Garanta Seu Ingresso

Lico Kaesemodel vence na segunda preliminar do GP Brasil de F1, mas punição faz Werner Neugebauer herdar vitória em Interlagos

O campeonato de sprint da Porsche GT3 Cup terminou neste domingo com a preliminar do GP Brasil de F1 em Interlagos, com vitória de Lico Kaesemodel na segunda prova da Cup. A jornada definiu ainda o campeão que restava no campeonato da Cup Sport: Carlos Ambrósio repetiu a vitória da véspera na classe e saiu com o título da divisão de entrada.

As duas corridas foram disputadas sob chuva, com o safety-car comboiando o pelotão na largada. Melhor para Kaesemodel na classe Cup. O campeão largou na pole e liderou todas as voltas com tranquilidade a bordo do carro #63 com as cores da Shell V-Power Racing, o combustível oficial usado pela categoria dos carros de corrida mais vendidos no planeta.

Werner Neugebauer ficou em segundo –seu terceiro pódio consecutivo em três corridas na categoria, mostrando adaptação formidável aos carros. Brilhante, Paludo saiu de 17o no grid para terceiro na bandeirada. Pedro Queirolo e Rodrigo Baptista completaram o pódio.

Na Cup Sport, Marcelo Hahn reafirmou sua velocidade no fim de semana, com uma bela escalada de pelotão: avançou de 16o para décimo, ficando atrás apenas de Ambrósio no pódio da divisão de entrada. Rodolfo Toni e Tom Filho, pelo segundo dia consecutivo, subiram no pódio da categoria.

Pela Master a vitória mais uma vez ficou com Maurizio Billi. Darío Giustozzi mais uma vez terminou em segundo lugar, e Guilherme Figueirôa foi terceiro.

Após a realização da corrida deste domingo, os comissários desportivos avaliaram diversos incidentes e foram impostas sete penalizações, alterando os resultados na Cup.

Werner Neugebauer herdou a vitória com a punição de perda de uma posição imposta a Lico Kaesemodel. Com isso, o campeão de 2016 ficou em segundo lugar e o estreante levou o troféu de vencedor –sua primeira vitória na categoria.
Também foram punidos Darío Giustozzi Marcelo Hahn (duas vezes), Guilherme Figueirôa, Paulo Pomelli e Tom Filho, por ultrapassagem sob safety-car.

A última reunião do campeonato Sul-Americano da Porsche GT3 Cup Challenge acontece dentro de duas semanas, com a prova de 500 km que encerra o campeonato de endurance.

A Corrida

A corrida começou sob safety-car por duas voltas pela pista molhada.

Kaesemodel sustentou a liderança na largada, com Marcel Visconde em segundo e JP Mauro em terceiro. Sylvio de Barros e Werner Neugebauer completavam o top5. No Laranja Visconde escapou e JP avançou para segundo lugar.

Na quarta volta Marcelo Hahn escapou da pista. Como Marcio Basso havia escapado ainda sob safety-car e Adalberto Baptista na primeira volta em bandeira verde, o título da Cup Sport sorria para o líder da divisão de entrada, Carlos Ambrósio, que liderava na classe com o nono lugar no geral.

Na quinta volta Werner Neugebauer passou Marcel Visconde por fora no S do Senna para assumir o terceiro posto. Na Junção, Queirolo se lançou por dentro e deixou Sylvio de Barros para trás. Sem a melhor trajetória na subida do Café, o #88 foi superado também por Rodrigo Baptista.

JP Mauro rodou no Laranjinha na passagem seguinte e segurou o carro com perícia. Mas caiu de segundo lugar para oitavo no processo. Queirolo então embutiu em Visconde na curva do Sol e passou. Rodrigo Baptista seguiu a tocada, passando por fora no Laranjinha. Enquanto isso Paludo superava Sylvio de Barros para ser sexto, depois deixou Visconde para trás na reta dos boxes.

Na abertura da oitava volta os primeiros eram: Kaesemodel, Neugebauer, Queirolo, Rodrigo Baptista e Paludo. Em nono, Ambrósio seguia liderando na Sport.

Paludo assumiu o quarto lugar na volta 9, enquanto Lico sofria assédio de Neugebauer pela liderança.
O safety-car então foi acionado para remover o carro de Adalberto Baptista da reta, a cinco minutos da abertura da volta final. Permaneceu até uma volta para a bandeirada.

Na última volta Rodrigo Baptista pressionou Paludo por fora na entrada do S do Senna. O bicampeão defendeu e colou em Queirolo, para assumir o terceiro lugar no Bico de Pato.

Subiram no pódio: Kaesemodel, Neugebauer, Paludo, Queirolo, e Rodrigo Baptista. Em nono Ambrósio ganhou a corrida e o título da Cup Sport. Maurizio Billi, com o 11o , ficou com a vitória na Master.

Confira os resultados oficiais e as pontuações finais atualizadas.

Cup – Corrida 2
1. Werner Neugebauer
2. Lico Kaesemodel
3. Miguel Paludo
4. Pedro Queirolo
5. Rodrigo Baptista
6. JP Mauro
7. Marcel Visconde
8. Ricardo Baptista
9. Carlos Ambrósio (S)
10. Maurizio Billi (M)
11. Rodolfo Toni (S)
12. Sylvio de Barros
13. Marcio Basso (S)
14. Darío Giustozzi (M)
15. Guilherme Figueirôa (M)
16. Paulo Pomelli (M)
17. Tom Filho (S)
18. Adalberto Baptista (S)
Excluído – Marcelo Hahn (S)

Campeonatos (pontuação com descartes):
Cup
1 – Lico Kaesemodel, 186 pontos
2 – Miguel Paludo, 158
3 – Pedro Queirolo, 146
4 – Ricardo Baptista, 134
5 – JP Mauro, 108
6 – Daniel Schneider, 99
7 – Adalberto Baptista, 87
8 – Maurizio Billi, 82
9 – Carlos Ambrósio, 81
10 – Marcel Visconde, 80
11 – Marcelo Hahn, 71
12 – Tom Valle, 69
13 – Marcio Basso, 68
14 – Guilherme Figueirôa, 57
15 – Esteban Gini, 40
16 – Werner Neugebauer, 38
17 – Rodrigo Baptista, 32
18 – Eduardo Azevedo, 30
19 – Sylvio de Barros, 20
20 – Paulo Pomelli, 14
21 – Dario Giustozzi, 12
22 – Rodolfo Toni, 9
23 – Marcelo Stallone, 8
24 – Fabio Alves, 7
25 – Beto Leite, 7
26 – Cláudio Dahruj, 6
27 – Gil Farah, 5
28 – Tom Filho, 2

Cup Sport
1 – Carlos Ambrósio, 92
2 – Marcio Basso, 86
3 – Adalberto Baptista, 79
4 – Marcelo Hahn, 76
5 – Beto Leite, 10
6 – Gil Farah, 8
7 – Rodolfo Toni, 8
8 – Tom Filho, 5

Cup Master
1 – Maurizio Billi, 102
2 – Guilherme Figueirôa, 70
3 – Tom Valle, 59
4 – Paulo Pomelli, 44
5 – Dario Giustozzi, 26
6 – Marcelo Stallone, 11
7 – Fabio Alves, 10
8 – Cláudio Dahruj, 9

PARCEIROS