Garanta Seu Ingresso

Porsche GT3 Cup: Paludo alcança a nona vitória da temporada em Interlagos

Disputada sob forte calor, a prova 15 da temporada 2009 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil teve Miguel Paludo conquistando sua nona vitória do ano. Campeão por antecipação desde a prova 13, disputada como preliminar do GP do Brasil de Fórmula 1, Paludo largou na pole position e liderou a prova de ponta a ponta, sempre seguido de perto por Leo Burti, segundo colocado. Clemente Lunardi terminou em terceiro lugar.

Apesar de Paludo e Burti terem sempre andado próximos, a maior atração da corrida foi a disputa pelo terceiro lugar. Luís Zattar manteve a posição e defendeu-se com garra dos ataques de Lunardi, até ser ultrapassado na nona volta. Zattar manteve o quarto lugar até ser tocado por Constantino Júnior na Descida do Lago. Esse toque fez Constantino (que largou em 21° lugar e ganhou dez posições na primeira volta) receber uma punição de 20 segundos da direção de prova e cair do quarto para o 11° lugar no resultado oficial. Guilherme Figueirôa, sexto colocado na bandeirada após fazer sua melhor corrida do ano, também foi punido em 20 segundos por queima de relargada − provocada pela entrada do safety car na sétima volta, em virtude de um acidente com Marcel Visconde no S do Senna.

O incidente entre Zattar e Constantino deu a Ricardo Baptista e Tom Valle o quarto e o quinto lugares, respectivamente. E a punição a Figueirôa elevou Beto Posses à sexta colocação. No pelotão intermediário, Valter Rossete recebeu 20 segundos por tocar em Charles Reed. Henry Visconde e Danilo Fernandez também disputaram posição durante toda a corrida. Eles chegaram a se tocar e ir para a grama, e voltaram para a pista com a mesma disposição. No final, Henry também foi punido em 20 segundos.

Com o resultado da prova 15, a disputa pelo vice-campeonato ficou restrita a Constantino Júnior e Ricardo Baptista. Para chegar ao vice, Baptista precisa descontar oito pontos em relação a Constantino.

Resultado final da prova 15 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil:

1) 77-Miguel Paludo, 14 voltas em 26:04.582, média de 138,806 km/h
2) 87-Leo Burti, a 1.390
3) 7-Clemente Lunardi, a 3.745
4) 27-Ricardo Baptista, a 7.888
5) 99-Tom Valle, a 8.309
6) 52-Beto Posses, a 14.738
7) 34-Maurizio Billi, a 16.045
8) 64-Sérgio Ribas, a 16.351
9) 3-Luís Zattar, a 22.380
10) 10-Adalberto Baptista, a 26.332
11) 00-Constantino Júnior, a 26.819
12) 9-Guilherme Figueirôa, a 30.181
13) 18-Danilo Fernandez, a 44.026
14) 21-Valter Rossete, a 58.115
15) 15-Henry Visconde, a 1:03.339
16) 89-Daniel Paludo, a 1 volta
17) 36-Charles Reed, a 4 voltas
18) 51-Otávio Mesquita, a 4 voltas
19) 55-Marcel Visconde, a 8 voltas
20) 31-Marcos Barros, a 12 voltas
21) 11-Omilton Visconde, a 12 voltas

Volta mais rápida: Miguel Paludo, 1:41.890, média de 152,247 km/h

Classificação do campeonato após 15 de 16 provas (entre parênteses, a pontuação de cada piloto após a aplicação dos dois descartes obrigatórios pelo regulamento)

1) Miguel Paludo, 250 pontos (campeão); 2) Constantino Júnior, 177; 3) Ricardo Baptista, 179 (169); 4) Marcel Visconde, 155 (154); 5) Tom Valle, 146; 6) Beto Posses, 135; 7) Leo Burti, 130; 8) Clemente Lunardi, 124; 9) Sérgio Ribas, 109; 10) Luís Zattar, 94; 11) Maurizio Billi, 86; 12) Marcelo Ometto, 74; 13) Otávio Mesquita, 67; 14) Guilherme Figueirôa, 51; 15) Adalberto Baptista, 43; 16) Valter Rossete, 34; 17) Charles Reed, 32; 18) Daniel Paludo, 27; 19) Antônio Hermann, 23; 20) José Mário Castilho, 18; 21) Haroldo Pinto, 17; 22) Henry Visconde, 17; 23) Omilton Visconde Jr., 15; 24) Marcos Barros, 10; 25) Danilo Fernandez, 7; 26) Gustavo Michelsen e Lucas Molo, sem pontos.

FOTOS: Miguel Paludo (77). Crédito: Jorge Sá/divulgação Porsche GT3 Cup

PARCEIROS