Líderes, Miguel Paludo e Marco Billi chegam motivados para rodada tripla em Interlagos

Os pilotos lideram suas classes e comentam sobre a terceira etapa da Sprint no traçado paulista

A Sprint Challenge acelera novamente em Interlagos neste final de semana. Miguel Paludo e Marco Billi chegam para a terceira etapa das corridas curtas liderando suas categorias.

O pentacampeão rasgou elogios ao principal palco do automobilismo nacional que recebeu as outras duas etapas da Sprint até o momento.

“Eu tenho um carinho especial por Interlagos, sempre tive bastante sucesso aqui e eu adoro muito voltar pra Interlagos. Então eu fiquei feliz uma vez que a categoria teve que trocar do Velocitta pra cá e esse ano tivemos quatro corridas aqui eu conseguir duas vitórias então estou muito motivado.”

Paludo pode igualar o recorde de vitórias na Porsche Cup durante essa etapa, mas o piloto correrá com o lastro de sucesso no carro #7 que representará um desafio extra na busca de se tornar o maior vencedor da Porsche Cup em Interlagos. Para isso basta ele vencer duas provas para se igualar a Ricardo Baptista. Miguel Paludo busca também o recorde de vitórias gerais na categoria. Atualmente ele está empatado com Baptista com 30 vitórias na segunda posição. Basta uma vitória para ele se isolar na vice-liderança do quesito, apenas atrás de Constantino Júnior, com 39 vitórias.

“Nesta etapa estamos levando lastro que não estava levando nas duas primeiras etapas e hoje já deu pra ter uma noção, o carro está rápido e vamos continuar trabalhando amanhã”.

Já Marco Billi, apesar das vitórias e bons resultados recentes em Interlagos prefere correr fora do traçado.

“Eu tenho um pouco mais de dificuldade de correr em Interlagos, é uma pista que tem suas manhas. Muitos pilotos treinam e correm aqui em outras categorias também então outros pilotos têm mais a mão da pista. Pessoalmente eu prefiro correr em outras pistas onde o pessoal não anda tanto, assim tenho um desempenho melhor também. Mas, interlagos é uma pista com muita história e desafiadora. Na última etapa fomos bem aqui e espero que consiga continuar com os bons resultados. Estou ansioso para chegarmos em Goiânia e correr por lá também.”

A terceira etapa da temporada de Sprint tem um ingrediente extra. Essa é a primeira das rodadas triplas nas provas curtas e a adição de uma corrida ao final de semana muda a estratégia de todos os pilotos que estão na disputa.

Para Paludo, a corrida extra muda muito na projeção do campeonato, já que os pilotos ganham mais uma nota para poder utilizar no descarte.

“Na verdade, não muda tanto para a etapa, mas muda pro campeonato porque vai ser adicionada uma prova e a prova pode mudar o resultado do campeonato tanto pra melhor quanto pra pior. Então é uma loteria pra todo mundo, pode chegar na última etapa e você estar um ponto na frente do segundo e perder o campeonato, como pode acontecer o inverso. Eu acho que vai mudar um pouco a dinâmica do campeonato, toda vez que insere uma etapa muda, mas todo mundo está de acordo, inclusive eu. Pra mim que sou o líder não é tão bom, mas tem 2 descartes, várias coisas que podem mudar no final”.

Já Billi acredita que a prova adicionada ao calendário pouco interfere na disputa, com tanto que o desempenho siga sendo o mesmo apresentado nas etapas anteriores.

“O objetivo é manter a liderança, espero que essa prova extra não mude muito na disputa. O foco é sempre ganhar e pontuar o máximo possível para ser campeão no final do ano”.

A primeira das três corridas do final de semana acontece sexta-feira às 16h. As outras duas baterias de cada categoria acontecem no sábado.

PARCEIROS