Garanta Seu Ingresso

Porsche GT3 Cup Light: André Posses vence a sexta corrida no ano e conquista o bicampeonato

Bastava um quinto lugar, mas o paulista André Posses não deixou por menos: venceu a prova 6 do Porsche GT3 Cup Light, realizada neste domingo (17/10) em Curitiba e assegurou a conquista do bicampeonato da categoria. Com exceção de breves momentos após a largada, Posses liderou toda a prova e manteve sempre uma vantagem segura sobre o grupo que disputou o segundo lugar − colocação que, na bandeirada, pertenceu a Rodolfo Ometto Rolim, com Gil Farah em terceiro.

Ao contrário do que aconteceu nos dias anteriores à prova, o dia estava quente, não muito ensolarado, mas com a alteração da temperatura sendo suficiente para preocupar pilotos e mecânicos, em virtude da eventual alteração no desempenho dos carros. Posses, pole-position, chegou a ser ultrapassado por Sylvio de Barros antes da primeira curva. Mas Sylvio atrasou demais a freada e acabou rodando. Sylvio chegou a ficar parado no meio do S de baixa e, por sorte, não foi atingido por nenhum concorrente. Mas vários pilotos precisaram sair da pista para evitar a confusão e um deles, Christiano Freire, ficou atolado na caixa de brita. Isso tornou necessária a intervenção do Safety Car na primeira volta.

Dada a re-largada, Posses manteve a liderança, abrindo a vantagem confortavelmente enquanto as outras posições eram disputadas sem trégua até a bandeirada final. Fernando Barci, Edu Rocha Azevedo, Carlos Ambrósio, Gil Farah e Rodolfo Ometto Rolim lutaram arduamente pelo segundo lugar. Barci ocupou a posição durante 11 voltas, até ser ultrapassado por Carlos Ambrósio na Entrada do Miolo. Segundos depois, Barci foi tocado por Farah e perdeu a freada da curva, perdendo outras três posições. Ambrósio manteve o segundo lugar até três voltas do final. Já enfrentando alguma dificuldade para engatar as marchas, acabou rodando no S de Baixa e caiu para sétimo. Melhor para Rodolfo, que fez uma consistente corrida de recuperação para terminar em segundo lugar − seu melhor resultado no Porsche GT3 Cup Light.

No pódio, André Posses recebeu o troféu da vitória das mãos de seu pai, Beto Posses, competidor da categoria 997 e primeiro campeão do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, em 2005. “Eu sabia que poderia chegar em quinto para ser campeão, mas corri para vencer. O Sylvio me passou na largada, mas saiu da pista e voltei à liderança. Passei a andar o mais rápido possível e abri uma vantagem confortável. Comemoramos muito em família, sou fã do meu pai e corremos juntos em provas de longa duração. Este título é muito importante para mim”, declarou após a corrida.

Para Ometto, o segundo lugar foi uma surpresa: “Aproveitei os erros de quem estava na minha frente. Foi uma corrida na qual andei pressionado durante todo o tempo. Estreei no Porsche GT3 Cup Light aqui em Curitiba, na primeira prova do ano, e terminar em segundo lugar me deixou muito contente”. Gil Farah, terceiro na prova e no campeonato, ficou satisfeito com sua colocação: “Também cometi meus erros e bati no Barci sem querer. Foi uma corrida difícil, com muitos pilotos andando juntos o tempo todo”.

A próxima prova do Porsche GT3 Cup Light será disputada no dia 7 de novembro em Interlagos, como preliminar do GP do Brasil de Fórmula 1.

Resultado final da prova 6 do Porsche GT3 Cup Light:
1) 2-André Posses, 17 voltas em 26:35.946, média de 141,693 km/h.
2) 8-Rodolfo Ometto, a 9.067
3) 81-Gil Farah, a 9.694
4) 25-Guilherme Ribas, a 10.035
5) 46-Fernando Barci, a 11.702
6) 9-Edu Guedes, a 11.888
7) 18-Carlos Ambrósio, a 12.109
8) 5-Sylvio Barros, a 16.587
9) 40-Marco Santos, a 17.001
10) 27-Amilcar Collares, a 27:219
11) 21-Armando Marracini, a 31.081
12) 7-Thomaz Soubihe, a 31.586
13) 69-Sérgio Maggi, a 45.284
14) 10-Carlos Pacheco, a 1:14.980
15) 33-Flávio Rietmann, a 1 volta
16) 11-Christiano Freire, a 1 volta
17) 99-Alan Turres, a 1 volta
18) 17-Marcelo Stallone, a 1 volta
19) 16-Amaury Biem, a 2 voltas
20) 77-Daniel Schneider, a 5 voltas (saída de pista)
21) 88-Edu Rocha Azevedo, a 10 voltas (embreagem)
Melhor volta: Carlos Ambrósio, com 1:26.438, média de 153,891 km/h.

Classificação do campeonato após 6 provas
1) André Posses, 120 pontos; 2) Edu Guedes, 75; 3) Gil Farah, 72; 4) Sylvio de Barros, 61; 5) Tommy Soubihe, 55; 6) Amilcar Collares, 55; 7) Edu Rocha Azevedo, 49; 8) Fernando Barci, 41; 9) Guilherme Ribas, 40; 10) Carlos Ambrósio, 34; 11) Rodolfo Ometto Rolim, 29; 12) Armando Marracini, 29; 13) Sérgio Maggi, 29; 14) Alan Turres, 27; 15) Christiano Freire, 26; 16) Marcelo Stallone, 20; 17) Amaury Biem, 14; 18) Flávio Rietmann, 8; 19) Marco Santos, 7; 20) Gui Affonso, 6; 21) Daniel Schneider, 4; 22) Fernando Tembra, 4; 23) Carlos Silveira, 3; 24) Jorge Borelli, sem pontos.

Foto – Largada da corrida em Curitiba neste domingo (Crédito: Jorge Sá).

PARCEIROS