Garanta Seu Ingresso

“Foi só o susto e um olho roxo”, diz Edu Azevedo ao ser liberado do hospital

O piloto Edu Azevedo foi liberado neste domingo, dia 25, do hospital em Curitiba-PR, onde ficou 24 horas sob observação após capotar com o carro #88 oito vezes na quinta volta da prova de abertura da temporada 2018 da Porsche Império Carrera Cup no sábado.

Resgatado na pista, o competidor passou pelo centro médico do autódromo e a seguir foi hospitalizado para uma bateria de exames – de acordo com o protocolo para acidentes desta natureza, acompanhado na íntegra pelo corpo médico da categoria.

Não foi constatada nenhuma anormalidade nos procedimentos diagnósticos.

“Estamos indo embora do hospital. Está tudo bem. Passamos por vários exames, caprichados e não deu nada. Fora o susto e o olho roxo, de resto, não aconteceu mais nada. Obrigado pela preocupação de todos. Já estamos quase prontos pra próxima”, afirmou Azevedo.

O carro #88 vinha em aceleração plena e perdeu contato com o asfalto a 165 km/h. Os dados de telemetria do veículo de 585 HP foram recuperados pela equipe da Porsche Império Carrera Cup e indicam que o piloto foi submetido a uma força centrífuga máxima equivalente a 7,1 vezes da força da gravidade.

Para efeito de comparação: um piloto de avião de caça enfrenta forças de até 8G, e um astronauta tem treinamentos para fazer o corpo aguentar até 9G –ponto em que um ser humano sadio e bem treinado apaga. Essas forças, entretanto, escalam gradativamente. No caso do acidente de sábado, o impacto variou de 1G a 7,1G em 40 milissegundos (uma piscada humana dura 200 milissegundos).

A próxima etapa da Porsche Império Carrera Cup acontece em três semanas no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

PARCEIROS