Garanta Seu Ingresso

Porsche GT3 Cup: Xandy Negrão vence em Interlagos; Posses, Baptista e Valle avançam no campeonato

Porsche GT3 Cup: Xandy Negrão vence em Interlagos; Posses, Baptista e Valle avançam no campeonato

Depois de largar na pole position, Xandy Negrão venceu as 9ª e 10ª provas do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil realizadas neste sábado (15 de julho) em Interlagos. As duas corridas tiveram muitas disputas e equilibraram o campeonato: Negrão permanece na liderança, mas os resultados devolveram a Tom Valle a vice-liderança, antes pertencente a Otávio Mesquita − agora, terceiro colocado na tabela de pontos. Próximos dos dois aparecem Beto Posses, atual campeão da categoria, e Ricardo Baptista.

Na primeira corrida do dia, Negrão aproveitou a intensa disputa pelo segundo lugar entre Baptista e Valle para abrir boa vantagem na liderança. Baptista assegurou a posição na última volta: Valle, terceiro colocado durante a maior parte da corrida, rodou e caiu para o oitavo lugar. Posses e Mesquita terminaram em terceiro e quarto lugares, mas atrás deles aconteceram disputas com blocos de até quatro carros. Foi o caso de Marcel Visconde (quinto colocado), Luís Zattar (sexto), Walter Salles (sétimo) e Haroldo Pinto, que deixou a disputa nas voltas finais. Também chamou a atenção a luta entre Omilton Visconde Jr., Henry Visconde e o estreante Beny Lago.

A segunda corrida, décima prova do ano, começou com Xandy seguido por Mesquita, Posses, Baptista, Valle e Marcel. Baptista assumiu o terceiro lugar na segunda volta e passou a disputar o segundo lugar com Mesquita. Na volta seguinte, os dois colidiram levemente, ficando com pneus estourados. Mesquita acabou abandonando, enquanto Baptista conseguiu chegar aos boxes e trocar seu pneu traseiro esquerdo. Mais tarde, foi punido com um drive through devido à colisão com Mesquita.

Com a saída de Mesquita e Baptista, Negrão abriu grande vantagem sobre Posses e Valle, que andavam próximos entre si. Mais atrás, acontecia uma disputa pelo quarto lugar entre Luís Zattar, Marcel Visconde, Walter Salles, Guilherme Figueiroa e Haroldo Pinto. Zattar e Salles acabaram colidindo, com o primeiro se atrasando muito e o segundo perdendo algum tempo durante duas voltas, tempo em que o pára-choque traseiro de seu carro ficou roçando na roda traseira esquerda. No final, Salles conseguiu o quarto lugar, seguido por Figueiroa, Marcel Visconde e Marcos Barros, este último em sua melhor corrida do ano. Como na nona prova, Henry Visconde, Omilton Visconde e Beny Lago também disputaram posição durante várias voltas.

Resultado final da 9ª prova

1) Xandy Negrão, 16 voltas em 27:40.260, média de 149,494 km/h

2) Ricardo Baptista, a 10.294

3) Beto Posses, a 15.553

4) Otávio Mesquita, a 16.996

5) Marcel Visconde, a 28.163

6) Luís Zattar, a 30.131

7) Walter Salles, a 30.297 (piloto convidado, não pontua)

8) Tom Valle, a 35.218

9) Antônio Hermann, a 35.684

10) Guilherme Figueiroa, a 36.570

11) Clemente Lunardi, a 36.828

12) Marcos Barros, a 40.696

13) Sérgio Ribas, a 41.137

14) Charles Reed, a 54.284

15) Haroldo Pinto, a 1:12.933

16) Henry Visconde, a 1:20.422

17) Omilton Visconde, a 1:51.952

18) Beny Lago, a 1 volta

19) Maurizio Billi, a 1 volta

Volta mais rápida: Xandy Negrão, 1:42.003

Resultado final da 10ª prova

1) Xandy Negrão, 16 voltas em 27:48.195, média de 148,783 km/h

2) Beto Posses, a 4.294

3) Tom Valle, a 10.682

4) Walter Salles, a 24.983 (piloto convidado, não pontua)

5) Guilherme Figueiroa, a 25.169

6) Marcel Visconde, a 27.515

7) Marcos Barros, a 27.900

8) Clemente Lunardi, a 31.971

9) Sérgio Ribas, a 35.335

10) Haroldo Pinto, a 45.713

11) Charles Reed, a 46.755

12) Antônio Hermann, a 48.534

13) Luís Zattar, a 1:01.732

14) Omilton Visconde, a 1:03.094

15) Henry Visconde, a 1:04.739

16) Maurizio Billi, a 1 volta

17) Beny Lago, a 1 volta

18) Ricardo Baptista, a 3 voltas (pneu estourado)

19) Otávio Mesquita, a 14 voltas (pneu estourado)

Volta mais rápida: Xandy Negrão, 1:42.294

Todos os pilotos correm com Porsche 911 GT3 Cup equipados com pneus Yokohama. O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil tem patrocínios da Stuttgart Sportcar, Yokohama, Beta, Mobil, Hara e Ecopads.

Classificação do campeonato

1) Xandy Negrão, 160 pontos; 2) Tom Valle, 127; 3) Otávio Mesquita, 124; 4) Beto Posses, 116; 5) Ricardo Baptista, 106; 6) Luís Zattar, 76; 7) Marcel Visconde, 76; 8) Maurizio Billi, 64; 9) Clemente Lunardi, 59; 10) Guilherme Figueiroa, 52; 11) Sérgio Ribas, 52; 12) Haroldo Pinto, 46; 13) Eduardo de Souza Ramos, 42; 14) Marcos Barros, 40; 15) Antônio Hermann, 39; 16) Marcelo Ometto, 36; 17) Charles Reed, 32; 18) Totó Porto, 29; 19) Roberto Samed, 27; 20) Omilton Visconde Jr., 25; 21) Henry Visconde, 12; 22) Valter Rossete, 10; 23) Beny Lago, sem pontos. Walter Salles, piloto convidado, não pontua no campeonato.

PARCEIROS