Garanta Seu Ingresso

Ricardo Baptista e Thiago Camilo conquistam pole dos 300 km de Goiânia; Eloi Khouri e Marco Cozzi saem na frente na Challenge

A definição do grid dos 300 km de Goiânia, segunda etapa de endurance da temporada 2016 do Campeonato Sul-Americano da Porsche GT3 Cup Challenge foi digna da emblemática marca do centésimo evento da história da categoria.

Na classe Cup, 13 dos 14 carros ficaram dentro do mesmo segundo –com oitavo e nono colocados, respectivamente Miguel Paludo-Justin Allgaier e Fabio Alves-Werner Neugebauer rigorosamente com a mesma média, 1min25s484. Na Challenge, o mesmo intervalo de um segundo registrou 5 dos 9 carros inscritos na etapa.

Nesse cenário altamente competitivo, prevaleceu a parceria do carro #21. O bicampeão da classe Cup, Ricardo Baptista, trouxe o tricampeão da Corrida do Milhão, Thiago Camilo –que teve uma de suas conquistas milionárias justamente em Goiânia no ano passado. E eles mostraram novamente que conhecem como ninguém a pista goiana. Baptista foi o mais veloz do grupo A e Camilo o segundo do grupo B, performance que colocou o Porsche que compete com as cores da Ipiranga na posição de honra.

A meio décimo ficou o carro da Shell V-Power Racing, com o campeão mundial de FIA GT e também piloto da Stock Car Ricardo Zonta em dupla com Lico Kaesemodel, seu conterrâneo paranaense que assegurou por antecipação a coroa de sprint do Sul-Americano da Porsche GT3 Cup em 2016. Lico foi segundo no grupo A, com Zonta em quinto no B.

O terceiro lugar no grid também terá um competidor regular da Stock, Sergio Jimenez, autor da sexta melhor marca do grupo B. Ele compete com o Porsche #3 em dupla com o jovem Rodrigo Baptista. Único brasileiro a disputar todas as etapas do Blancpain GT Series em 2016, o autor da terceira volta mais rápida do grupo A é também o mais jovem vencedor da história da Copa Petrobras de Marcas –justamente em Goiânia no ano passado.

A dupla do carro #99 completa a segunda fila, com Tom Valle –um dos dois remanescentes da primeira corrida da história da Porsche GT3 Cup Challenge em 2005– e Daniel Serra, que faz sua estreia com os carros de corrida mais produzidos do mundo. O novato mostrou que tinha muita vontade de competir de Porsche e tratou de registrar a melhor volta do quali, com 1min24s483.

Na quinta posição vem o carro #0, de Cacá Bueno e Marcelo Franco. Pole na primeira corrida de endurance em Interlagos, o pentacampeão da Stock Car foi o quarto mais veloz do grupo B e destacou a rápida readaptação do companheiro, que não competia na Porsche Cup há mais de um ano.

A exemplo do quali da classe Cup, na Challenge não foi o mesmo carro que encabeçou as duas sessões, ambas muito acirradas. Eloi Khouri, campeão da classe Sport em 2016, foi o mais veloz do grupo A enquanto Marco Cozzi, piloto regular do Campeonato Brasileiro de Turismo, fez a segunda melhor volta do Grupo B. Com os tempos combinados, os amigos de infância asseguraram a pole entre os carros da geração “997-II” e o 15o lugar no geral.

Eles vão largar ao lado da dupla Christian Hahn e Renan Guerra, parceria vencedora da primeira corrida de endurance do calendário –quando coincidentemente largaram em segundo.

Em terceiro lugar vêm o panamenho Marcus Vario e Otávio Mesquita, outro remanescente do evento número 1 da categoria, em 2005. A seguir vai alinhar o carro #11, de Luca Seripieri e Nonô Figueiredo, o piloto mais rápido do dia no quali da classe Challenge.

A corrida terá 300 km ou 2h30min de duração. O tempo máximo de permanência de cada piloto por stint é de 35 minutos. As duplas são responsáveis por suas estratégias de paradas de box e revezamento, inclusive no que tange à troca para pneus biscoito se houver chuva.

A largada para a segunda etapa de endurance de 2016 está marcada para 13h15 deste sábado, com transmissão ao vivo pelo site oficial e canais da Porsche GT3 Cup Challenge no Facebook e Youtube.

Grid – Endurance 2 – Goiânia (média dos tempos dos dois pilotos):
1. Ricardo Baptista e Thiago Camilo 1min25s024
2. Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta 1min25s081
3. Rodrigo Baptista e Sergio Jimenez 1min25s161
4. Tom Valle e Daniel Serra 1min25s200
5. Marcelo Franco e Cacá Bueno 1min25s242
6. Betinho Valério e Alan Hellmeister 1min25s332
7. Guilherme Figueirôa e Julio Campos 1min25s423
8. Fabio Alves e Werner Neugebauer 1min25s484
9. Miguel Paludo e Justin Allgaier 1min25s484
10. Maurizio Billi e Ricardo Mauricio 1min25s602
11. Marcelo Hahn e Allam Khodair 1min25s652
12. Pedro Queirolo e JP Mauro 1min25s664
13. Darío Giustozzi e Guillermo Ortelli 1min26s002
14. Sylvio de Barros e Edu Azevedo 1min26s286
15. Eloi Khouri e Marco Cozzi 1min28s235
16. Christian Hahn e Renan Guerra 1min28s555
17. Otávio Mesquita e Marcus Vario 1min28s791
18. Luca Seripieri e Nonô Figueiredo 1min29s095
19. Tom Filho e Rodrigo Mello 1min29s211
20. Nando Elias e Marçal Muller 1min29s436
21. Mau Zanella e Sergio Maggi 1min29s937
22. Mauricio Salla e Ramon Alcaraz 1min30s113
23. Roberto Samed e Marcio Mauro 1min31s421

PARCEIROS