Enzo Elias vence a sua segunda no ano na Carrera Cup 4.0

Líder do campeonato, Miguel Paludo tem problemas na largada, mas se recupera durante a corrida e está a um passo do Hexacampeonato.

Interlagos novamente foi palco de um espetáculo da Porsche Cup. Drama, adrenalina e emoção marcaram a abertura da última rodada tripla de 2020. Choveu, secou, teve escapada de pista, alguns toques e intervenções do safety-car. No fim da sexta-feira, 13 de novembro, Enzo Elias venceu pela classa Carrera Cup 4.0. Foi a primeira vitória de Enzo Elias, 18, depois de tirar sua habilitação para dirigir nas ruas brasileiras.

Foi um dia de glória também para Miguel Paludo.

Paludo por sua vez viveu agonia e êxtase. Marcou a pole com autoridade e viu o carro estacionar no grid na largada atrás do safety-car por uma pane no sistema de alimentação. Resetou a máquina, realinhou no fim do pelotão e veio com uma tocada firme e segura até receber a bandeirada em oitavo. Com os pontos acumulados nesta sexta-feira, ele sequer precisa largar nas corridas de sábado para assegurar o título da Carrera Cup –seu sexto na Porsche Cup. A única hipótese de o gaúcho ser alcançado é receber duas bandeiras pretas nas duas corridas de sábado, algo que modificaria os resultados passíveis de descartes.

A disputa pelo vice-campeonato da Carrera Cup promete. São 42 pontos em jogo no sábado e há nada menos que seis pilotos separados por 16 pontos: Lico Kaesemodel (147 pontos), Werner Neugebauer (136), Enzo Elias (132), Pedro Boesel, Pedro Aguiar e Marçal Müller (todos com 131).

Já a Carrera Cup Sport deve ter seu campeão de 2020 coroado apenas após a terceira prova da rodada tripla, na tarde de sábado. Maurizio Billi chegou uma posição à frente de Rodrigo Mello na sexta-feira e reduziu sua desvantagem para apenas um ponto (86 x 85).

A segunda corrida da Carrera Cup larga às 11h08, com pole de Pedro Aguiar. As corridas da tarde (Carrera Cup às 15h58) terão inversão de grid estabelecida pelo sorteio Inversão de Grid by OAKBERRY, que acontece após as cerimônias de pódio pela manhã.

As últimas corrida de Sprint da temporada 2020 são exibidas pelos canais Sportv, portal motorsport.com, site oficial da Porsche Cup e seus canais em Youtube e Facebook.

A corrida

A exemplo do que aconteceu na 3.8, a largada foi dada atrás do safety-car. Paludo ficou parado no grid e só conseguiu partir depois que todos passaram por ele, o que fez o líder do campeonato cair para último no grid. Depois de três voltas, a bandeira verde foi agitada. Elias assumiu a liderança na freada do fim da reta oposta, e Feldmann caiu para segundo, o que permitiu a Müller tentar o bote. Líder da Sport, Lara vinha num excelente quarto lugar no geral e tentou aproveitar para ultrapassar Marçal, mas foi neutralizado.

Mais atrás, Neugebauer entrou nos boxes e abandonou, o que lhe tirou da disputa pelo título e ainda favoreceu a prova de recuperação de Paludo. No começo da prova, o líder da tabela pulou para 15º. A 12 minutos do fim, Paludo já era o 13º, atrás de um trem formado por Pizii, Baptista e Boesel.

Na frente, Elias vinha com uma tocada forte, enquanto Marçal pressionava Feldmann na briga pelo segundo lugar. Atrás deles, Lara recebia o ataque de Hahn após deixar Kaesemodel para trás.

Lara colocou o carro de lado na segunda perna do “S” do Senna, onde aderência e visibilidade eram difíceis. Hahn tentou passar, e houve um leve contato entre os carros, o que foi suficiente para Christian abandonar duas curvas depois, dando posições a JP Mauro e Kaesemodel.

Aguiar e Lara vinham disputando no melhor estilo de corridas de turismo, com os carros resvalando porta com porta, numa briga limpa. Logo à frente, JP fez um 360 mas continuou na prova. Com isso, Aguiar e Lara avançaram uma posição.

A quatro minutos da abertura da última volta, Müller passou Feldmann e assumiu o segundo lugar no Laranjinha. Com as entradas de Lara para os pits e uma volta lenta de JP depois da rodada, Paludo já figurava em oitavo na 12ª volta, resultado que bastava para ele não ser mais alcançado na pontuação do campeonato.

Feldmann deu o troco em Marçal na volta seguinte, enquanto Aguiar também recuperava a posição sobre Lico. A disputa pelo segundo lugar favoreceu Aguiar na última volta. Alheio a isso, Elias seguia abrindo na liderança.

Na última volta, Aguiar tentou um ataque por fora sobre Marçal na aproximação do Pinheirinho, mas rodou e perdeu tempo. Elias consolidou a vitória, seguido por Alceu e Müller, com Aguiar e Kaesemodel completando o pódio. Paludo terminou em oitavo e precisa apenas não ser desclassificado de uma das provas de sábado para ser oficialmente campeão.

Na Sport, em décimo no geral, Pizii foi o vencedor, à frente de Rouman Ziemkiewicz, Edu Azevedo, Billi e Mello, que completaram o pódio.

O que eles disseram:

“Foi um dia muito complexo desde a hora do classificatório porque chovia e parava então os classificatórios foram bem difíceis e conseguimos conquistar duas posições boas para largar. A gente viu que tinha bastante ritmo pra corrida, então colocamos em prática o que a gente viu no classificatório. Abrimos uma distância segura e administramos a partir daí. Então estou muito contente, conseguimos aplicar perfeitamente tudo o que planejamos”
Enzo Elias

“Tive um problema com a bomba de combustível no começo da prova e infelizmente passou o grid inteiro e tive que largar em último. Aí nessas condições, toda aquela vantagem pela pole conquista foi perdida. Eu procurei recuperar o possível, as adversidades surgiram e fizemos o melhor trabalho possível. Chegamos em oitavo. Agora é focar nas duas corridas de amanhã, fechar logo esse campeonato em alta e pensar também nos pontos para o overall, já que o acidente na última corrida de Endurance em Goiânia nos tirou muitos pontos.”
Miguel Paludo

“Acabou que meu pneu não estava mais respondendo, depois das saídas na classificação. Então eu sabia que eu ia ter problema na corrida, então o segundo lugar foi melhor do que eu imaginei, feliz, sexta-feira 13, todo mundo saudável e isso que importa.”
Alceu Feldmann

“Estava muito difícil, porque a chuva não estava tão intensa e os pneus então vinham superaquecendo bastante. Tive que procurar trechos molhados para dar uma melhorada, mas não adiantava tanto. O carro ficou muito traseiro no final. Até consegui passar o Feldmann, mas quase rodei no Café e tive que tirar o pé, então ele me passou de novo. Mas um P3 é positivo para o campeonato, bons pontos”
Marçal Müller

“Na luta direta pelo vice eu cheguei na frente do Werner e do Boesel, pro Werner eu abri uma vantagem de 14 pontos, pontuar porque eu não tinha um carro bom e o pódio já valeu.”
Lico Kaesemodel

“Foi muito legal, acabei aprendendo na chuva. Eu tentei usar as três voltas de aquecimento para ver onde eu podia passar ou não. Então posso dizer que foi a primeira vez que andei com esse carro na chuva. Foi muito legal acompanhar os caras da principal e eu espero estar aqui no ano que vem pra poder andar junto com os caras lá na frente.”
Renan Pizii

“Foi um dia difícil, larguei em segundo e cheguei em segundo. Mas muito difícil controlar o carro no final, pneu desgastado, apontava o carro e o carro não virava, chegar no final sem rodar foi um milagre.”
Rouman Ziemkiewicz

“Corrida foi difícil, com muita chuva. No começo acabei forçando um pouco na freada e perdi duas posições. Acabei salvando um quinto lugar, o Billi foi quarto. Então tirou apenas um ponto. Amanhã vamos voltar fortes para tentar o título”
Rodrigo Mello

Resultados

Carrera Cup – Corrida 1
1. Enzo Elias 26:59.708
2. Alceu Feldmann +5.241
3. Marçal Muller +6.208
4. Pedro Aguiar +10.430
5. Lico Kaesemodel +12.802
6. Ricardo Baptista +14.317
7. Pedro Boesel +17.717
8. Miguel Paludo +18.495
9. JP Mauro +21.105
10. Renan Pizii* +25.250
11. Rouman Ziemkiewicz* +28.030
12. Eduardo Azevedo* +29.165
13. Maurizio Billi* +36.120
14. Rodrigo Mello* +37.040
15. Vina Neves* +1:13.866
16. Fran Lara* -3 voltas
17. Cristian Hahn – DNF
18. Werner Neugebauer – DNF
*Classe Sport

Os campeonatos

Carrera Cup
1. Miguel Paludo 187
2. Lico Kaesemodel 147
3. Werner Neugebauer 136
4. Enzo Elias 132
5. Pedro Boesel 131
Pedro Aguiar 131
Marçal Muller 131
8. Alceu Feldmann 117
9. JP Mauro 90
10. Luca Seripieri 66
Christian Hahn 66
12. Maurizio Billi 57
13. Rodrigo Mello 55
14. Rodolfo Toni 44
15. Rouman Ziemkiewicz 39
16. Renan Pizii 32
17. Ricardo Baptista 29
18. Fran Lara 17
19. Eduardo Azevedo 12
20. Vina Neves 2

Carrera Cup Sport
1. Rodrigo Mello 86
2. Maurizio Billi 85
3. Rodolfo Toni 74
4. Rouman Ziemkiewicz 66
5. Renan Pizii 55
6. Fran Lara 34
7. Eduardo Azevedo 20
8. Vina Neves 5

PARCEIROS