Garanta Seu Ingresso

Briga pelos títulos da categoria Cup vai afunilar no Autódromo Internacional de Curitiba

Pela terceira vez no ano a capital paranaense vai receber os carros de corrida mais produzidos no planeta. Agora, com a promessa de credenciar os postulantes aos títulos da temporada de 2016.

A jornada deste sábado é a penúltima de sprint do calendário, com duas corridas de 25 minutos pela classe Cup. Quem almejar levantar um troféu de campeão em Interlagos na preliminar do GP Brasil de F1 em novembro sabe que precisa de um desempenho convincente em Curitiba no sábado.

Na classe Cup ainda restam 84 pontos em jogo até o fim do campeonato –o que, matematicamente e considerando os dois descartes mandatórios dos piores resultados de cada piloto, mantém sete concorrentes vivos na disputa pelo título: Lico Kaesemodel, Miguel Paludo, Ricardo Baptista, Pedro Queirolo, Daniel Schneider, JP Mauro e Adalberto Baptista.

Mas, na prática, são os três primeiros –os únicos com mais de 100 pontos conquistados– que despontam com as maiores chances de coroação em Interlagos.

Em seu segundo ano na categoria, o curitibano Lico Kaesemodel lidera com 138 pontos. O bicampeão Miguel Paludo tem 126, e, o bicampeão Ricardo Baptista, 116. A vitória na primeira prova da rodada dupla confere 22 pontos ao vencedor, enquanto o triunfo na corrida final premia com 20.

Três pilotos prevaleceram nas quatro provas já realizadas em Curitiba neste ano: Paludo (duas vezes), Daniel Schneider e Pedro Queirolo.

Nas classes Cup Sport e Cup Master, os líderes, respectivamente, são Marcio Basso (13 pontos de vantagem) e Maurizio Billi (12). Ambos já triunfaram em suas divisões na pista de Curitiba neste ano.

PARCEIROS