Redes Sociais Porsche GT3 Cup
Notícias | 2017
Marcus Vario vence com autoridade em fim de semana da F1 e marca seu segundo triunfo na Challenge

Pela segunda temporada seguida, piloto ítalo-panamenho vence no fim de semana de preliminar do GP Brasil de Fórmula 1. Ele, que ainda não tinha triunfado nesta temporada, fecha o campeonato Sprint repetindo a performance na temporada 2016.


13/11/2017 - 11:05
No pódio da Challenge, Vario é acompanhado de Marçal Müller (segundo), Ronaldo Kastropil (terceiro), Eloi Khouri (quarto) e Nando Elias (quinto).

Se existe um piloto que gosta de andar na preliminar do GP Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, em São Paulo (SP), esse é Marcus Vario. Isso porque, pelo segundo ano seguido, ele fatura a corrida da Challenge, da Porsche Império GT3 Cup, no mesmo fim de semana da categoria internacional. E olha que esse foi o primeiro triunfo dele em 2017, o segundo desde sua estreia na categoria, em 2016.

Com Eloi Khouri, Marçal Müller e Marcus Vario nas três primeiras posições no grid de largada, a expectativa era por muita emoção no início da corrida da Challenge, em Interlagos. E foi isso o que aconteceu. Melhor para Vario, que colocou o carro de lado por dentro para ultrapassar os dois primeiros colocados e assumir a ponta da corrida logo no início. Marçal veio logo em seguida, com Ronaldo Kastropil em terceiro. Já Eloi caiu para a quarta posição.

Em seguida, vinham os carros da Challenge Sport, com Rouman Ziemkiewicz em quinto, tendo Nando Elias, Francisco Horta e Pedro Costa atrás.

Ainda no início da prova, o safety car foi acionado pela primeira vez após Marcus Peres ficar parado na entrada do “S” do Senna, depois de enrosco com Marco Billi.

Com 18 minutos para o fim, o carro de segurança saiu da pista, e os primeiros colocados mantiveram suas posições, com Vario, Marçal e Kastropil no top 3.

Faltando 14 minutos para o fim, Rouman passou ter problemas e ficou para trás, sendo ultrapassado pelos demais competidores da Sport. Pedro Costa, após ser tocado por Francisco Horta e perder posição para Fabian Taraborelli começou a pressionar.

Na sequência, Fernando Guerra passou reto na entrada do S, ocasionando nova entrada o safety car.

Com sete minutos para o fim e sem o carro de segurança na pista, Marçal tentou pressionar Marcus Vario, mas não conseguiu superá-lo. Quase no mesmo instante, Nando Elias, líder da Sport, ultrapassou Eloi Khouri, e Pedro Costa superou Francisco Horta.

Nos segundos finais, Eloi devolveu a ultrapassagem, deixando a disputa da Challenge Sport entre Nando e Pedro. Mas nada mudou.

Assim, a corrida terminou com a vitória de Marcus Vario, seguido por Marçal Müller, Ronaldo Kastropil, Eloi Khouri, Nando Elias e Pedro Costa.

O que eles disseram:

“Fico muito feliz. Não tinha vencido na temporada ainda, consegui vencer na corrida mais importante da temporada, que é junto com a Fórmula 1. Da mesma forma como foi no ano passado. Estou muito feliz. Vencer uma corrida junto com a Fórmula 1 é algo inexplicável. É um espetáculo incrível e único. A estratégia era buscar a primeira posição logo na largada. E consegui. Depois, me foquei em me manter constante”
Marcus Vario

“Foi uma boa corrida, fiz uma boa largada. O Marcus Vario largou melhor ainda, ganhou duas posições. Estou feliz com meu desempenho. Colei no líder diversas vezes. Mas tem dias bons e ruins. Neste domingo, não deu para ganhar. Mas o principal foi a força que tive durante todo o ano com os patrocinadores e consegui sair campeão. Foi uma temporada muito boa, constante, com muitas vitórias. Estou contente. É muito importante ter sido campeão no meu primeiro ano na Porsche. Estou bem feliz com isso”
Marçal Müller

“Começou ruim o fim de semana, mas depois deu tudo certo. Na sexta-feira, o carro não desenvolveu tudo o que poderia andar. Fiz quase que o último tempo. Os mecânicos acertaram o carro e, na classificação, vi que o carro estava bom demais. Foi ótimo. Deixei de fazer algumas etapas, mas o ano foi bom. Como tudo na Porsche, foi ótimo. Não tenho o que reclamar”
Ronaldo Kastropil

“Foi muito legal, muito bacana. A disputa com o Eloi (Khouri) durante a prova, com o Pedro (Costa) no fim. Foi sensacional, minha primeira vitória, uma vitória na Fórmula 1. Chorei muito dentro do carro. Quero agradecer aos mecânicos, ao (Marco) Cozzi. Foi demais. Não esperava um domingo tão feliz. Vindo para cá, tomei uma pedrada no vidro do carro, pensei que já tinha começado com azar. Mas chegando aqui, tudo mudou. Foi legal demais”
Nando Elias

“Esse ano foi uma surpresa grande. No primeiro ano já conquistar a Sport foi sensacional. Iria fazer só a primeira corrida em Curitiba, mas ganhei. Acabei fazendo a segunda também e fui bem. Então, fechei o ano. Essa última corrida resume tudo muito bem, não forcei a barra. Foi uma das provas mais agressivas que eu tive para ultrapassar. Fui um pouco atrapalhado, mas nada que tirasse a emoção de correr junto com a Fórmula 1 e subir em um pódio. Fechei o ano muito bem. Estou muito feliz. Não poderia ser melhor”
Pedro Costa

“Com um cara da minha idade, satisfazer essa vontade de correr com a Fórmula 1 e ir para o pódio, é legal demais. Realizei um sonho. Sonhei acordado”
Paulo Totaro

Classificação da prova

Challenge

1) M. Vario
2) M. Müller
3) R. Kastropil
4) E. Khouri
5) N. Elias (S)
6) P. Costa (S)
7) K. Jr (S)
8) R. Mello
9) T. Filho
10) R. Alcaraz
11) F. Taraborelli (S)
12) P. Totaro (S)
13) P. Del Ponte (S)
14) M. Parodi (S)
15) F. Horta (S)
16) L. Seripieri (S)
17) M. Billi (S)
18) M. Peres
19) R. Ziemkiewicz (S)

Não completou:
F. Guerra (S)

Mais Lidas
Últimas Notícias

Receba nossa Newsletter

Preencha seu email e receba nossa newsletter


fotoSidebar
videoSidebar
Parceiros