Garanta Seu Ingresso

Miguel Paludo desencanta para largar na frente na Carrera Cup 4.0 em Interlagos

Não são apenas as vitórias e os títulos que deixam os pilotos felizes. Pode até parecer bobagem, mas as pole positions também dão muita satisfação aos competidores. Se ainda resta alguma dúvida disso, basta ver a reação de Miguel Paludo após o treino classificatório para a etapa de Interlagos, em São Paulo, a segunda da temporada da Porsche Império Carrera Cup, nesta sexta-feira. Afinal, ao garantir o primeiro lugar na classe Carrera Cup 4.0, ele não parou de festejar.

Campeão da Endurance Series e Overall na Cup em 2017, Paludo estava engasgado. Isso porque, vinha com dificuldades nas classificações. Nas corridas até conseguiu andar com velocidade. Faltava manter o ritmo nos treinos. Agora, não falta mais.

“O carro está bom, com um novo adesivo nesta etapa. Já vinha falando desde o ano passado que sentia falta de ser rápido nas classificações, que sentia falta de ser pole position. O freio tinha sido um grande fator para mim no ano passado e, agora, foi resolvido. Focando em São Paulo, me adaptei aos freios e pude me preocupar com o acerto do carro. Isso é um bom resultado. É uma pole não só minha, mas do meu engenheiro e do meu mecânico. Sabia que seria apertado. Nada melhor do que largar na pole em Interlagos. Agora, é tentar transmitir isso para a corrida, quem sabe com vitórias”, declarou o piloto.

A pole veio justamente em Interlagos, local que deu muita alegria para Paludo em 2017. Foi no circuito da capital paulista, justamente na última etapa do ano passado, que ele garantiu os títulos da Endurance Series e Overall.

Outro destaque da atividade desta sexta-feira foi Ricardo Baptista. Ausente da abertura do campeonato em Curitiba-PR, o piloto mostrou que segue em boa forma ao assegurar o segundo lugar no grid.

“Infelizmente, não fiz a primeira prova do ano. Foi uma pena. É fantástico estar aqui de volta. O carro novo é maravilhoso de se guiar. Ainda vamos conseguir tirar muito mais do carro. A classificação foi boa, com muitos pilotos juntos. Estou contente e ansioso para largar neste sábado”, disse Ricardo.

O treino

Pedro Queirolo foi o primeiro a ir para a pista. Também o primeiro a obter a volta mais rápida na classificação, com 1m37s826. A marca resistiu por alguns minutos, mas logo foi batida pelo líder do campeonato, Marçal Müller, com 1m36s625.

Conforme os minutos foram passando, ninguém conseguiu alcançar o até então líder. Mas a disputa estava acirrada pelas posições seguintes, principalmente entre Ricardo Baptista, JP Mauro, Constantino Jr, Lico Kaesemodel, Miguel Paludo e Werner Neugebauer.

Com um pouco menos de quatro minutos para o fim da atividade, Ricardo Baptista assumiu a ponta, com 1m36s260. Pouco tempo depois, foi a vez de Miguel Paludo virar o líder, com 1m36s192. O experiente piloto manteve a ponta, seguido por Ricardo, Marçal Müller, Werner Neugebauer e Lico Kaesemodel.

Resultado da classificação:

1) Miguel Paludo – 1m36s192
2) Ricardo Baptista – 1m36s260
3) Marçal Müller – 1m36s268
4) Werner Neugebauer – 1m36s286
5) Lico Kaesemodel – 1m36s433
6) JP Mauro – 1m36s664
7) Constantino Jr – 1m36s778
8) Daniel Schneider – 1m37s028
9) Pedro Queirolo – 1m37s533

PARCEIROS