta rápida o pneu slick ainda aguentou a chuva fina e consegui a pole provisória. Já a segunda volta teve uma pancada de chuva muito forte no final da reta e a pista ficou um sabão. Tentei tirar o pé ao máximo, mas o carro escorregou”
Francisco Horta

“Está sendo um final de semana atípico, muitas adversidades ao longo dos últimos dias. Continuei trabalhando firme, estou com um carro novo por conta do acidente em Goiânia, o trabalho em cima do acerto do carro foi incansável. Não tem sido fácil, mas agradeço a Deus pelo resultado e quem sabe já não consigo fechar o campeonato hoje para coroar o trabalho dessa temporada.”
Miguel Paludo

PARCEIROS