Redes Sociais Porsche GT3 Cup
Notícias | 2017
Disputa limpa entre Rodrigo Baptista e Lico Kaesemodel marca a primeira prova da Cup

Após largarem na primeira fila, pilotos lutam pela liderança até a primeira curva, sem qualquer incidente entre eles


11/11/2017 - 20:47
Rodrigo Baptista segurou os ataques de Lico Kaesemodel e garantiu a vitória na primeira prova da preliminar do GP Brasil de F1. Ricardo Baptista foi o terceiro, Paludo quarto e JP Mauro o quinto.

Largar na pole position não é sinônimo de tranquilidade. Se você ainda tem alguma dúvida disso, é só conversar com Rodrigo Baptista. Afinal, antes de garantir o título da classe Cup da Porsche Império GT3 Cup, neste sábado, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), o piloto precisou ter muita tranquilidade na primeira prova do fim de semana. E, por pouco, não viu a chances de garantir mais uma vitória acabar logo na primeira curva.

Apesar de sair na primeira colocação, Rodrigo reconheceu ter cometido um pequeno erro na largada. Por pouco, não foi deixado para trás por Lico Kaesemodel. Mas a lealdade do adversário permitiu que a disputa terminasse de forma limpa.

“Na largada, tive uma falha minha, não troquei a marcha, o que me limitou. O Lico (Kaesemodel) estava me passando já, me espremeu no muro, mas deixou o espaço. Deu tudo certo. A primeira volta foi tentar manter, o pneu não estava na temperatura ideal. Depois da terceira volta, já estava bem e consegui abrir”, avaliou Rodrigo.

“Larguei melhor que o Rodrigo (Baptista), estava quase um carro inteiro na frente, dei uma olhada no retrovisor, fui dando uma fechada, mas quando olhei ele estava com o bico do carro. Achei que poderia estragar a prova na primeira curva e deixei o espaço de um carro, e ele conseguiu entrar. Fui pressionando ele nas duas primeiras voltas, depois, ele conseguiu abrir um pouco. Em seguida, começamos a virar no mesmo tempo. Minha esperança era ter mais umas duas voltas depois do Safety Car para conseguir atacar. Estava com um setup bom, que veio melhorando no fim. Não sei se ele estava se desgastando ou se preservando. Uma pena que demoraram tanto tempo para tirar o carro, porque eu ia atacar”, comentou Lico.

Depois de manter a primeira colocação, Rodrigo seguiu firme na busca por mais uma vitória. E, assim, chegou ao sétimo triunfo de Sprint na temporada (venceu ainda uma corrida da Endurance Series com Sérgio Jimenez) e garantiu o título.

Declarações dos demais pilotos:

“Consegui largar bem, passei o Miguel (Paludo). Na reta oposta, completei a ultrapassagem no JP (Mauro). Depois, tentei acompanhar o ritmo dos dois ponteiros. Eles estavam em um ritmo forte. Abri um pouco do Miguel, depois ele chegava. Ficamos naquela disputa de quem rodada mais rápido. Depois, começou a garoar, a borracha da Fórmula 1 traz uma coisa diferente. No fim, acabei em terceiro lugar com o Safety Car. Está bom. Para essa corrida, acho que era o melhor que tinha para acontecer”
Ricardo Baptista

“Perdi a visão do farol no momento da largada, dei uma vacilada. Perdi duas posições e, depois, recuperei uma. Meu carro ficou muito frenteiro durante a corrida. Achei que iria melhorar conforme o pneu fosse aquecendo, mas não foi o que aconteceu. Foi uma prova de administrar e tentar trazer para casa o melhor resultado possível. Vamos ver como fica o campeonato e, neste domingo, não tenho nada a perder. É tentar ir para a frente e, se conseguir uma boa largada, tentar ganhar a corrida”
Miguel Paludo

“É sempre bom correr aqui. A preliminary da Fórmula 1 é um evento especial. O início da prova foi um pouco infeliz, meu carro estava um pouco dianteiro. Acabei perdendo duas posições, mas depois ficou excelente. Era um carro que preparamos e que sabíamos que seria bom do meio para o fim da prova. Mas outra infelicidade que eu tive foi Safety Car. Tenho certeza que tinha condições de chegar no Miguel (Paludo) e no Ricardo (Baptista). Independentemente disso, terminei no pódio, e o balanço final é muito bom. Para a corrida deste domingo, o planejamento é o mesmo deste sábado, evitar confusão”
JP Mauro

“Estava bem relaxado por conta da disputa do título, queria mais fazer a corrida. Mas como foi me dada a chance de poder brigar, então, vamos brigar até a última corrida para ver o que vai dar. Vi quando o (Fernando) Fortes se acidentou. Então, a gente fica concentrado para tentar fazer o nosso melhor, já que eu estava em segundo. Agora, vamos esperar este domingo. A corrida só acaba com a bandeirada. A corrida foi tranquila. Geralmente, a segunda corrida é mais apimentada, já que é a última da temporada. Então, tenho de fugir dos problemas”
Marcel Visconde

“Fui bem. Estou um pouco enferrujado ainda. Na disputa, estava me defendendo do Werner (Neugebauer), mas ele me tocou. Passou um pouco na marra. Mas foi divertido, está ótimo. Queria ter ido um pouco melhor. Foram alguns erros por causa da falta de treino”
Tom Valle

Mais Lidas
Últimas Notícias

Receba nossa Newsletter

Preencha seu email e receba nossa newsletter


fotoSidebar
videoSidebar
Parceiros