Garanta Seu Ingresso

Porsche GT3 Cup 997: Alex Barros vence em Curitiba e permanece na luta pelo título

Um presente de aniversário e um peso tirado das costas. Para Alex Barros, a vitória na prova 12 do Porsche GT3 Cup 997, realizada neste domingo (17/10) no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), significou a permanência na disputa pelo título da temporada 2010 e uma comemoração antecipada pelo aniversário de 40 anos de idade − ele nasceu em 18 de outubro de 1970 em São Paulo. E, também, a redenção depois do erro que levou-o a ser punido e perder a vitória na prova 11, realizada no sábado. “Tirei um peso das costas”, resumiu o ex-piloto de Motovelocidade.

No sábado, Barros havia vencido a prova 11, mas teve acrescidos 20 segundos a seu tempo de prova. A punição foi dada porque na última volta Barros tirou da pista o líder Ricardo Rosset numa tentativa de ultrapassagem. Com a punição, Barros caiu para o 10º lugar − posição que lhe deu a pole para a prova 12, já que o grid de largada da segunda prova de cada rodada dupla é estabelecido pelo posicionamento de chegada da prova anterior, invertendo-se a ordem das dez primeiras colocações. Ricardo Baptista e Ricardo Rosset, os dois primeiros colocados na prova 11, saíram das décima e nona colocações respectivamente.

Na largada, Barros e Figueirôa, os dois primeiros no grid, mantiveram suas posições. Atrás deles, o que se viu foi algo impressionante: Ricardo Baptista pulou da décima para a terceira colocação logo na primeira volta e Ricardo Rosset iniciando sua recolocação no pelotão da frente. Baptista ultrapassou Figueirôa na segunda volta e passou a pressionar Barros. Atrás deles, aconteceram disputas intensas travadas entre Clemente Lunardi, Marcel Visconde, Maurizio Billi, Tom Valle, Guilherme Figueirôa e Beto Posses, entre outros. Rosset chegou ao quarto lugar e tentava ultrapassar Lunardi quando rodou ao passar por sujeira na pista. Rosset conseguiu manter o quarto lugar, com Billi e Marcel completando o pódio.

No final, após 19 voltas sem descanso (apesar da distância “visual” não demonstrar, era no cronômetro que a batalha pelo primeiro lugar estava sendo travada), Barros venceu sua terceira corrida no ano − ele havia ganho as duas provas realizadas em Buenos Aires em setembro. O resultado da prova manteve aberta a luta pelo título, com Rosset, Baptista e Barros aparecendo como os três principais candidatos a ficar com a taça.

Resultado final da prova 12 do Porsche GT3 Cup Challenge 997:
1) 4-Alex Barros, 19 voltas em 26:50.598, média de 156,922 km/h
2) 27-Ricardo Baptista, a 4.660
3) 7-Clemente Lunardi, a 6.923
4) 1-Ricardo Rosset, a 12.738
5) 34-Maurizio Billi, a 13.720
6) 55-Marcel Visconde, a 18.092
7) 99-Tom Valle, a 18.881
8) 9-Guilherme Figueirôa, a 22.660
9) 52-Beto Posses, a 32.252
10) 63-Sérgio Ribas, a 34.331
11) 305-Cristiano Piquet, a 42.976
12) 89-Daniel Paludo, a 1:01.139
13) 36-Charles Reed, a 1:01.471
14) 11-Omilton Visconde Jr., a 1:19.843
15) 92-Ricardo Vianna, a 1:19.996
16) 16-Esio Vichiese, a 1 volta
17) 81-Bernardo Parnes, a 1 volta
18) 10-Adalberto Baptista, a 3 voltas (saída de pista)
19) 46-Lucas Molo, a 12 voltas (embreagem)
Melhor volta: Ricardo Rosset, 1:23.605, média de 159,105 km/h

Classificação do Porsche GT3 Cup 997 após 12 provas
1) Ricardo Rosset, 202 pontos; 2) Ricardo Baptista, 165; 3) Alex Barros, 136; 4) Marcel Visconde, 121; 5) Maurizio Billi, 118; 6) Tom Valle, 112; 7) Clemente Lunardi, 106; 8) Sérgio Ribas, 91; 9) Leo Burti, 76; 10) Miguel Paludo, 72; 11) Guilherme Figueirôa, 72; 12) Beto Posses, 54; 13) Daniel Paludo, 54; 14) Elias Azevedo, 50; 15) Lucas Molo, 39; 16) Otávio Mesquita, 38; 17) Charles Reed, 38; 18) Constantino Júnior, 34; 19) Omilton Visconde Jr., 34; 20) Adalberto Baptista, 25; 21) Danilo Fernandez, 24; 22) Esio Vichiese, 17; 23) Felipe Johannpeter, 13; 24) Marcos Barros, 12; 25) Antônio Hermann, 12; 26) Bernardo Parnes, 9; 27) Ricardo Vianna, 8; 28) Cristiano Piquet, 5; 29) Marcelo Ometto, 4; 30) Marcelo Franco, 4 pontos.

Foto – Pódio da corrida deste domingo. (Créditos: Jorge Sá).

PARCEIROS